Greve de tripulantes da Ryanair ganha escala europeia

O último dia de greve na Ryanair, marcada para esta quarta-feira, vai contar com a presença de dirigentes sindicais de outros países – aquilo que poderá ser o primeiro passo para a realização de uma greve a nível europeu.

Segundo o Diário de Notícias, o sindicato português terá o apoio de dirigentes dos sindicatos de tripulantes de cabina de Espanha, Alemanha e Inglaterra no protesto marcado para esta quarta-feira para contestar a política laboral da Ryanair.

Os sindicalistas vão estar divididos pelos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro, três das quatro bases nacionais em que opera a companhia aérea irlandesa, e será o “primeiro passo” para a eventual realização de uma greve a nível europeu.

“Será o primeiro passo para dar início a uma greve a nível europeu“, afirmou ao jornal Bruno Fialho, da direção do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC). O responsável explica que as “situações vividas pelos tripulantes são semelhantes em toda a Europa” com relatos de “desrespeito pela legislação laboral” e “relatos assustadores” de represálias cometidas contra os trabalhadores.

“Não são questões financeiras que estão na base desta greve. É o desrespeito das regras laborais, a Ryanair aplica sanções a quem fica doente, não aceita as regras da parentalidade dos países. Tem de cumprir as normas obrigatórias para estar no país”, realça ao diário o dirigente do sindicato português.

De acordo com o DN, os sindicatos envolvidos na negociação são, além de Portugal, França, Alemanha, Espanha, Itália, Bélgica e Holanda. “Há um alto fator de possibilidade de o movimento se alargar a outros países no caso de a Ryanair exercer represálias contra os trabalhadores de outras bases que se recusaram a substituir os portugueses”, disse Antonio Escobar, do Sindicato Independente de Tripulantes de Cabina de Passageiros de Linhas Aéreas de Espanha.

Amanhã será o último dia do protesto em território nacional. Já foram cumpridos dois dias de greve intercalados, na passada quinta-feira e no domingo, o que levou ao cancelamento de mais de 40 voos. No entanto, a transportadora aérea conseguiu realizar sete voos com tripulação estrangeira recrutada de forma ilegal, acusa o SNPVAC.

Agora, os tripulantes de outros países já estão a “recusar fazer estes serviços na greve dos portugueses apesar da pressão e da chantagem da empresa”, refere Bruno Fialho.

A Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) já avançou com uma ação inspetiva para averiguar irregularidades relacionadas com o direito à greve dos tripulantes. Na Assembleia da República, já deu entrada um requerimento do Bloco de Esquerda para que sejam realizadas “audições, com carácter de urgência, dos representantes do conselho de administração da Ryanair em Portugal, dos representantes do SNPVAC e dos responsáveis da ACT, da ANA e da ANAC”. O PCP também já pediu explicações ao Governo.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Luanda Leaks. Mário Leite Silva renuncia à presidência do Banco de Fomento Angola

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), Mário Leite Silva, gestor de Isabel dos Santos, renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 22 de janeiro. A informação foi transmitida …

Tempestade “Glória” faz pelo menos nove mortos em Espanha

Pelo menos nove pessoas morreram e outras quatro estão dadas como desaparecidas em Espanha na sequência da passagem da tempestade “Glória”, intempérie que atinge o país desde o passado fim de semana. As autoridades confirmaram cinco …

Há um "milagre da multiplicação" dos votos que os deputados querem travar

Todos os partidos concordam: é preciso travar o "milagre da multiplicação" dos votos na Assembleia da República. Estabelecer regras objetivas para o fazer é o mais complicado. Os deputados começaram esta quarta-feira a discutir como “regrar” …

Pensões entre 877 e 2600 euros têm aumento mínimo de 6,14 euros

Os pensionistas que ganham entre 877,6 e os 2558 euros brutos por mês vão ter aumentos acima dos 0,24% que inicialmente se calculou com base na taxa de inflação (sem habitação) apurada até novembro do …

PCP quer travar "ameaça de despejos" no final deste ano

O PCP entregou uma proposta de alteração ao Orçamento do estado para 2020 para manter congeladas as rendas antigas, quando os locatários tenham um rendimento inferior a cinco salários mínimos nacionais. O PCP quer manter congeladas …

CDS/Congresso: Carlos Meira disponível para acordo que vença João Almeida

Carlos Meira, candidato à liderança do CDS-PP, admite estar disponível para se unir a Filipe Lobo d'Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos para vencer João Almeida e lutar "contra o sistema". Carlos Meira, militante de Viana …

Manuais gratuitos também no privado e no cooperativo. Iniciativa Liberal quer igualdade na Educação

O Iniciativa Liberal (IL) propôs uma alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na área da educação, que passa por fornecer manuais escolares gratuitos a todos os alunos da escolaridade obrigatória, quer frequentem o ensino …

Bezos lembra que Governo saudita assassinou um jornalista. ONU pede investigação a pirataria

Dois peritos das Nações Unidas dizem que Mohammed Bin Salman acedeu a informações pessoais de Jeff Bezos para tentar influenciar cobertura do The Washington Post sobre a Arábia Saudita. Depois de uma investigação do The Guardian …

MAI abre inquérito à "atuação policial" no caso da mulher alegadamente agredida por agente da PSP

O Ministério da Administração Interna (MAI) já abriu um inquérito à "atuação policial" no caso da mulher alegadamente agredida por um agente da PSP, na Amadora, de maneira a apurar responsabilidades. "O Ministro da Administração Interna …

Ronaldo volta a marcar e Sarri só tem de agradecer a Dolores por criar um espécime assim

Cristiano Ronaldo leva quatro jogos consecutivos a marcar e mais de 30 golos esta temporada, entre clube e seleção. Sarri disse que o mérito é de Dolores, "por criar uma espécime assim". A Juventus derrotou, esta …