Governo sírio novamente acusado de ataques químicos em Aleppo

A cidade síria de Aleppo

A cidade síria de Aleppo

Voluntários e ativistas sírios acusam novamente as forças de Bashar al-Assad de terem usado bombas com cloro contra a cidade de Aleppo.

O Governo sírio está a ser novamente acusado de ter levado a cabo vários ataques químicos na cidade de Aleppo, avança o The Guardian.

A denúncia foi feita por ativistas e voluntários de equipas de resgate que afirmam que, na passada terça-feira, aviões do exército lançaram bombas com cloro no bairro de Sukkari.

Ainda não é claro como é que estas equipas determinaram a presença do cloro mas a denúncia revela a existência de pelo menos 80 feridos.

Segundo o jornal britânico, um relatório médico de um dos hospitais da zona ocupada por rebeldes na cidade síria foi partilhado com os jornalistas.

No documento pode ler-se que as 71 pessoas feridas, nas quais se incluem 37 crianças e dez mulheres, foram assistidas por estarem com dificuldades em respirar e tosse seca.

O relatório revela ainda que as roupas dos civis cheiravam a cloro e que dez pessoas estão em estado crítico, incluindo uma mulher grávida.

Ibrahem Alhaj, um dos membros da equipa de voluntários Defesa Civil Síria, disse que ao chegar ao local no dia do ataque viu quatro cilindros de cloro que um dos helicópteros tinha largado.

“A maior parte dos feridos são mulheres e crianças. Era um bairro com muitos habitantes”, explicou à Associated Press numa entrevista por telefone, citado pelo The Guardian.

A troca de acusações entre as forças sírias e os rebeldes sobre o uso de cloro e de outros gases tóxicos durante os ataques não é nova e os dois lados negam utilizar esse tipo de arma.

No entanto, a confirmar-se o ataque desta terça-feira, esta será a terceira vez que as forças de Bashar al-Assad usam este gás contra a cidade de Aleppo, de acordo com uma investigação recente.

O presidente sírio, auxiliado pela Rússia, nega essas acusações e afirma que os rebeldes é que têm usado esse gás tóxico que, em grandes quantidades, pode ser fatal para a saúde.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Caro Alex,
      Sem prejuízo de a notícia ser baseada numa fonte conceituada (o jornal britânico The Guardian) devidamente citada no texto, quer fazer o favor de nos elucidar de que lado (errado) é que o ZAP está, e qual é exactamente o lado certo desta questão?

  1. Caro ZAP.
    Como eu posso elucidar um agregador de noticias que se limitas repetir noticias dos outros, sem verificar veracidade? E se para ZAP fonte conceituada e jornal britânico The Guardian, para muitos outros- não e. Na minha opinião lado certo e imparcialidade de noticia (que antigamente e regra base de jornalismo).

    • Caro Alex,
      Imparcialidade não é dizer que quente é morno e preto é cinza.
      Imparcialidade é dizer que quente é quente, e depois dizer também quando o frio é frio. E que preto é preto, e branco é branco.
      E, agregador ou não, o ZAP dá as notícias quentes e as frias, as notícias pretas e as brancas.
      Os nossos leitores têm todo o direito de apenas ler as notícias pretas. O que é intolerável é ideia de que temos que escrever só notícias pretas – e transformar as brancas em cinza, ou não as escrever de todo.

RESPONDER

A tinta mais branca do mundo ajuda a poupar energia nas casas - e pode eliminar de vez o ar condicionado

Uma equipa de investigadores da Universidade de Purdue desenvolveu uma tinta tão branca que revestir um prédio com ela pode reduzir, ou até mesmo eliminar, a necessidade de ter ar condicionado. Depois de testar mais de …

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …