Governo vai alargar rede profissionalizada de bombeiros a todo o país

O Governo vai alargar a todo o país a rede de equipas de intervenção permanente, para reforçar a resposta rápida aos incêndios, afirmou o ministro da Administração Interna, garantindo que não vai extinguir qualquer corpo de bombeiros.

“Não vai ser extinto nenhum corpo de bombeiros. Se há experiência em Portugal que devemos homenagear e permanentemente valorizar é a do voluntariado em mais de 450 associações humanitárias”, disse hoje Eduardo Cabrita, à margem de uma inauguração no Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Referindo-se a uma notícia de hoje do jornal Público, segundo a qual o Governo vai avançar com a profissionalização dos bombeiros em todos os concelhos do país, o ministro adiantou que o que está em causa nesta decisão, do conselho de ministros de 21 de outubro, é “o reforço de uma componente profissional” no voluntariado.

A ideia do Governo, salientou o ministro, é de “alargar a todo o país a rede – já hoje existente – de equipas de intervenção permanente”, que têm um “caráter profissional” e já estão “baseadas nas corporações de bombeiros voluntários, permitindo uma intervenção rápida, uma resposta imediata”.

“[Isto] porque, diz-nos também todo o conhecimento adquirido, o que é decisivo na resposta a um incêndio – quer um incêndio em torno de uma povoação, quer um incêndio florestal – é a primeira hora e meia de resposta“, explicou Eduardo Cabrita.

Estas equipas de intervenção permanente deverão articular-se “com os grupos intervenção, proteção e socorro da GNR e com a força especial de bombeiros da Autoridade Nacional de Proteção Civil”.

“Conjugadamente [terão de] reforçar essa resposta imediata na tal hora e meia decisiva, para que um pequeno incêndio não venha a tornar-se num grande incêndio“, realçou.

De acordo com jornal Público, “a opção do Governo será a de criar uma estrutura de núcleos de bombeiros profissionalizados em todos os municípios, dando prioridade às autarquias onde há mais risco de potenciais incêndios”.

Um responsável do Governo, citado pelo jornal, disse que “o património das associações humanitárias de bombeiros e o voluntariado não se pode perder, são nove mil voluntários, uma massa humana que mais nenhum país tem e que não pode ser ignorada nem desperdiçada”.

O mesmo responsável classificou como “um absurdo” a ideia de “criar um novo corpo de bombeiros do Estado”, mas afirmou que “o que não pode continuar a existir é corpos aparentemente profissionalizados, que são pagos pelo Estado para estarem um número de horas nos quartéis, mas depois não têm capacidade de dar resposta nem têm formação como a que deve ser exigida”.

As centenas de incêndios que deflagraram no dia 15 de outubro, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves. Os fogos obrigaram a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas, sobretudo nas regiões Norte e Centro.

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande, em junho deste ano, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou, segundo a contabilização oficial, 64 mortos e mais de 250 feridos. Registou-se ainda a morte de uma mulher que foi atropelada quando fugia deste fogo.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …