Holanda é a vencedora da 64.ª edição da Eurovisão

A Holanda, que venceu pela última vez há 44 anos, foi o país que obteve maior pontuação (492 pontos), atribuída pelos espetadores de cada país e pelos júris nacionais dos 41 países que participaram na edição deste ano, embora apenas 26 canções tenham competido na final.

A final da 64.ª edição do Festival Eurovisão da Canção decorreu hoje à noite em Telavive e foi transmitida em direto em todo o mundo. A vencedora foi a Holanda, representada por Duncan Laurence, com o tema “Arcade”

Este país ocupava, desde 7 de março, o primeiro lugar de um ranking dos 41 países concorrentes, cuja classificação é definida pela média de várias casas de apostas, calculada pelo ‘site’ eurovisionworld.com, especializado no concurso.

O espetáculo da final da Eurovisão começou com a vencedora do ano passado, Netta, que deu início ao desfile dos países. Pelo meio, uma paragem para ouvir outros israelitas que passaram pelo palco da Eurovisão.

Dana International a cantar Diva, a canção vencedora de 1998, Ilanit, que ganhou em 1973 e, por fim, Nadav Guedj, o representante de 2015 que terminou em nono lugar. Holanda é a grande vencedora, 44 anos depois da última vitória do país no concurso.

Depois das atuações dos vinte concorrentes, quatro ex-vencedores da Eurovisão foram desafiados a cantar músicas de outros eurofestivais da canção.

Conchita Wurst, vencedora de 2014, cantar Heros de Måns Zelmerlöw. Por sua vez, Måns Zelmerlöw da Suécia, vencedor de 2015, cantou Fuego, de Eleni Foreira, segunda classificada no ano passado, em Lisboa. A cantora do Chipre foi desafiada a cantar Verka Serduchka, a participante da Ucrânia, em 2007 que ficou em segundo lugar. E esta, por sua vez teve de cantar Toy, de Netta, a canção vencedora de 2018.

Abir Sultan / EPA

A Holanda foi representada por Duncan Laurence com o tema “Arcade”

A este momento mais divertido, seguiu-se Gali Atari voltou para cantar Hallelujah, a segunda vitória de Israel na Eurovisão, em 1979. Como coro contou com a participação de Conchita Wurst, Måns Zelmerlöw, Eleni Foreira e Verka Serduchka.

A exclusão de Portugal, com a canção “Telemóveis”, da final já era expectável, a avaliar pela média de várias casas de apostas. Este ano assinala-se a 64.ª edição do concurso, no qual Portugal participou, pela primeira vez, em 1964, tendo, entretanto, estado ausente em cinco edições (1970, 2000, 2002, 2013 e 2016). Esta é a nona vez que Portugal falha uma passagem à final do Festival Eurovisão da Canção. Entre 2004 e 2007, inclusive, e em 2011, 2012, 2014 e 2015 Portugal falhou a final do concurso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Tendo em conta o “circo” que é a Eurovisão, estava à espera de bem pior… é apenas uma balada pop vulgar, mas ouve-se!…
    .
    @ZAP: “espetadores” servem para espetar – neste caso foram mesmo “espectadores”!

RESPONDER

Japonês aluga-se a si próprio "para não fazer nada". E tem milhares de clientes

Um homem japonês que ganha a vida a alugar-se a si próprio “para não fazer nada” atraiu milhares de clientes. O negócio começou em 2018. Por 10.000 ienes (cerca de 79 euros) - mais despesas com …

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …

Há 11 anos que não se consumia tanta eletricidade num só dia. A culpa é do frio

O país está a bater recordes de energia, tanto em termos de pico como de consumo diário. A culpa é da vaga de frio que assolou Portugal neste Inverno. O consumo de eletricidade bateu, na quarta-feira, …

Dymka, a gata que perdeu as patas e recebeu próteses de titânio impressas em 3D

Dymka, uma gata russa, ganhou um novo estímulo na sua vida depois de um grupo de veterinários realizar uma cirurgia para substituir as suas patas por próteses feitas de titânio impressas em 3D. A universidade revelou …

Hélder Amaral: "O meu partido de sempre está a morrer"

Em declarações ao semanário Expresso, o antigo deputado do CDS-PP, Hélder Amaral, diz-se desiludido com o seu partido. O ex-deputado centrista Hélder Amaral, que foi também presidente da distrital de Viseu, não está feliz com o …

EDP antecipa pagamento a mais de mil fornecedores em Portugal e Espanha

A EDP vai antecipar o pagamento a mais de mil fornecedores, uma iniciativa que, à semelhança do que já aconteceu no último ano, irá manter-se para todos os pagamentos a fornecedores ao longo do primeiro …

Há centenas de pessoas em busca de tesouros que não existem na Índia (e a culpa é de um boato)

Moradores de pelo menos três vilas no distrito de Rajgarh, no estado indiano de Madhya Pradesh (MP), passaram a última semana à procura de um tesouro antigo que provavemente não existe. Centenas de aldeões estão a …

João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de "vulnerabilidade" (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de "vulnerabilidade". O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo …

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …