Impedido de entrar no Parlamento, Guaidó foi reeleito presidente na sede de um jornal

Leonardo Munoz / EPA

Juan Guaidó

O líder da oposição venezuelana foi reeleito, este domingo, presidente do Parlamento pelos deputados da oposição, numa sessão paralela organizada na sede de um jornal.

Juan Guaidó foi impedido pela polícia de entrar no edifício da Assembleia Nacional, onde os deputados aliados do Presidente, Nicolás Maduro, com alguns deputados da oposição, elegeram um novo presidente, Luís Parra, antigo elemento do partido Primeiro Justiça.

“Juro perante Deus e o povo da Venezuela que farei respeitar” a Constituição como “presidente do Parlamento e presidente interino”, declarou Guaidó depois de ter sido votado por cerca de cem deputados.

Na votação participaram muitos deputados perseguidos pela Justiça, no quadro do que a oposição qualifica de “perseguição política”. Votaram em Guaidó inclusivamente os membros do movimento 16 de Julho, opositores de Maduro, mas também habitualmente críticos de Guaidó.

Guaidó e muitos deputados da oposição não chegaram a entrar no Parlamento, onde se elegia Parra, porque ficaram horas retidos nos cordões de segurança da Polícia Nacional Bolivariana e da Guarda Nacional Bolivariana, nos arredores do Parlamento.

Depois de impedir a entrada de Guaidó na sede da Assembleia Nacional, um comandante da Polícia Nacional Bolivariana explicou que a ação se deveu a “garantir a ordem” na instituição.

 

A polícia ainda permitiu a sua passagem num primeiro controlo de segurança, mas bloqueou-o mais à frente, enquanto ia permitindo a passagem de alguns outros deputados. As autoridades justificaram o impedimento de entrada de vários deputados por não estarem “legalmente habilitados” para os seus cargos.

O Presidente da Venezuela disse aos jornalistas que o líder da oposição não participou na sessão porque não quis “dar a cara”. Maduro disse também que já se esperava desde novembro o que aconteceu este domingo, que qualificou como “uma rebelião dos próprios deputados”, porque “o país repudia Guaidó como títere do imperialismo norte-americano”.

Quanto à forte presença de polícias na Assembleia, o Presidente disse que a mesma não passou do dispositivo de segurança habitual do dia da eleição do presidente do Parlamento. “A mesma operação de segurança que se montou a cada 5 de janeiro desde há 20 anos até aos nossos dias”, garantiu.

Guaidó acusou Maduro de “procurar todas as formas para tentar impedir a reeleição de uma junta diretiva que tem a capacidade para mudar a Venezuela” e, com o gesto de enviar a polícia para impedir a sua entrada, “a ditadura revela-se, mais uma vez”.

Com o apoio da comunidade internacional, Guaidó tem pedido a Maduro para convocar eleições nacionais “livres e transparentes”, perante a recusa do Presidente eleito, que considera ilegítima a ação do líder da Assembleia Nacional.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Não tarda estão aqui uns esquerdistas a clamar que as ditaduras de Maduro, Estaline, Pol Pot, Kim Jong-un, Fidel Castro, Xí Jìnpíng, não são o verdadeiro comunismo porque este é uma coisa que ninguém conhece e nunca viu. Uma utopia qualquer que cristalizou nos fracos neurónios de muitos cegos que não veem, nem querem ver.

    • Não é preciso vir cá os “esquerdistas”; basta ter alguma cultura/educação para se perceber que nada disso é/foi o “verdadeiro” comunismo – que será mesmo uma utopia!!
      Misturar esses loucos todos só serve para baralhar os mais “distraídos”!..
      O Maduro é tão comunista que nem sequer é do Partido Comunista da Venezuela – que coitados, nas últimas eleições (2015) só elegeram 2 deputados para a Assembleia Nacional (em 167)!
      O chinoca Xi Jinping é tão comunista quanto eu!…

      • É só procurar um documentário sobre a vida de Xi Jinping (vale a pena, já agora) para se poder vê-lo a jurar fidelidade eterna ao Partido Comunista Chinês.
        O Maduro segue o seu ídolo Hugo Chávez na tentativa de aplicar o Socialismo do Século XXI, a ideologia seguida pelo Partido Socialista Unido da Venezuela. É uma espécie de neo-comunismo, anti-capitalista, autoritário, populista e militarista.
        Afirmar que o comunismo é uma utopia é contradizer a essência do marxismo que faz a apologia do comunismo científico por oposição ao mais antigo socialismo utópico.

  2. Simplesmente hilariante, o sr. Guiadó, o esquizofrénico que se auto-proclamou presidente da Venezuela contra o governo legítimo do Presidente Nicolás Maduro (eleito democraticamente pelos cidadãos Venezuelanos), tema agora a oposição que o apoiou a fazer-lhe oposição, relegando-o para segundo plano ao mesmo tempo que avalia de forma negativa todo o seu percurso de auto-proclamado.

    P.S.: O vídeo é partir o caco a rir; ao ponto a que se chega…

    • Quer convencer quem ????…………. Custa-lhe reconhecer uma Ditadura pura e dura ????……..Quem critica o N.Maduro na Venezuela, sabe o que o espera. A Pide e a Gestapo tem a sua semelhança na Venezuela !..54% de abstenção, sabe o que quer dizer ???? !

RESPONDER

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …