Grécia cumpre compromissos de Bruxelas e abre caminho para alívio da dívida

Bruxelas anunciou, esta quarta-feira, que a Grécia empreendeu as ações necessárias para cumprir os compromissos de reformas assumidos. O Eurogrupo decide, esta sexta-feira, em relação à implementação de medidas de alívio da dívida grega.

Em comunicado, a Comissão Europeia esclarece que atualizou as conclusões da segunda missão de supervisão reforçada à Grécia, detalhando “o progresso na implementação dos compromissos políticos desde a publicação do relatório em 27 de fevereiro”, que reportava “um número de reformas ainda pendentes”.

“Tendo em conta os desenvolvimentos desde então, a atualização de hoje concluiu que a Grécia já empreendeu as ações necessárias para cumprir todos os compromissos específicos de reformas esperados para o final de 2018″, nota o executivo comunitário.

Destaca-se ainda que esta versão revista das conclusões da segunda missão de supervisão reforçada àquele país servirá de base para o Eurogrupo debater sobre “a primeira tranche de medidas de alívio da dívida“.

Os ministros das Finanças da zona euro decidiram a 11 de março adiar para a reunião informal de sexta-feira, em Bucareste, a decisão sobre a implementação de medidas de alívio da dívida da Grécia.

Inicialmente, a Comissão Europeia esperava que a Grécia colocasse em prática as 16 reformas setoriais, acordadas com os seus credores, até 11 de março, de modo a desembolsar uma verba de mil milhões de euros para aliviar a dívida do país.

Na atualização desta quarta-feira, o executivo comunitário especifica que o Governo grego providenciou “atualizações importantes nas medidas para apoiar a resolução para o crédito malparado e a estabilidade do setor bancário” e adotou uma legislação para assegurar a proteção das residências principais. Estas eram as duas reformas por cumprir que mais preocupavam Bruxelas.

“O relatório nota que as autoridades gregas devem continuar a assegurar a implementação contínua das reformas acordadas, conforme os compromissos assumidos no Eurogrupo de junho de 2018″, concluiu o comunicado da Comissão.

A Grécia, o país europeu mais atingido pela crise económica e financeira, foi o primeiro e último a pedir assistência financeira — e o único “reincidente”. A conclusão do seu terceiro programa assinalou também o fim do ciclo de resgates a países do euro iniciado em 2010, e que abrangeu igualmente Portugal (2011-2014), Irlanda, Espanha e Chipre.

Face às características únicas da tripla assistência prestada ao país e às fragilidades que a sua economia ainda revelava, a Grécia foi e será alvo de uma “vigilância pós-programa reforçada”. O país terá missões de três em três meses, para garantir que Atenas prossegue para uma “política orçamental prudente“.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Meteoritos desconhecidos podem estar a "bombardear" a atmosfera da Terra à velocidade da luz

Não é segredo que a Terra ocasionalmente recebe rochas do Espaço que explodem na atmosfera ou causam impacto na superfície. A Terra também vê chuvas de meteoros regularmente sempre que passa por nuvens de detritos …

Descoberto o ingrediente secreto para desenvolver um escudo contra radiação espacial mortal

Investigadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte desenvolveram uma nova técnica para proteger eletrónicos da tecnologia de exploração militar e espacial da radiação ionizante. A nova abordagem é mais económica do que as técnicas …

Guardas e familiares das vítimas pediram clemência. Mas Nicholas Sutton foi executado

O norte-americano foi executado, esta quinta-feira, no Tennessee, devido ao assassinato de quatro pessoas, apesar de alguns pedidos de clemência por parte de guardas prisionais e familiares das vítimas. De acordo com a CNN, Nicholas Sutton, …

O primeiro drone acrobático tripulado de sempre é testado a fazer piruetas

Um novo vídeo mostra que o "Big Drone", da Drone Champions AG, é capaz de fazer acrobacias alucinantes com um passageiro dentro. A tecnologia dos drones melhora de vento em popa com o passar dos anos …

Fenómeno extremo ameaça corais na Grande Barreira na Austrália. E já matou quase metade

A Grande Barreira de Coral da Austrália pode estar a enfrentar a terceira "descoloração" no espaço de cinco anos, fenómeno provocado por um aumento da temperatura das águas do mar. Como avançou o Expresso, este fenómeno …

Trump critica cerimónia dos Óscares, "Parasitas" e Brad Pitt

O Presidente norte-americano criticou a cerimónia dos Óscares, esta quinta-feira, nomeadamente a atribuição do prémio de Melhor Filme para o sul-coreano "Parasitas" e ainda o ator Brad Pitt. Na noite desta quinta-feira, num comício em Colorado …

Paris lança número de emergência para fazer frente à crise de percevejos

O Governo francês lançou uma campanha, esta quinta-feira, para fazer frente à crise de percevejos que se instalou em Paris. Segundo a agência France-Press, citada pelo The Guardian, casas e hotéis da capital francesa estão a …

"Radical chique" e "ressentido". Filho de Paulo Branco pode ter sido o pivot do escândalo sexual em França

Juan Branco, o filho do produtor de cinema Paulo Branco, é o homem do momento em França. O advogado de 30 anos saltou para as luzes dos média no âmbito da divulgação do vídeo sexual …

Alcochete. "Se Mustafá estivesse lá aquilo não tinha acontecido"

O arguido Emanuel Calças disse, esta sexta-feira, em tribunal que, se Mustafá estivesse com o grupo que invadiu a academia do Sporting, "aquilo não tinha acontecido". "Tenho a certeza de que se o Mustafá estivesse presente …

Coronavírus ameaça o têxtil português (mas também é uma "oportunidade")

O sector têxtil nacional está ameaçado e pode parar a produção já em Março. Tudo devido à falta de matéria-prima que vem da China e que se deve à epidemia do novo coronavírus. A "situação …