Grécia cumpre compromissos de Bruxelas e abre caminho para alívio da dívida

Bruxelas anunciou, esta quarta-feira, que a Grécia empreendeu as ações necessárias para cumprir os compromissos de reformas assumidos. O Eurogrupo decide, esta sexta-feira, em relação à implementação de medidas de alívio da dívida grega.

Em comunicado, a Comissão Europeia esclarece que atualizou as conclusões da segunda missão de supervisão reforçada à Grécia, detalhando “o progresso na implementação dos compromissos políticos desde a publicação do relatório em 27 de fevereiro”, que reportava “um número de reformas ainda pendentes”.

“Tendo em conta os desenvolvimentos desde então, a atualização de hoje concluiu que a Grécia já empreendeu as ações necessárias para cumprir todos os compromissos específicos de reformas esperados para o final de 2018″, nota o executivo comunitário.

Destaca-se ainda que esta versão revista das conclusões da segunda missão de supervisão reforçada àquele país servirá de base para o Eurogrupo debater sobre “a primeira tranche de medidas de alívio da dívida“.

Os ministros das Finanças da zona euro decidiram a 11 de março adiar para a reunião informal de sexta-feira, em Bucareste, a decisão sobre a implementação de medidas de alívio da dívida da Grécia.

Inicialmente, a Comissão Europeia esperava que a Grécia colocasse em prática as 16 reformas setoriais, acordadas com os seus credores, até 11 de março, de modo a desembolsar uma verba de mil milhões de euros para aliviar a dívida do país.

Na atualização desta quarta-feira, o executivo comunitário especifica que o Governo grego providenciou “atualizações importantes nas medidas para apoiar a resolução para o crédito malparado e a estabilidade do setor bancário” e adotou uma legislação para assegurar a proteção das residências principais. Estas eram as duas reformas por cumprir que mais preocupavam Bruxelas.

“O relatório nota que as autoridades gregas devem continuar a assegurar a implementação contínua das reformas acordadas, conforme os compromissos assumidos no Eurogrupo de junho de 2018″, concluiu o comunicado da Comissão.

A Grécia, o país europeu mais atingido pela crise económica e financeira, foi o primeiro e último a pedir assistência financeira — e o único “reincidente”. A conclusão do seu terceiro programa assinalou também o fim do ciclo de resgates a países do euro iniciado em 2010, e que abrangeu igualmente Portugal (2011-2014), Irlanda, Espanha e Chipre.

Face às características únicas da tripla assistência prestada ao país e às fragilidades que a sua economia ainda revelava, a Grécia foi e será alvo de uma “vigilância pós-programa reforçada”. O país terá missões de três em três meses, para garantir que Atenas prossegue para uma “política orçamental prudente“.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …