Homeopatia “não cura coisa nenhuma”

Homeopatia

Um novo estudo alerta que a homeopatia não tem qualquer eficácia no tratamento de doenças. Feito pelo Conselho Nacional para a Saúde e a Investigação Médica da Austrália, este relatório chama a atenção para o perigo de se preferir tratamentos homeopáticos a outros comprovadamente eficazes.

Os homeopatas acreditam que o uso de substâncias que podem causar doenças, aplicadas em doses mínimas e diluídas em água ou álcool, pode ajudar a tratar pessoas doentes.

Vários estudos têm refutado esta ideia, mas nunca nenhum tinha sido tão completo e elaborado como o que agora foi realizado pelo CNSIMA, o Conselho Nacional para a Saúde e a Investigação Médica da Austrália.

Este organismo analisou 225 estudos feitos em torno da homeopatia e da sua eficácia, concluindo que se trata de uma medicina alternativa que não trata qualquer tipo de doença.

Não há “provas fiáveis” de que a “homeopatia é efectiva”, salienta-se no relatório final do CNSIMA, citado pelo jornal inglês The Guardian.

“As pessoas que escolhem a homeopatia podem pôr a sua saúde em risco, se rejeitarem ou atrasarem tratamentos para os quais há boas evidências de segurança e eficiência”, sustenta-se no mesmo documento.

O presidente da Comissão de Trabalho do CNSIMA, Paul Glasziou, destaca a importância de haver medidas governamentais que tratem de aplicar estas conclusões na prática, nomeadamente no domínio da venda deste tipo de medicamentos.

“Haverá uma fila de pessoas que não vão reagir bem a este relatório e que vão dizer que é uma conspiração. Mas esperamos que haja muitas pessoas razoáveis que pensarão melhor antes de vender, usar ou financiar estas substâncias”, afiança Paul Glasziou citado pelo The Guardian.

A Associação Homeopática Australiana já reagiu a estas conclusões, notando que espera da parte do CNSIMA “uma abordagem mais exaustiva à análise da eficácia da homeopatia”.

A associação defende que seja feita uma “avaliação económica de larga escala dos benefícios de um sistema mais integrado e que respeite a escolha dos pacientes nos serviços de saúde prestados”.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. tenho provas concretas que sim que cura.
    eu trato da tosse cá em casa com homeopatia há vários anos e é super eficaz, bem como outros tratamentos que resultam.
    isto é uma conspiração das máfias dos laboratórios para dominarem quem ainda se trata com homeopatia para passar a ser mais um dependente dos medicamentos de laboratório, que a maior parte não cura, apenas foram feitos para as pessoas ficarem dependentes e assim darem lucro, porque se mantém mais tempo vivos com esses medicamentos, mas se param, morrem em pouco tempo.
    já os homeopáticos curam as doença, inclusive o cancro!

  2. Pois claro que tinham de aparecer aqui os iluminados a dizer que essa trafulhice funciona. É um excelente negócio vender pastilhas e frascos de nada aos crentes.
    Mas isto, milagres, idas à bruxa e todo o tipo de placebos irão sempre “funcionar” desde que o crente realmente acredite.

  3. Um novo estudo alerta que a “a homeopatia não tem qualquer eficácia”?!
    Mas há algum estudo que comprove que funciona?!
    Se existe, nunca ninguém o viu…
    Enfim… se dúvidas houvesse!…

  4. Ah ! « Este organismo analisou 225 estudos feitos em torno da homeopatia e da sua eficácia, concluindo que se trata de uma medicina alternativa que não trata qualquer tipo de doença ». Vamos deixar a análise do protocolo utilizado aos especialistas, que espero, o façam. A homeopatia nunca agradou muito à medicina oficial e sobretudo aos laboratórios farmaceuticos ! Não se trata de uma crença, como o diz aqui um comentador, mas eu pude verificar, em certas reacções nomeadamente cutâneas, a eficiência da homeopatia a longo prazo. Tratava-se de um bébé, que eu saiba, não está sujeito à crença ou à não crença de um qualquer « resultado ».

  5. É curioso ver a ignorância de algumas pessoas que não distinguem homeopatia de crença…. Provavelmente é gente que quando está constipado, bebe um ponche quente… Pura medicina convencional…. Esquecem-se que a própria medicina dita convencional cada vez mais utiliza substâncias presentes em plantas, por exemplo, para fazer os medicamentos…. Mas claro que se tiver o nome de um laboratório sonante funciona, se não tiver, já é um embuste…. Pensem um bocadinho antes de fazer comentário ignorantes….

  6. A Homeopatia, assim como outras medicinas traicionais, não tratam doenças nem curam qualquer que seja a doença, porque não é esse o principio.
    No momento em que pensaram em fazer este estudo já estavam a perder tempo, porque primeiro deviam estudar o conceito e depois fazer o estudo.
    A Homeopatia debruça-se sobre o individuo como um todo e não sobre a doença.

  7. Parece-me que generalizar tira credibilidade ao estudo. Há muitos tipos de doenças que podem e devem ser tratadas com produtos naturais. Outros casos há que podem complementar os tratamentos convencionais, considero por isso que existe espaço para as duas. Quantos ás crenças, de uma coisa tenho a certeza, é que a homeopatia ajuda, nos casos mais complicados, a nível moral e anímico pelo menos, logo se torna positiva. Recorro a ela com sucesso em algumas patologias.

    • Chama-se ‘efeito placebo’. Está estudado cientificamente. Quando tiver uma doença a sério, que lhe coloque a vida em perigo, vejamos se se mete a tomar gotas de água ou outras mezinhas semelhantes. Quiçá tudo se resolva com bons pensamentos e alinhamento dos chakras…

RESPONDER

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …