A verdadeira história da fotografia que deu a volta ao mundo (quase literalmente)

(dr)

A fotografia verdadeira de uma mãe a dormir abraçada ao filho numa rua de Lisboa tornou-se viral. Mas afinal não era Lisboa e a história era mentira.

No dia 7 de novembro de 2017, a Sud Radio francesa publicou uma fotografia que tinha sido partilhada 90 mil vezes em apenas quatro dias. A foto mostra uma mulher, a dormir no chão de uma rua pedonal, abraçada a uma criança. Ambas estão tapadas por um cobertor.

A rádio identifica como local a Rue de Sainte-Catherine, em Bordéus. Não é uma rua qualquer, mas sim uma das mais longas ruas exclusivamente pedonais da Europa, com mais de um quilómetro e faz parte da zona classificada como património mundial pela UNESCO.

De 2017 para 2018 e de Bordéus para Lisboa: a fotografia chegou a Portugal. Desde segunda-feira, já foi partilhada mais de 38 mil vezes por pessoas que acreditaram que aquela rua pertencia à capital portuguesa.

Numa das ruas de (Lisboa?). Uma mãe com a sua criança. Qual é o programa de apoio que tem para eles, Sr. Ministro?…

Publicado por Ana Kandsmar em Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

Mas bastava olhar com atenção para ver que não era Lisboa, nota o DN. Há, bem à vista, numa esquina, um restaurante da cadeia KFC. Mas não há nenhum restaurante KFC no centro histórico de Lisboa.

Durante o ano que demorou a chegar a Lisboa, a fotografia deu a volta ao mundo. John Clinton denunciou, com a fotografia, a situação dos sem-abrigo na Irlanda. Ciáran Bolger denunciou-o, acusando o partido Sinn Fein de ter uma “mentalidade doentia”. Bolger pertence ao partido rival irlandês Fianna Fáil.

Há duas semanas, a foto surgiu no site Spotted in Yorkshire (“Encontrado em Yorkshire”), lamentando que a mulher e a criança, agora inglesas, tivessem de dormir na rua.

Uns dias antes do Natal do ano passado, a mulher, afinal, estava a dormir numa rua na Sícilia, garantiu o jornal italiano You Reporter. “Ajudem-nos, são seres humanos”, escreveu.

Uma breve pesquisa no Google Image Reverse Search mostra que a foto foi publicada na Indonésia, na Tailândia, na Tunísia. Serviu para criticar o autarca de Bordéus – o ex-primeiro-ministro de direita Alain Juppé -, para acusar um ministro português do PS de não fazer nada, para apontar França como exemplo de falta de acolhimento a refugiados e para apontar à esquerda irlandesa uma falha moral.

Entretanto, ninguém sabia a história verdadeira das duas pessoas fotografadas. Na realidade, a mãe que aparece na foto chama-se Marie-Sophie e é uma francesa da região vinhateira do Médoc. Tem duas crianças e, desde dezembro do ano passado tem uma casa. As associações Habitat e Humanisme Bordeaux, conseguiram disponibilizar-lhes um T3 na zona de Chartrons.

A imagem que começou a circular recentemente em Portugal é do seu passado em versão viral. Muita gente usou a foto para protestar contra a desumanidade de haver pessoas a dormir na rua. Muitos outros fizeram-nos para criticar politicamente aqueles de quem não gostam. Outros terão ganho dinheiro com os cliques, que remuneram a publicidade online, à custa de quem seguiu a desinformação.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

O buraco negro mais faminto do Universo engole por dia uma massa equivalente à do Sol

No centro do quasar mais brilhante já descoberto "mora" um dos maiores buracos negros que é também o mais "faminto" de todo o Universo: por dia, engole o equivalente à massa do nosso Sol. As …

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …