Grupo hoteleiro de sheik árabe deixa 500 trabalhadores sem salário em Portugal

O grupo hoteleiro de luxo JJW Hotels & Resorts, detido pelo sheik árabe Mohamed Bin Issa Al Jaber, deixou 500 trabalhadores sem salário em Portugal.

Em causa está o vencimento do mês de abril, detalha o Jornal de Negócios, que avança a notícia esta terça-feira e que ouviu alguns trabalhadores do grupo, bem como a diretora de recursos humanos da JJW Portugal e uma fonte oficial.

Pagaram o salário de março em duas prestações, de 270 e 410 euros, não pagaram o de abril e nunca mais nos disseram nada – se iríamos para lay-off, como seria? Nada. E os que estão a trabalhar, a fazer a manutenção das instalações, encontram-se na mesma situação. Muitos até já rescindiram o contrato. Sentimo-nos completamente ao abandono”, contou ao Jornal de Negócios um dos trabalhadores.

Por sua vez, a diretora de recursos humanos limitou-se a dizer: “Não tenho nada para lhe dizer sobre esse sentido. Não sou obrigada a responder-lhe”.

Fonte oficial do grupo confirmou ao Jornal Negócios que o vencimento de abril está em atrasado, mas deverá ser regularizado ainda esta semana.

“Toda a hotelaria fechou, pelo que os operadores não nos pagaram as estadias de fevereiro nem de março, o que criou problemas de tesouraria. Tivemos que recorrer ao acionista, que tem vindo a ‘chegar-se à frente’”, afirmou.

O mesmo jornal especializado detalha que este grupo hoteleiro detém cinco hotéis de luxo em Portugal: os hotéis de cinco estrelas Penina (em Alvor, Portimão) e Dona Filipa (em Vale do Lobo, Loulé), o Formosa Park (no Ancão) e os campos de golfe San Lorenzo e Pinheiros Altos, na Quinta do Lago (em Almancil, Loulé).

Al Jaber chegou a ser considerado pela revistas Forbes um dos homens mais ricos do mundo, tendo estado a a sua fortuna avaliada em 6,5 mil milhões de euros.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …