Foi uma engrenagem política como a atual que “levou à 1ª Guerra Mundial”

André Kosters / Lusa

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres

O secretário-geral da ONU, António Guterres, advertiu no domingo, em Paris, que existe uma “engrenagem” geopolítica semelhante à que levou ao eclodir da 1ª Guerra Mundial e aos movimentos políticos totalitários nos anos 1930.

“Muitos elementos de hoje parecem assimilados do início do século XX e dos anos 1930, aumentando os receios de uma engrenagem invisível”, disse o português, citado pelo DN,  na abertura do Fórum sobre a Paz, organizado no âmbito das comemorações do centenário armistício da Grande Guerra.

No mesmo evento, a chanceler alemã Angela Merkel disse que o “projeto de paz europeu”, nascido após 1945, está ameaçado pela ascensão do nacionalismo e do populismo. “Podemos ver que a cooperação internacional, um equilíbrio pacífico entre interesses e até mesmo o projeto europeu de paz estão novamente em questão”, disse Merkel.

O presidente francês alinhou pela mesma abordagem, referindo-se ao mesmo período do século passado. “Os nossos antecessores tentaram construir uma paz duradoura. que fracassou devido ao unilateralismo, às crises económicas, morais e nacionalistas”, afirmou Emmanuel Macron.

Cerca de 70 chefes de Estado e de governo participaram na cerimónia solene junto ao túmulo do Soldado Desconhecido, símbolo do sacrifício dos milhões que morreram de 1914 a 1818.

O presidente dos EUA, Donald Trump, chegou separadamente. O último a chegar foi o presidente russo, Vladimir Putin. A chanceler alemã, Angela Merkel, posicionou-se entre Trump e Macron.

Marcelo Rebelo de Sousa também participou nas cerimónias em Paris do centenário do fim da I Guerra Mundial. O presidente da República portuguesa participou numa aula aberta com alunos da universidade de Ciência Política de Paris, juntamente com os chefes de Estado da Colômbia, Juan Manuel Santos, e da Nigéria, Muhammadu Buhari.

Após a cerimónia, os chefes de Estado tiveram um almoço oficial no Palácio do Eliseu, e, à tarde, participaram no Fórum de Paris sobre a Paz, que reuniu 60 chefes de Estado e 30 organizações internacionais para discutir segurança global.

Do outro lado do globo, a Austrália e a Nova Zelândia realizaram cerimónias para relembrar como a guerra matou e feriu soldados e civis em números sem precedentes. Esses países perderam dezenas de milhares de soldados distantes na Europa e na brutal batalha de Gallipoli, em 1915, na Turquia.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …