Junho complicado para andar de comboio: greve na CP durante 28 dias seguidos

1

Nelso Silva / Flickr

Entre os dias 3 e 30 de Junho, a empresa prevê perturbações “em todos os serviços”. Objectivo é melhorar salários e condições de trabalho.

Vem aí um mês complicado para quem utiliza comboios nas suas deslocações diárias: greve na CP durante 28 dias seguidos, em Junho.

A CP – Comboios de Portugal comunicou que vai haver greve entre os dias 3 e 30 de Junho.

Durante esse período, a empresa prevê possíveis perturbações “em todos os serviços”, ou seja, prováveis atrasos e supressões de comboios.

A CP lamenta os “incómodos causados” e acrescenta que os clientes que já tenham comprado bilhetes para viagens nesse período podem pedir o valor total do ingresso (ou revalidação, para outra data) até ao dia 10 de Julho.

Em Maio já tinha havido uma paralisação geral no dia 16, seguida por duas greves parciais em Lisboa e Porto, nos dias 23 e 27 de Maio.

Após a greve no dia 16, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações explicou que os trabalhadores quem ver os seus salários aumentados – subida mínima de 90 euros para todos os trabalhadores.

Apelam também à contratação colectiva, à passagem a efectivos dos trabalhadores com contrato a termo certo e a admissão de trabalhadores.

Na mesma altura, foi entregue um pré-aviso de greve, precisamente esta que vai começar na próxima sexta-feira.

A próxima greve será centrada nos trabalhos: extraordinário, em feriados, em dia de descanso semanal, trabalho com falta de repouso e também ao trabalho a partir da oitava hora de serviço.

Na próxima semana, no dia 7 de Junho, vai haver uma acção de rua, na qual será entregue um protesto no Palacete de São Bento, residência oficial do primeiro-ministro António Costa, contra a proposta de aumento de salários de apenas 0,9%, “quando estamos confrontados com uma inflação de 7,2%”.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

1 Comment

  1. Não faz mal porque entretanto vai tudo ficar em casa confinado e portanto ninguém precisará de andar de comboio.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.