Homeopatia “não cura coisa nenhuma”

Homeopatia

Um novo estudo alerta que a homeopatia não tem qualquer eficácia no tratamento de doenças. Feito pelo Conselho Nacional para a Saúde e a Investigação Médica da Austrália, este relatório chama a atenção para o perigo de se preferir tratamentos homeopáticos a outros comprovadamente eficazes.

Os homeopatas acreditam que o uso de substâncias que podem causar doenças, aplicadas em doses mínimas e diluídas em água ou álcool, pode ajudar a tratar pessoas doentes.

Vários estudos têm refutado esta ideia, mas nunca nenhum tinha sido tão completo e elaborado como o que agora foi realizado pelo CNSIMA, o Conselho Nacional para a Saúde e a Investigação Médica da Austrália.

Este organismo analisou 225 estudos feitos em torno da homeopatia e da sua eficácia, concluindo que se trata de uma medicina alternativa que não trata qualquer tipo de doença.

Não há “provas fiáveis” de que a “homeopatia é efectiva”, salienta-se no relatório final do CNSIMA, citado pelo jornal inglês The Guardian.

“As pessoas que escolhem a homeopatia podem pôr a sua saúde em risco, se rejeitarem ou atrasarem tratamentos para os quais há boas evidências de segurança e eficiência”, sustenta-se no mesmo documento.

O presidente da Comissão de Trabalho do CNSIMA, Paul Glasziou, destaca a importância de haver medidas governamentais que tratem de aplicar estas conclusões na prática, nomeadamente no domínio da venda deste tipo de medicamentos.

“Haverá uma fila de pessoas que não vão reagir bem a este relatório e que vão dizer que é uma conspiração. Mas esperamos que haja muitas pessoas razoáveis que pensarão melhor antes de vender, usar ou financiar estas substâncias”, afiança Paul Glasziou citado pelo The Guardian.

A Associação Homeopática Australiana já reagiu a estas conclusões, notando que espera da parte do CNSIMA “uma abordagem mais exaustiva à análise da eficácia da homeopatia”.

A associação defende que seja feita uma “avaliação económica de larga escala dos benefícios de um sistema mais integrado e que respeite a escolha dos pacientes nos serviços de saúde prestados”.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. tenho provas concretas que sim que cura.
    eu trato da tosse cá em casa com homeopatia há vários anos e é super eficaz, bem como outros tratamentos que resultam.
    isto é uma conspiração das máfias dos laboratórios para dominarem quem ainda se trata com homeopatia para passar a ser mais um dependente dos medicamentos de laboratório, que a maior parte não cura, apenas foram feitos para as pessoas ficarem dependentes e assim darem lucro, porque se mantém mais tempo vivos com esses medicamentos, mas se param, morrem em pouco tempo.
    já os homeopáticos curam as doença, inclusive o cancro!

  2. Pois claro que tinham de aparecer aqui os iluminados a dizer que essa trafulhice funciona. É um excelente negócio vender pastilhas e frascos de nada aos crentes.
    Mas isto, milagres, idas à bruxa e todo o tipo de placebos irão sempre “funcionar” desde que o crente realmente acredite.

  3. Um novo estudo alerta que a “a homeopatia não tem qualquer eficácia”?!
    Mas há algum estudo que comprove que funciona?!
    Se existe, nunca ninguém o viu…
    Enfim… se dúvidas houvesse!…

  4. Ah ! « Este organismo analisou 225 estudos feitos em torno da homeopatia e da sua eficácia, concluindo que se trata de uma medicina alternativa que não trata qualquer tipo de doença ». Vamos deixar a análise do protocolo utilizado aos especialistas, que espero, o façam. A homeopatia nunca agradou muito à medicina oficial e sobretudo aos laboratórios farmaceuticos ! Não se trata de uma crença, como o diz aqui um comentador, mas eu pude verificar, em certas reacções nomeadamente cutâneas, a eficiência da homeopatia a longo prazo. Tratava-se de um bébé, que eu saiba, não está sujeito à crença ou à não crença de um qualquer « resultado ».

  5. É curioso ver a ignorância de algumas pessoas que não distinguem homeopatia de crença…. Provavelmente é gente que quando está constipado, bebe um ponche quente… Pura medicina convencional…. Esquecem-se que a própria medicina dita convencional cada vez mais utiliza substâncias presentes em plantas, por exemplo, para fazer os medicamentos…. Mas claro que se tiver o nome de um laboratório sonante funciona, se não tiver, já é um embuste…. Pensem um bocadinho antes de fazer comentário ignorantes….

  6. A Homeopatia, assim como outras medicinas traicionais, não tratam doenças nem curam qualquer que seja a doença, porque não é esse o principio.
    No momento em que pensaram em fazer este estudo já estavam a perder tempo, porque primeiro deviam estudar o conceito e depois fazer o estudo.
    A Homeopatia debruça-se sobre o individuo como um todo e não sobre a doença.

  7. Parece-me que generalizar tira credibilidade ao estudo. Há muitos tipos de doenças que podem e devem ser tratadas com produtos naturais. Outros casos há que podem complementar os tratamentos convencionais, considero por isso que existe espaço para as duas. Quantos ás crenças, de uma coisa tenho a certeza, é que a homeopatia ajuda, nos casos mais complicados, a nível moral e anímico pelo menos, logo se torna positiva. Recorro a ela com sucesso em algumas patologias.

    • Chama-se ‘efeito placebo’. Está estudado cientificamente. Quando tiver uma doença a sério, que lhe coloque a vida em perigo, vejamos se se mete a tomar gotas de água ou outras mezinhas semelhantes. Quiçá tudo se resolva com bons pensamentos e alinhamento dos chakras…

RESPONDER

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …

Reutilização é a verdadeira alternativa a plástico descartável

A alternativa aos produtos de plástico descartáveis tem sido outros produtos também descartáveis, mas a melhor solução passa pela reutilização, indica um relatório divulgado esta terça-feira, que dá exemplos de sucesso. O documento, “The Reusable solutions: …

Booking abandona a criptomoeda do Facebook

  Booking junta-se ao Mastercard, eBay, Visa, PayPal, Stripe e Mercado Pago e desiste do projeto da Associação Libra, promovida por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, para a desenvolver a infraestrutura financeira que está na base …

Michael Jackson era "doente mental" e uma pessoa "perturbadora", diz Elton John

Elton John defende na sua autobiografia que Michael Jackson era "verdadeiramente doente mental" e uma pessoa "perturbadora", recordando os encontros que teve com o rei da pop, falecido em junho de 2009. O músico britânico escreveu …