Homem com doença incurável tem 100 orgasmos por dia

“Imagine-se nesta situação: é o funeral do seu pai e está ajoelhado ao lado do caixão, despedindo-se dele para sempre. De repente, tem nove orgasmos. Ali mesmo, com a família toda em pé atrás de si.”

Este é um dia na vida de Dale Decker, um americano de 37 anos que sofre da síndrome da excitação sexual persistente, conhecida pela sigla em inglês PSAS.

O americano desenvolveu o transtorno em 2012, quando uma pequena queda lhe provocou ferimentos numa vértebra. Desde então, está incapacitado de trabalhar.

Em entrevista ao canal de internet Bancroft TV, Decker afirma que a síndrome o faz ter cerca de cem orgasmos por dia, em situações importunas, seja em público, no trabalho ou à frente dos filhos.

“Não há nenhum prazer nisso porque apesar de ser fisicamente bom sentes-te mal pelo que está a acontecer”, disse. “A tal ponto de não quereres ter um orgasmo nunca mais.”

Mais conhecida em mulheres

O caso de Decker expõe uma síndrome que até agora só era atribuída a mulheres.

“Não conheço nenhum caso documentado do transtorno em homens”, disse à BBC Francisca Molero, vice-presidente da Federação Espanhola de Associações de Sexologia e autora de um estudo sobre o tema.

“Mas isso não quer dizer que não os afecte, porque há uma lacuna de conhecimento sobre a ligação entre o cérebro e a resposta genital”, afirmou.

“O caso de Dale Decker encontra-se dentro das probabilidades e tem uma interpretação teórica clara”, explicou.

Segundo a investigadora, as erecções espontâneas nos homens “existiram sempre e nunca foram vistas como algo negativo, mas como sinal de poder masculino”. Já a excitação feminina é vista como algo a ser escondido.

De acordo com a especialista, até 2013 havia 400 a 500 casos da síndrome documentados no mundo, mas a incidência deve ser ainda maior.

Causas ignoradas

A síndrome é descrita como uma sensação de excitação genital sem um estímulo sexual prévio, que persiste por períodos prolongados.

As causas do transtorno não são conhecidas, mas as investigações apontam para um leque de possibilidades: factores neurológicos, vasculares, hormonais ou como efeitos secundários de medicamentos.

Não tem, portanto, que ver com a hiper-sexualidade ou com o aumento extremo da libido, nem com orgasmos múltiplos.

A situação não acaba sempre num orgasmo e, mesmo que isso ocorra, a sensação não desaparece, explica a sexóloga.

Além disso, o fato de a sensação ser percebida pelo paciente como algo intrusivo, alheio ao seu próprio desejo e, portanto, negativo, pode intensificar a resposta.

Francisca Molero explica o caso com uma analogia: “É como quando alguém tem um pensamento desagradável e quer tirá-lo da cabeça. Quanto mais tenta, mais fixa a atenção nele”.

A consequência é que a culpa se torna inerente à síndrome, na maioria dos casos.

O tratamento mais eficaz é a terapia cognitiva-sexual, focada em objectivos claros, soluções no presente, e trabalhos domésticos que ajudem os pacientes a atingir a mudança desejada.

ZAP / BBC

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Tenho a solução…é colocar-se á frente de uma velha toda nua, sem dentes e cheia de osteoporose…o choque é tal, que fica curado!!!”
    Fartei-me de rir com esta saída .
    O mais engraçado é que 30% das mulheres gostavam de ter um homem assim mas não o encontram , ou tem preconceitos em falar no assunto .

RESPONDER

Sitava também desconvoca greve de julho e agosto na Groundforce

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) anunciou, esta sexta-feira, que desconvocou a greve prevista na Groundforce, nos dias 30, 31 de julho e 1 de agosto, depois da confirmação da TAP do …

Garantia da caução de 5 milhões de Berardo deverá incluir imóveis de pessoas próximas

A proposta de caução apresentada por Joe Berardo ao Tribunal Central de Instrução Criminal será composta por imóveis que pertencem a amigos e pessoas próximas. O Observador avança que a garantia da caução de Joe Berardo …

Cientistas descobrem qual a melhor altura para consumir proteínas

Uma equipa de investigadores sugere que a melhor altura para consumir proteínas é ao pequeno-almoço. É nesta altura do dia em que o corpo humano colhe mais benefícios. Os alimentos mais ricos em proteínas são os …

Matheus: "Não sei o que se passa em Barcelona, nem me trataram como jogador"

Matheus Fernandes tinha contrato com os catalães até 2025 mas, em junho, soube que ia sair do clube... por e-mail. Já assinou pelo Palmeiras mas não esquece o que aconteceu em Espanha. Tinha sido um dos …

Quem são os 91 portugueses nos Jogos Olímpicos (e as 4 medalhas que vão conquistar)

Participação portuguesa em Tóquio arranca neste sábado. Serão 91 atletas espalhados por 17 modalidades. Associated Press fez previsão para todas as especialidades presentes nos Jogos Olímpicos. Portugal teve 17 atletas na cerimónia de abertura dos Jogos …

Encontrada "impressão digital" do megatsunami provocado pelo asteróide que matou os dinossauros

Cientistas encontraram uma "impressão digital" no centro do Luisiana, nos Estados Unidos, do megatsunami provocado pelo asteróide que levou à extinção dos dinossauros. A devastação causada pelo asteróide que exterminou os dinossauros há 66 milhões de …

De que forma é o universo? Astrofísicos acreditam que pode ser um donut 3D gigante

Um novo estudo pode vir mudar a percepção de que o universo é infinito. Será que o universo é infinito? Qual será a forma do cosmos? Já há séculos que estas perguntas andam nas mentes dos …

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …