Guerra aberta no PSD/Porto. Líder local desafiado a demitir-se

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

Hugo Neto escreveu mensagem dura contra Rui Rio e agora recebeu uma carta de militantes do Porto pedindo-lhe que se demita, acusado de falta de “caráter, lealdade, responsabilidade e espírito de serviço”.

“Expostos os motivos pessoais, egoístas e mesquinhos que ditaram os desabafos ressentidos que produziu, entendemos que deixou de ter condições políticas e éticas para se apresentar, seja onde for, como Presidente do PSD do Porto e falar em nome do Partido Social Democrata”, lê-se na carta a que o Diário de Notícias teve acesso.

Em causa está o facto deste dirigente local dos sociais-democratas do Porto ter há dias escrito no Facebook uma crítica a Rui Rio por este ter estado de férias na crise dos motoristas.

Rui Rio e o Princípio de PeterA propósito da tomada de posição da Secção do Porto de abandono das listas de candidatos…

Publicado por Hugo Neto em Quarta-feira, 14 de agosto de 2019

“Inacreditavelmente, a um mês e meio de eleições legislativas, o Presidente do PSD e o seu núcleo duro decidiram tirar férias, a meio duma crise que, empolada, aproveitada ou não, preocupa os portugueses. Já li e ouvi falar de ‘PSD em serviços mínimos’ e até de greve política. A ausência total de PSD, durante duas longas semanas num período político crítico é inaceitável e apresenta um odor demasiado forte a uma incompetente arrogância para que eu me consiga manter calado. O PSD é mais do que isto. O PSD não é isto!”, escreveu.

Revoltado com a forma como Rio lidou com o problema das listas de deputados, Hugo Neto acrescentou que Rio, neste problema como “no trabalho político diário, não podia ter desiludido mais”. “Personificação máxima do Princípio de Peter, Rui Rio, um bom autarca, com quem trabalhei na Câmara do Porto, rodeou-se de gente sem qualidade e tornou-se num Presidente do PSD sem rumo nem estratégia. E se é, hoje, quase unânime, que depois de tantos erros e passos em falso, Rio terá que sair depois de 6/10, escusava de ter escolhido a porta mais minúscula para essa mesma saída.”

“Foi com espanto e indignação que tomamos conhecimento das declarações que tornou públicas no passado dia 14 no Facebook e que, conforme era seu objetivo, tiveram larga divulgação e lhe conferiram os cinco minutos de fama que são dedicados às figuras menores que sucumbem, debandam ou renegam projetos e partidos a quem devem lealdade.”

Para os autores da carta, as declarações de Hugo Neto foram “graves e irresponsáveis” pois foram proferidas “num contexto pré eleitoral, onde se impunha lealdade institucional e uma liderança firme e mobilizada da nossa Secção do Porto e onde temos bem identificado o nosso adversário político: o Partido Socialista e António Costa!”

Assim, “caráter, lealdade, responsabilidade e espírito de serviço são características políticas e de personalidade que revelou não possuir e que ficaram evidentes tão logo se viu afastado das listas de deputados”. Ao presidente da assembleia geral da secção do PSD do Porto é deixado um apelo: “Que evoque politicamente o processo e campanha eleitorais de outubro próximo”.

Quanto ao resto, os militantes subscritores da carta “não confundem as verdadeiras prioridades políticas e o interesse nacional com pequenos ajustes de contas de listas e lugares e pretendem participar na campanha eleitoral, do lado do PSD e ao lado do seu líder Rui Rio, no combate urgente e consequente à Esquerda Socialista, Bloquista e Comunista”, já que “esse combate é que reflete a essência, a nobreza e o passado do nosso partido há mais de 40 anos”.

“Os militantes do PSD não virarão a cara ao desafio eleitoral e estarão com Rui Rio nesta campanha dura e difícil, como é apanágio do PSD”, conclui a carta.

De acordo com o DN, Pedro Duarte, Hugo Carneiro, secretário-geral adjunto do PSD e Álvaro Almeida, candidato do PSD à câmara do Porto em 2017, terão sido subscritores da carta, mas não se confirma.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Hugo Neto fez o mesmo que o actual presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, fez à Dr.ª Manuela Ferreira Leite antes das eleições que levou o secretário geral do PS Sócrates a primeiro ministro. É mais uma jogada dos “aventais” para afastar do PSD quem os incomoda, mesmo que para isso prejudiquem o partido.

RESPONDER

Professor detido por violar aluna menor dentro de escola em Faro

Um professor de 55 anos foi detido, nesta quarta-feira, por suspeitas de ter violado uma aluna de 14 anos no interior de uma escola do concelho de Vila Real de Santo António, no distrito de …

Governo vira-se para Rio para mudar a lei e garantir o novo aeroporto

O Governo está a preparar uma alteração à Lei para evitar que o projecto do novo aeroporto do Montijo seja chumbado. Uma medida que passará, necessariamente, pela necessidade de um entendimento entre PS e PSD …

"Entretenimento saudável". Santa Casa desvaloriza estudo sobre raspadinhas

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desvalorizou a investigação da Universidade do Minho que aponta para o vício das raspadinhas. Esta sexta-feira, um artigo científico publicado na The Lancet alertou para …

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …