Um dos maiores hospitais de Lisboa vai ficar sem radiologistas à noite no apoio à urgência

Mário Cruz / Lusa

A partir de junho, o Hospital de São José vai deixar de ter especialistas em radiologia durante a noite, da meia-noite às 8 da manhã.

A Ordem dos Médicos e o Sindicato Independente dos Médicos denunciaram, esta quarta-feira, que o Hospital de São José, em Lisboa, vai deixar de ter, a partir de junho, um médico radiologista no local durante o período noturno.

“Segundo um despacho interno, a radiologia e neurorradiologia, entre as 00h00 e as 08h00, vão ter técnicos a efetuar os exames, que depois vão ser avaliados por um médico via telemedicina. Durante este período não estará um radiologista no local”, disse à Lusa Alexandre Valentim Lourenço, do Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos.

Este representante referiu ainda que esta é uma decisão “impensável de ser tomada“, num hospital que tem uma das maiores urgências do país.

“Este é um hospital de fim de linha, que recebe doentes de outros locais quando estes não têm capacidade de resposta. É impensável mandar os exames para uma empresa no exterior e este facto pode causar graves distúrbios”, alertou.

Alexandre Valentim Lourenço espera que esta situação seja resolvida e salientou que nas conversas que manteve, percebeu que “os colegas estão muito preocupados”.

“O hospital fica sem uma das suas principais armas de diagnóstico. Muitas vezes, a análise efetuada aos exames entre o médico e o médico radiologista levam a decisões que podem salvar vidas”, frisou.

Em comunicado, o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) também condena a situação prevista, salientando que pode “pôr em risco os doentes e a potenciar a possibilidade de erro médico”. “Os exames são executados por técnicos e avaliados via telemedicina por um médico, quem sabe se a centenas de quilómetros”, refere.

“O SIM considera escandaloso que seja candidamente assumido pela Direção do Serviço de Radiologia do Hospital S. José essa ausência de recursos humanos médicos durante a noite. E compreende e louva a preocupação e indignação dos médicos responsáveis das equipas de urgência”, frisa, considerando que esta é uma situação “que se repete em Lisboa e em muitas outras zonas do país”.

A demora do diagnóstico, eventuais falhas na interpretação do exame médico e na posterior intervenção clínica são algumas das possíveis consequências desta decisão.

Hospital de São José desvaloriza críticas

O Hospital de São José desvalorizou as críticas e realçou que esta é uma prática que acontece em vários hospitais, quer em Portugal quer a nível internacional. “Trata-se de uma boa prática de recursos humanos”, acrescenta o Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC), em resposta à Renascença.

O hospital garante ainda que não haverá “prejuízo para os utentes nem quaisquer perdas de tempo ou qualidade face aos relatórios de exames produzidos pelos médicos residentes”.

Além disso, explica que os profissionais exteriores ao hospital que vão realizar os relatórios de exames “ficam disponíveis, por contrato, a prestar todos os esclarecimentos adicionais que forem considerados necessários”, pode ainda ler-se no esclarecimento do CHLC.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Parlamento da Macedónia aprova mudança de nome do país

O parlamento da Macedónia aprovou na sexta-feira o lançamento do processo para mudar na Constituição o nome do país para "República da Macedónia do Norte”, primeiro passo para pôr fim ao diferendo com a Grécia. "O …

Tribunal Superior Eleitoral do Brasil abre investigação à campanha de Bolsonaro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil aceitou uma ação proposta pelo Partido dos Trabalhadores (PT) contra a candidatura de Jair Bolsonaro para investigar um suposto esquema ilícito de distribuição em massa de mensagens através …

Arábia confirma morte de Khashoggi no consulado. Foi durante "uma luta"

A Arábia Saudita reconheceu esta sexta-feira que o jornalista saudita Jamal Khashoggi foi morto no seu consulado em Istambul, na Turquia, durante uma luta, referindo que 18 sauditas estão detidos como suspeitos. "Investigações preliminares realizadas pelo …

Marido da nova ministra da Saúde renuncia a cargo que tinha no setor

O presidente do Conselho Nacional de Saúde, Jorge Simões, renunciou ao cargo invocando “motivos pessoais”, disse esta sexta-feira à agência Lusa fonte oficial do Ministério da Saúde. Numa resposta à Lusa, o gabinete da ministra da …

Ministério da Justiça tem “absoluta confiança” no sorteio da Operação Marquês

A Secretária de Estado da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, disse nesta sexta-feira que o Ministério tem "absoluta confiança" no sorteio de distribuição de processos aos juízes, reconhecendo, contudo, que é necessário averiguar as suspeições lançadas …

Fatura da eletricidade e do gás terá redução inferior a 2 euros

A redução do IVA na eletricidade e no gás natural prevista na proposta de Orçamento do Estado para 2019 deverá resultar numa diminuição da fatura mensal para as famílias inferior a dois euros, avançou hoje …

Cidade chinesa planeia criar uma lua artificial

As autoridades municipais de Chengdu, capital da província chinesa de Sichuan, anunciaram planos para a construção de uma lua artificial em 2020. Com um "brilho crepuscular", a nova lua iria iluminar a cidade num diâmetro …

Mineral ultra-raro descoberto em antiga cratera de meteorito na Austrália

Um mineral ultra-raro que apenas se forma quando rochas espaciais atingem a crosta terrestre com uma enorme pressão foi encontrado na Austrália. Até ao momento, só foram encontrados seis exemplares deste mineral, conhecido como reidite, …

Assange processa Equador por "violação de direitos fundamentais"

O co-fundador do WikiLeaks, Julian Assange, exilado na embaixada do Equador em Londres desde 2012, lançou esta sexta-feira uma ação legal contra o governo de Quito, alegando violação dos respetivos direitos fundamentais. Assange “acusa o governo …

O fóssil humano mais antigo da América foi encontrado nos escombros do Museu Nacional do Brasil

O crânio de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas, foi encontrado por investigadores nos escombros do Museu Nacional do Brasil, que foi assolado por um enorme incêndio no passado mês de setembro. O fóssil …