Hacker holandês acedeu à conta de Twitter de Trump. Senha era “maga2020”

Chris Kleponis / EPA Pool

O Ministério Público da Holanda confirmou que um hacker holandês acedeu à conta de Twitter do Presidente cessante dos Estados Unidos, Donald Trump, descobrindo que a sua senha era “maga2020”.

Os procuradores da Holanda dizem que não vão apresentar queixa contra o pirata informático que conseguiu aceder à conta pessoa da rede social Twitter de Donald Trump, alegando que este teve um comportamento ético correto, alertando as autoridades norte-americanas sobre a situação.

O hacker Victor Gevers tornou público, no final de Outubro, que tinha conseguido, pela segunda vez, aceder à conta de Trump no Twitter após apenas sete tentativas com diferentes versões de senha, até encontrar a correta, que era “maga2020” (abreviatura em minúsculas de seu slogan de campanha, “Make America Great Again” – “Tornar a América grande outra vez”).

Além disso, Trump desativou o sistema de verificação dupla, pelo que, ao tentar aceder à conta, Gevers não precisou de enviar uma mensagem para a conta de telemóvel ou de correio eletrónico do Presidente para obter autorização de entrada, o que os procuradores holandeses confirmaram após uma investigação da unidade cibernética da polícia nacional.

Embora a empresa que gere a rede social Twitter e a Casa Branca sempre tenham negado que este episódio tenha acontecido, o Ministério Público holandês confirmou quarta-feira que Gevers teve mesmo acesso à conta de Trump, mas não se aproveitou da situação para a usar em nome de Trump, ler as suas mensagens privadas, mudar a senha ou a fotografia de perfil, opções possíveis ao aceder a estes dados pessoais.

As tentativas de alertar o Presidente, a sua equipa da Casa Branca, a equipa de campanha e até membros de sua família sobre a segurança da conta de Twitter falharam, mas, dias depois, os serviços secretos dos EUA contactaram Gevers, para lhe agradecer pelo aviso.

Depois deste episódio, Trump mudou a sua senha e ativou a verificação dupla.

Embora a pirataria informática seja punível na Holanda, o Ministério Público concluiu que Gevers cumpriu os critérios para não ser acusado, revelando ser um hacker com ética, dedicado à “divulgação responsável” e que contactou com as autoridades sob a sua responsabilidade, alertando-as sobre a situação e dando conselhos sobre como resolver a vulnerabilidade da conta de Donald Trump.

Não é a primeira vez que Gevers, de 44 anos, consegue aceder à conta do Presidente dos Estados Unidos: em outubro de 2016, o pirata informático e vários amigos encontraram a senha de Trump num banco de dados divulgado por piratas informáticos.

Nessa altura, Trump tinha “youarefired” (está despedido, “you are fired”, em inglês) como senha, numa referência a uma frase que usava num seu antigo programa televisivo em formato reality show.

Entre outras descobertas nas informações reunidas por piratas informáticos, Gevers encontrou uma base de dados chinesa com informações pessoais (telefone, datas de nascimento, empregador, número de identidade ou nacionalidade) e localizações (com coordenadas GPS dos locais visitados) de 2,7 milhões de habitantes de Xinjang, a maior província da China e local de presença de muitos uigures, revelando que o Governo de Pequim está a controlar de perto essa minoria muçulmana no país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Erupção do vulcão nas Canárias pode durar até 84 dias

A erupção vulcânica de Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma pode durar entre 24 e 84 dias, com uma média geométrica de cerca de 55 dias, segundo cálculos do Instituto Vulcanológico das Ilhas …

PCP insiste que Governo vá “mais longe” e baixe o preço da energia

O PCP insistiu esta terça-feira que o Governo não se deve ficar pelo “não aumento” dos preços da energia, mas sim ir “mais longe”, intervindo para baixar estes valores, apontando que o executivo tem instrumentos …

Amnistia Internacional acusa farmacêuticas de recusar aumento da oferta de vacinas

Quando faltam 100 dias para o fim de 2021, a organização não governamental apela às farmacêuticas que forneçam dois mil milhões de vacinas a 82 países com rendimento baixos e médio-baixos, no sentido de se …

Lituânia avisa cidadãos para não comprarem telemóveis chineses devido à censura dos dispositivos

A tensão continua a aumentar entre a Lituânia e a China. O país europeu está agora a recomendar aos cidadãos que não comprem telemóveis chineses porque os dispositivos censuram alguns termos. O Ministério da Defesa da …

Talibã nomeiam enviado afegão para a ONU - e pedem para falar com líderes mundiais

Os talibã pediram para falar com os líderes na Assembleia Geral das Nações Unidas, a acontecer esta semana em Nova Iorque, e nomearam o seu porta-voz, Suhail Shaheen, a viver em Doha, como embaixador na …

"Erros" no currículo. Raquel Varela perdeu "apoio" para bolsa de 4 mil euros e leva caso a tribunal

A investigadora Raquel Varela está envolvida numa polémica depois de ter perdido o apoio do Instituto de História Contemporânea, no âmbito de um concurso a fundos públicos, devido a alegados "erros" no currículo. A notícia …

Nem com a maternidade o PS segura Coimbra. Sondagem dá vantagem ao PSD, numa corrida apertada

Na semana das autárquicas, uma sondagem aponta para que o PSD consiga roubar a Câmara de Coimbra ao PS, apesar da corrida estar apertada. A corrida autárquica em Coimbra tem sido uma das mais quentes da …

Após gestos obscenos, ministro da saúde brasileiro testa positivo à covid-19 em Nova Iorque

Governante brasileiro ficará em isolamento em Nova Iorque, enquanto a restante comitiva continua com as reuniões bilaterais. Perante a notícia divulgada pelo governo brasileiro, espera-se, agora, uma reação dos porta-vozes dos países cujos líderes se …

FBI confirma que corpo encontrado é de Gabby Petito. "Homicídio", diz médico legista

O FBI anunciou que o corpo encontrado no domingo, num parque natural de Wyoming, nos EUA, é de Gabrielle Petito, a jovem cujo desaparecimento cativou a atenção do mundo. Análise preliminar confirmou que os restos mortais …

Maioria dos candidatos para Porto e Lisboa admite criar zonas com menos carros nas cidades

Um inquérito da associação ambientalista Zero apurou as propostas dos candidatos às autarquias de Lisboa e Porto sobre a redução do uso de carros e os incentivos à mobilidade sustentável. No âmbito do dia Europeu sem …