Há dados sobre a covid-19 em Portugal que se mantêm “escondidos” (até do olhar dos cientistas)

Tiago Petinga / Pool / Lusa

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) disponibiliza diariamente dados sobre a evolução da covid-19 em Portugal, mas há muitos indicadores que não são públicos – e nem sequer cientistas que querem analisar as informações de uma perspectiva académica, conseguem aceder-lhes.

Mesmo dados que não colocam em causa a privacidade dos pacientes com covid-19 não são divulgados publicamente, conforme apontam especialistas ouvidos pelo Expresso.

Entre os dados que não se conhecem estão o número de testes por região, o tipo de laboratório (privado ou público) onde foram feitos, a taxa de isolamento dos casos positivos, a evolução dos surtos activos ou o tipo de contágio mais habitual. Nem tão pouco é pública a evolução da taxa de ocupação dos hospitais, nem do peso das comorbidades entre os infectados e entre os mortos.

Conhecer alguns destes indicadores ajudaria a caracterizar de forma mais precisa a evolução da epidemia em Portugal.

A evolução semanal do R, indicador sobre o número médio de pessoas que cada infectado contagia, só é pública desde há um mês, podendo ser consultada no site do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

E há até cientistas que pretendem aceder a dados para fins académicos e de estudo que não o conseguem fazer, como destaca ao Expresso o director da Escola de Medicina da Universidade do Minho, Nuno Sousa, que desde Março tenta, sem sucesso, obter informação.

Estamos nisto desde o início de Março. Se era possível entender que em Março fosse impossível ter esses dados todos disponíveis, é difícil perceber como é que chegamos ao fim de Junho sem ter acesso a dados muito simples e que podiam ser altamente informativos”, destaca Nuno Sousa.

A tomada de decisão baseia-se nesta informação. E sabemos agora que os dados têm de ser trabalhados à escala regional. É preciso ter essa lente mais afinada”, constata ainda.

Notas que surgem numa altura em que a resposta à pandemia em Lisboa, onde se concentra agora o maior número de novos infectados, tem sido contestada.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. O PR disse: “Não vamos mentir” e assim não é preciso. Embora que os Espanhões mentiram muito bem e não são excluídos do turismo como é Portugal Honestinho

  2. Há quem diga o nº diário de infectados e mortos, já chegou a ser mais do dobro daquilo que diariamente informam. A DGS e os políticos que nos comandam, são uns contorcionistas mentirosos. Até o das beijocas e selfies. Não podemos confiar nestas seitas.

  3. Há também o “lado oposto” de ver a situação…
    É que, ao que parece, nunca mais ninguém morreu de outra causa, ou seja, só vê COVID, só se fala de COVID e só se morre de COVID…
    Que o “bicharoco” é perigoso, é (pelo menos até haver antídoto, tanto em medicação como em vacina)… mas também é verdade que a esmagadora maioria das mortes “por COVID” está associada a outras patologias das quais as pessoas (que morreram) já padeciam… e foi, sobretudo, por causa dessas patologias (e de um quadro clínico mais ou menos complicado) que morreram…

RESPONDER

Fisco alerta para mensagens falsas enviadas a contribuintes

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou os contribuintes, numa mensagem no portal das Finanças, para o envio de mensagens falsas para o telemóvel nas quais é pedido que se carregue em 'links' que são …

"Pandemia do medo". Crianças brincam cada vez menos e isso pode aumentar a ansiedade

A pandemia assim o obriga. Mais tempo fechadas em salas de aula e sem oportunidades para brincarem com os amigos, as crianças estão cada vez mais sedentárias e isso não é positivo para o seu …

Convívio deve ser limitado às pessoas com quem se vive, apela DGS

A diretora-geral da Saúde apelou aos portugueses, esta segunda-feira, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, para limitarem os contactos físicos às pessoas com quem vivem. "Ao conviver em presença com familiares …

"Lembranças da Lua." China prepara missão para recolher amostras do solo lunar

A China vai fazer a primeira tentativa desde os anos 70 de ir à Lua recolher rochas. A missão ficará a cargo da Chang'e 5, que será lançada esta terça-feira. A Chang'e 5 vai realizar a …

Hotéis já podem ser usados como escritórios e centros de dia

Os estabelecimentos hoteleiros, de turismo de habitação e resorts já estão autorizados a serem temporariamente usados como escritórios, showrooms e centros de dia, segundo o decreto-lei publicado em Diário da República. O diploma publicado no domingo, …

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …

Netanyahu terá visitado Arábia Saudita (e reunido com Mike Pompeo e o príncipe herdeiro em segredo)

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, terá viajado no domingo em segredo à Arábia Saudita para se encontrar com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, divulgaram esta segunda-feira vários meios de comunicação de Israel. De acordo …