Guterres enumera os “Quatro Cavaleiros do Apocalipse” que desestabilizam o mundo

ZIPI / EPA

António Guterres listou, esta quinta-feira, os “Quatro Cavaleiros do Apocalipse” que causam incerteza e instabilidade: mudança climática, desconfiança da população, tensões geopolíticas e ameaças tecnológicas.

O secretário-geral da ONU identificou esta quinta-feira, numa intervenção em Davos, os “Quatro Cavaleiros do Apocalipse” que provocam atualmente incertezas e instabilidade no mundo: as alterações climáticas, a desconfiança dos cidadãos, as tensões geopolíticas e as ameaças tecnológicas.

Entre as quatro ameaças assinaladas, António Guterres, que falava no Fórum Económico Mundial que arrancou na terça-feira na Suíça, destacou as alterações climáticas que, pela primeira vez na história da Humanidade, estão a impor, segundo frisou o representante, um limite físico e real às possibilidades de crescimento.

“É absolutamente necessário” admitir, prosseguiu Guterres, que as alterações climáticas são uma ameaça à existência humana e que estão a progredir mais rápido do que o esperado.

Durante a intervenção, Guterres mencionou que ainda existem pessoas que argumentam que o planeta Terra pode “resistir a tudo”. Ideia que refutou, alertando que a capacidade da espécie humana em habitar este planeta e as condições necessárias para tal estão a desvanecer e, como tal, “é urgente” mudar o curso dos acontecimentos.

No discurso, o secretário-geral da ONU apontou algumas situações que confirmam que a crise climática é uma realidade: a subida média das temperaturas do ar e da água dos oceanos e os incêndios que têm devastado países e territórios como a Austrália, Canadá ou a Sibéria.

A boa notícia, referiu António Guterres, é a total consciência e empenho da comunidade científica, que sabe, defendeu o representante, quais são as medidas a tomar, nomeadamente a descarbonização e a redução das emissões globais dos gases com efeito estufa até 2050.

Apesar de considerar que os avanços no dossiê climático estão a acontecer muito devagar e de defender que os grandes países “poluentes” têm de se comprometer “a sério” nesta matéria, Guterres reconheceu que os grandes bancos, as empresas de investimento, os bancos centrais e o mundo financeiro, a par dos cidadãos comuns, estão a começar a ter consciência do problema.

Ainda em Davos, o secretário-geral da ONU mencionou a desconfiança dos cidadãos em relação às classes governantes, um sentimento, lembrou o responsável, que esteve na origem de uma vaga sem precedentes de manifestações, protestos e motins que agitou, em 2019, mais de 60 países em todo o mundo.

Segundo o antigo primeiro-ministro português, todas estas crises têm uma explicação e uma origem próprias, mas, segundo frisou, todas elas têm um elo comum, ou seja, a desconfiança generalizada em relação às elites e a uma globalização que apenas aumentou as desigualdades, nomeadamente de género.

António Guterres destacou ainda as tensões geopolíticas e os potenciais conflitos entre certos atores internacionais, como foi o caso recente dos Estados Unidos e do Irão. Para o representante, tais cenários de conflito só poderão ser evitados com o fortalecimento das instituições de cooperação e de colaboração.

O líder da ONU finalizou a intervenção com uma referência aos riscos associados às novas tecnologias, que classificou como o “lado obscuro“, que deixam, em muitos casos, os cidadãos indefesos. Nesse sentido, Guterres defendeu e apelou a uma regulação do ciberespaço.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Bom… As mortas em conflitos estão obviamente incluidas nos conflitos geo-estratégicos de que ele falou… Os abortos representam um número desprezível comparado com o resto. Daqui a bocado vamos também incluir as que são atropeladas a atravessar a estrada sem olhar?.. Sem caricaturas… Os abortos, ainda que muitas vezes recrimináveis (não sou a favor do aborto excepto em violação (só até 12 semanas) ou risco de morte da Mãe), não apresentam número significativo nem são comparáveis a mortes de crianças com anos de vida.

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …