Enquanto o mundo lutava contra uma pandemia, a Guiné declarava o fim do segundo surto do Ébola

EU Humanitarian Aid and Civil Protection / Flickr

No passado sábado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou o fim do segundo surto de Ébola na Guiné-Conacri, que vitimou mortalmente 12 pessoas.

“Tenho a honra de declarar o fim do Ébola na Guiné”, disse o funcionário da OMS Alfred Ki-Zerbo numa cerimónia na região sudeste de Nzerekore, onde a doença surgiu no final de janeiro.

De acordo com as regras internacionais, a Guiné-Conacri tinha de esperar 42 dias (o dobro do período de incubação do vírus) sem um novo caso antes de declarar o fim da epidemia. A espera acabou na passada sexta-feira, semanas depois de a última pessoa ter sido declarada recuperada, no dia 8 de maio.



O ministro da Saúde, Remy Lamah, também declarou o fim do surto “em nome do chefe de estado”, o Presidente Alpha Conde.

O Science Alert escreve que, durante o surto da última década, a relutância e a hostilidade em relação às medidas de controlo da infeção levaram algumas pessoas no sudeste da Guiné a atacar, e até matar, funcionários do Governo.

Desta vez, “o comprometimento da população, as medidas de saúde pública e o uso equitativo de vacinas” foram fundamentais para ultrapassar este capítulo negro, realçou Tedros Adhanom Ghebreyesus, da OMS, em comunicado.

Apesar de o Ébola ter sido vencido, é importante manter a vigilância. “Devemos ficar alertas para um possível ressurgimento e garantir que a experiência se expande a outras ameaças à saúde, como a covid-19″, disse o diretor da OMS para a África, Matshidiso Moeti.

Em comunicado, o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos informaram que o sequenciamento genético mostrou ligações entre o surto anterior e a última epidemia.

O surto deste ano pode ter sido causado por uma “infeção persistente num sobrevivente do surto da África Ocidental”, disse o CDC, sublinhando “a necessidade de programas de sobreviventes fortes e contínuos”, bem como de mais investigações.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

A primeira banda de rock de Gaza quer dar voz à dor causada pela guerra

A primeira banda de rock formada em Gaza, na Palestina, quer dar voz à dor causada pelo conflito com Israel. Um contabilista, dois advogados, um agrónomo e um funcionário humanitário suíço. Segundo a agência Reuters, são …

"Fiquei infetado mas não preciso da vacina": atleta olímpico explica a sua postura

Bryson DeChambeau iria participar nos Jogos Olímpicos mas um teste positivo à covid-19 afastou-o de Tóquio. Mesmo assim, recusa tomar a vacina e explica porquê. Bryson DeChambeau iria representar os EUA nos Jogos Olímpicos de Tóquio, …

Hologramas "teleportam" competição olímpica de badminton

Uma empresa japonesa recorreu a tecnologia holográfica para transmitir os jogos de badminton disputados nos Jogos Olímpicos. As partidas foram "teleportadas" para um espaço a 35 quilómetros de onde estavam a decorrer, em tempo real. "Esta …

Aumentam os rumores sobre o estado de saúde de Kim Jong-un

Os rumores sobre o estado de saúde de Kim Jong-un estão de volta, depois de o líder norte-coreano ter aparecido em público com uma mancha escura na parte de trás da cabeça e, posteriormente, com …

Alemão de 84 anos multado por possuir arsenal de armas da Segunda Guerra Mundial

Na terça-feira, um tribunal alemão condenou um homem de 84 anos por porte ilegal de armas. O idoso possuía um arsenal pessoal que incluía um tanque, um canhão antiaéreo e vários outros itens de equipamento …

Nicarágua. Ex-rainha de beleza detida (e libertada) após candidatar-se às eleições

As autoridades de Nicarágua detiveram na quarta-feira, libertando de seguida, a ex-rainha de beleza Berenice Quezada, dois dias após esta se ter registado como candidata nas eleições de 7 de novembro. Segundo a coligação Citizens for …

DGS autoriza competições da FPF com 33% de público

Os jogos das competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) podem ter uma ocupação de 33% dos recintos desportivos, segundo um parecer técnico da Direção-Geral da Saúde (DGS) a que a agência Lusa teve …

Novas "caixas" transformam eletricidade e areia em painéis solares

A Terrabox é uma espécie "fábrica de células solares" que só necessita de areia e eletricidade. Se for um sucesso, a tecnologia vai à Lua e a Marte. A Maana Electric, uma empresa sediada no Luxemburgo, …

Tribunal europeu autoriza hospital britânico a retirar o suporte de vida a bebé. Pais recusam

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeitou um recurso da família de Alta Fixsler, uma bebé de dois anos, que não come ou respira sozinha, autorizando o Manchester University NHS Foundation Trust a retirar-lhe o …

Equipa com astrónomos portugueses descobre planetas que podem ter água

Uma equipa internacional de astrónomos, incluindo portugueses, descobriu um sistema de planetas fora do Sistema Solar que podem ter água à superfície, no interior ou na atmosfera, divulgou esta quinta-feira o Observatório Europeu do Sul …