Guterres decidirá “a seu tempo” se é candidato a secretário-geral da ONU

UN Geneva / Flickr

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

O alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), António Guterres, afirmou, numa entrevista divulgada hoje pela Rádio Renascença, que “a seu tempo se verá” se se candidata a secretário-geral da ONU.

“Sobre essas matérias, a seu tempo se verá o que faz sentido”, respondeu o antigo primeiro-ministro, a uma pergunta sobre se mantém a expectativa de uma candidatura a secretário-geral das Nações Unidas, no final do ano.

António Guterres disse que, “nesta fase dramática” de crise migratória na Europa, está empenhado em ser “capaz de fazer o melhor possível” e dar um contributo e “ajudar num mundo em que, infelizmente, o número de pessoas deslocadas pelos conflitos, pelas guerras, pelas perseguições políticas, pela violação dos direitos humanos está em crescimento”.

Na sexta-feira, a porta-voz do ACNUR anunciou que António Guterres deixará o cargo no final do ano.

“O seu mandato devia terminar em junho, ele prolongou-o por seis meses”, indicou Melissa Flemming à agência France Presse.

António Guterres vai cumprir dez anos e seis meses de mandato à frente do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

A ex-primeira-ministra dinamarquesa Helle Thorning-Schmidt anunciou na sexta-feira a sua intenção de disputar o cargo durante uma conferência de imprensa em Copenhaga com o atual chefe do Governo dinamarquês, Lars Lokke Rasmussen.

A mudança na direção da agência da ONU que gere e coordena a ajuda aos refugiados acontece em plena crise dos migrantes na Europa.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Durante meses torci para que Guterres se candidatasse a presidente da república. Não obstante uma prestação sofrível (para ser simpático) como primeiro ministro, achei que tinha sentido de estado e perfil para PR, e perante a concorrência à esquerda e à direita não tinha dúvida em entregar-lhe o meu voto.
    Eis senão quando a evidência me assaltou estrondosamente a consciência.
    O cargo que Guterres desempenha… com tantas laudas generalizadas…
    O cargo do personagem é qualquer coisa da ONU. Uma ACNUR qualquer.
    O homem é alto comissário das nações unidas.
    O homem é alto comissário das nações unidas para os REFUGIADOS !!!
    (silêncio)
    Estamos, ao que parece, na maior crise de refugiados que o mundo viu desde a segunda guerra mundial.
    Há milhares a morrer. Não apenas agora, mas há meses / anos.
    Meio mundo já se comoveu, meio mundo quer ajudar, meio mundo está apreensivo.
    O homem é alto comissário das nações unidas para os REFUGIADOS !!!
    E o que é que sabemos de Guterres nos últimos tempos?
    Que não quer continuar a ser alto comissário das nações unidas para os refugiados.
    Que quer ser candidato a secretário geral da ONU.
    O homem ainda é alto comissário das nações unidas para os REFUGIADOS !!!
    Que é que se viu ou ouviu dele acerca de refugiados nos últimos tempos?
    Ouviu-se que não é candidato a PR porque “gosta de estar no terreno”.
    No TERRENO ??
    Qual terreno??
    Alguém viu Guterres “no terreno”?
    Talvez, se “o terreno” for nas redondezas de alguma celebridade.
    Guterres navega, apenas e só, a onda de uma imprensa, de uma opinião pública encantada com o seu glamour, esquecida do seu pantanal, esquecida da sua inépcia, da sua irresponsabilidade.
    E pensar que cheguei a ter o meu voto para PR bem guardado para lho entregar…

Responder a Neves Cancelar resposta

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …