Hackers iranianos invadem página de agência governamental dos EUA. Esta foi “apenas uma pequena demonstração”

(h) Iranian Supreme Leader's Office / EPA

O general iraniano Qassem Soleimani

Um grupo de alegados “hackers” iranianos “invadiu” a página oficial de uma agência governamental norte-americana, como forma de retaliação pelo ataque aéreo que matou o comandante da força de elite iraniana Al-Quds, o general Qassem Soleimani. “Isto é apenas uma pequena demonstração da capacidade informática do Irão”, alertaram.

Segundo noticiou o Guardian, citado pelo Observador, a página do Federal Depository Library Program (Programa do Repositório da Biblioteca Federal, em tradução livre) foi substituída por outra intitulada “Iranian Hackers” (hackers iranianos).

Nessa página, encontrava-se em destaque uma imagem do presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, a ser esmurrado por um punho que surgia da bandeira iraniana e ilustrações de Ayatollah Ali Kamenei, o líder supremo iraniano.

“Com o poder de Deus, a severa vingança não tardará e espera os criminosos que mancharam as suas mãos imundas com o sangue dele [de Soleimani]” lia-se no website. Os “hackers” garantiram ainda que o “mártir” seria “recompensado pelos vários anos de esforços impecáveis”. Pouco depois de ser “hackeada”, a página ficou indisponível.

À CBS News, um oficial norte-americano envolvido na cibersegurança do país confirmou o incidente, desvalorizando-o. “Este evento não significa nada”, afirmou, referindo que os “atacantes” são simpatizantes do regime iraniano, sem ligações diretas com o governo.

O ciberataque surgiu dois dias depois da morte de Qasseim Soleimani, por ordem de Donald Trump. O governo iraniano jurou vingança.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. ahahahahahah claro, até porque se pudessem não faziam uma grande demonstração…
    Não fizeram mais porque são limitados, o único site pré-histórico que conseguiram manipular foi o de uma biblioteca, muito bom!
    Os Iranianos merecem um estado laico e livre dessas ditaduras religiosas, quem viu o Irão antes dos ayatollahs e quem vê agora…
    Mas já agora gostei de ver o Trampas a ser esmurrado, não lhe fazia mal nenhum!

RESPONDER

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …