Grécia quer de volta 1,2 mil milhões que devolveu “indevidamente”

linkeimep / Flickr

Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

O Governo grego quer recuperar 1,2 mil milhões de euros que considera ter devolvido indevidamente ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira e o presidente do Eurogrupo pediu às entidades envolvidas para analisarem rapidamente o pedido, indicou hoje o fundo.

O novo Governo grego, que tomou posse no final de Janeiro, devolveu ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira, no fim de Fevereiro, 10,9 mil milhões de euros destinados à recapitalização dos bancos gregos que não tinham sido utilizados.

O FEEF canalizou 48,2 mil milhões de euros para o Fundo Helénico de Estabilização Financeira destinados à recapitalização da banca. Os bancos gregos utilizaram 37,3 mil milhões e foram depois devolvidos 10,9 mil milhões.

Mas, segundo fonte próxima do dossiê citada pela AFP, aparentemente 1,2 mil milhões desse montante eram provenientes das próprias reservas de tesouraria do fundo helénico e não do pacote de ajuda europeia.

O Governo liderado por Alexis Tsipras indica que não estava ao corrente desta situação e reclama agora a devolução da quantia em causa, que seria um balão de oxigénio para as finanças gregas, numa altura em que o país tem de pagar 15,5 mil milhões de euros aos credores entre Março e Agosto.

“O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, pediu ao FEEF para analisar o problema e ao presidente do Euro Working Group (um grupo a nível de peritos) para resolver a questão rapidamente”, indicou em comunicado um porta-voz do FEEF.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Hesitação anedótica dos deputados do PSD Madeira terá sido motivada por pressões de Rui Rio

O momento anedótico protagonizado pelos deputados do PSD Madeira, no Parlamento, aquando do chumbo às transferências de mais dinheiro para o Novo Banco, terá sido motivado por pressões de Rui Rio sobre o presidente do …

Estudo prevê menos de 2 mil novos casos diários no Natal

No Natal, Portugal deverá registar menos de dois mil novos casos diários de covid-19, segundo uma projeção da Faculdade de Ciência da Universidade de Lisboa divulgada hoje. Neste momento regista-se uma redução de 2,7% de novos …

A brilhar na seleção e sem lugar no Sporting, Plata é pretendido pelo Leicester

Depois de somar um par de boas exibições ao serviço da seleção equatoriana, Gonzalo Plata está a ser sondado pelo Leicester. O jovem de 20 anos não tem sido opção no Sporting. Gonzalo Plata tem atraído …

"É impensável um relaxamento". Entre novas medidas, Itália impõe quarentena a turistas nacionais e estrangeiros no Natal

O governo de Itália aprovou a quarentena obrigatória para cidadãos italianos que estejam no estrangeiro entre 21 de dezembro e 6 de janeiro e regressem ao país e para turistas, para prevenir uma "terceira vaga" …

Esta à porta mais um fim de semana de restrições. Concelhos “fecham” a partir das 23h

Entre as 23h00 desta sexta-feira e as 23h59 de terça-feira estão proibidas as deslocações para fora do concelho de residência habitual, salvo algumas exceções previstas na lei. Nesta sexta-feira, o Parlamento prepara-se para dar “luz verde” …

Lucas Veríssimo tem dado dores de cabeça ao Benfica, mas "poderá sair de graça em janeiro"

O presidente do Santos, Orlando Rollo, avisa que há o sério risco de Lucas Veríssimo sair a custo zero já em janeiro. O SL Benfica está ainda a estudar a sua contratação. O negócio de Lucas …

Tabelas do IRS podem significar aumento do salário mínimo até 685 euros

A divulgação das novas tabelas de retenção na fonte de IRS sugere que o salário mínimo nacional possa aumentar até aos 685 euros. O valor a partir do qual salários e pensões passam a descontar IRS …

Arquipélago na "Atlântida britânica" sobreviveu a tsunami há 8 mil anos

Cientistas acreditam que uma parte de Doggerland, uma antiga civilização conhecida como a "Atlântida britânica", tenha sobrevivido ao tsunami que inundou a região há 8 mil anos. Doggerland foi uma civilização antiga no Mar do Norte, …

Plano de vacinação pode prolongar-se até março de 2022. Normalidade pode regressar já no próximo verão

Portugal vai receber 22,8 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 que chegam para imunizar toda a população, mas o processo vai decorrer em três fases, a última das quais poderá prolongar-se até ao …

Partidos concordam com o alívio no Natal (mas plano de vacinação não satisfaz Marcelo)

Com o voto favorável do PSD assegurado, o Parlamento vai aprovar, esta sexta-feira, o decreto presidencial com a segunda renovação do estado de emergência desta segunda fase da pandemia. Depois da reunião no Infarmed, Marcelo Rebelo …