Harley-Davidson rende-se à Europa e transfere parte da produção para fora dos EUA

Um jogo de cintura para fugir às taxas alfandegárias impostas pela UE. A Harley-Davidson estima que as tarifas impostas prejudiquem o seu negócio, traduzindo-se num custo adicional de 2.200 dólares, cerca de 1.884 euros, por cada mota exportada. Assim, vai transferir parte da produção para a Europa.

Esta segunda-feira, a famosa fabricante de motas Harley-Davidson anunciou que vai transferir parte da sua produção dos Estados Unidos para outros países, a fim de evitar as tarifas impostas pela União Europeia, ma disputa entre a Casa Branca e a Europa que está a ameaçar as vendas internacionais da empresa.

Em retaliação às tarifas impostas pelo Governo dos Estados Unidos sobre o aço e o alumínio, a União Europeia impôs tarifas este mês a uma longa lista de exportações americanas politicamente sensíveis, incluindo motociclos. A empresa estima que esta nova taxa irá custar-lhe entre 90 a 100 milhões de dólares por ano, cerca de 77 a 86 milhões de euros.



Num comunicado, a Harley-Davidson, sediada em Wisconsin, informou ao regulador que a tarifa de 25% irá traduzir-se num custo adicional de 2.200 dólares por cada mota exportada dos Estados Unidos para a União Europeia, que a empresa não quer refletir no preço final a pagar pelo consumidor, avança o Jornal de Negócios.

Até ao final deste ano, o impacto das tarifas nas contas da fabricante será de 30 a 45 milhões de dólares. Segundo a Slate, a tarifas sobre as motas aumentaram de 6% para 31%. Para contornar este problema, a empresa irá transferir parte da sua produção para a Europa nos próximos 9 a 18 meses.

“A Harley-Davidson acredita que o tremendo aumento dos custos, se passado para os revendedores e clientes de retalho, terá um impacto negativo, imediato e duradouro, no negócio nessa região”, refere a empresa, no comunicado citado pela Reuters.

A Europa é o segundo maior mercado da empresa. No ano passado, a Harley-Davidson vendeu quase 40 mil motas na Europa, que representaram 14% das vendas totais.

Ainda assim, a fabricante de motas tem feito muitos esforços para aumentar as suas vendas no exterior, para evoluir dos atuais 43% do volume total para 50%. Depois de as suas vendas para o exterior terem caído para o valor mais baixo dos últimos seis anos, a empresa anunciou o encerramento da sua unidade de produção em Kansas City, Missouri.

A Harley-Davidson não adiantou, porém, se os seus funcionários vão perder o seu emprego. No entanto, quer a transferência leve a cortes de empregos ou não, a “icónica marca americana movimenta a fabricação no exterior” não é o tipo de manchete que o Governo de Trump espera que as suas agressivas táticas comerciais gerem.

Harley-Davidson rendeu-se à Europa, acusa Trump

Também esta segunda-feira, o Presidente norte-americano pronunciou-se sobre este assunto, criticando a decisão da fabricante Harley-Davidson de transferir uma parte da sua produção para a Europa, avançou a Renascença.

“Surpreendido”, Donald Trump acusa a empresa que é um dos símbolos dos Estados Unidos de ter sido a primeira “a acenar com a Bandeira Branca“. “Eu lutei arduamente por eles e, no final de contas, não vão pagar tarifas na União Europeia”, disse no Twitter.

As tarifas são apenas uma desculpa para a Harley. Tenham paciência.”

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Essa fábrica da Harley que irá fechar é o 5º maior empregador de Kansas City. Com esta deslocalização, 637 empregados irão para o olho da rua! De facto, o Trump é um líder genial!!!

RESPONDER

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …

Seca pode ser a "próxima pandemia e não há vacinas que a curem", alerta a ONU

A seca e a escassez de água podem afetar o planeta de forma sistémica se não forem tomadas medidas urgentes sobre a gestão da água e dos solos, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) …

Três portugueses morrem em desabamento de escola na Bélgica

O desabamento de uma escola em construção em Antuérpia, na Bélgica, provocou, esta sexta-feira, a morte de três portugueses. As circunstâncias em que o desabamento ocorreu ainda não são conhecidas. Fonte consular portuguesa confirmou à RTP …