Casas de apostas estavam certas. Conan Osíris fora da final da Eurovisão

Abir Sultan / EPA

A exclusão de Portugal, com a canção “Telemóveis”, da final, marcada para sábado, já era expectável, a avaliar pela média de várias casas de apostas.

Este ano assinala-se a 64.ª edição do concurso, no qual Portugal participou, pela primeira vez, em 1964, tendo, entretanto, estado ausente em cinco edições (1970, 2000, 2002, 2013 e 2016).

Esta é a nona vez que Portugal falha uma passagem à final do Festival Eurovisão da Canção. Entre 2004 e 2007, inclusive, e em 2011, 2012, 2014 e 2015 Portugal falhou a final do concurso.

Os resultados finais resultam da combinação da votação do júri (baseada no ensaio geral que aconteceu na segunda-feira) e do televoto que aconteceu na noite de terça-feira a transmissão em direto do espetáculo.

Na terça-feira, 17 países competiam por um lugar na final e destes passaram: Grécia (Katerine Duska, “Better Love”), Chipre (Tamta, “Replay”), Austrália (Kate Miller-Heidke, “Zero Gravity”), Islândia (Hatari, “Hatrið mun sigra”), Sérvia (Nevena Bozovic, “Kruna”), República Checa (Lake Malawi, “Friend of a friend”), Eslovénia (Zara Kralj & Gasper Santl, “Sebi”), Estónia (Victor Crone, “Storm”), Bielorrússia (Zena, “Like it”) e São Marino (Serhat, “Say Na Na Na”). Já Portugal, Montenegro, Finlândia, Polónia, Hungria, Bélgica e Georgia não foram avante.

Este ano, o Festival Eurovisão da Canção é disputado por 41 países, mas apenas 26 atuam na final. Aos 10 países apurados irão juntar-se outros 10, que serão escolhidos na segunda semifinal, na quinta-feira, entre 18 concorrentes. Na final, no sábado, aos 20 países apurados nas duas semifinais, irão juntar-se os “Cinco Grandes” (França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido) e o país anfitrião (Israel).

Na lista de preferências dos apostadores mantém-se em primeiro lugar, desde 9 de março, a Holanda, que é representada por Duncan Laurence, com o tema “Arcade”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …