Governo não intervém nos juros da Caixa Geral de Depósitos

Miguel A. Lopes / Lusa

Além de ter esmagado os juros nos depósitos, a Caixa Geral de Depósitos vai deixar de pagar esta remuneração quando ficar abaixo de 1 euro.

A barreira não é comum na banca nacional. As instituições concorrentes do banco público dizem que não praticam aquele limite. O Governo, por seu lado, recusa-se a intervir. A administração é que decide. Ainda assim, defende que o panorama europeu traz limitações.

“No quadro da missão atribuída pelo Governo à CGD, cumpre à administração definir e implementar as medidas concretas de execução do plano estratégico, incluindo no que respeita à atualização das taxas de juros dos depósitos a prazo”, assume a assessoria de imprensa do Ministério das Finanças, de acordo com o Expresso.

O banco presidido por Paulo Macedo anunciou que, a partir de agosto, iria cortar em pelo menos 70% a taxa anual nominal bruta nos depósitos poupança. Além disso, decidiu que “não serão pagos juros sempre que o valor ilíquido dos juros calculados seja inferior a 1 euro” nos depósitos a prazo e poupança.

Esta alteração no pagamento dos juros leva a que os depósitos tenham um valor superior a 6.666 euros para que haja pagamento de um juro semestral. Segundo o ECO, a redução dos juros já seria esperada, tendo em conta que também o Banco Central Europeu mostrou disponibilidade para baixar ainda mais as taxas de forma a promover o crescimento económico.

O gabinete de Mário Centeno sublinha que há um enquadramento que justifica a limitação dos juros. “No atual contexto de taxas de juro negativas, a remuneração de depósitos e poupanças pelo sector bancário está sujeita a constrangimentos adicionais”.

O Banco Central Europeu tem a taxa diretora em zero e a taxa de depósitos é de -0,40%. Há novas indicações vindas de Mario Draghi sobre a política monetária mais flexível, o que pode indiciar novas medidas de redução de juros dos depósitos.

De acordo com o mesmo jornal, os bancos têm cortado em força nas remunerações dos depósitos, num esforço para equilibrar a margem financeira, empurrando também os clientes para produtos menos penalizadores, como fundos, planos poupança reforma ou seguros financeiros.

A postura do Executivo em relação aos juros nos depósitos não é muito diferente do que aconteceu em relação ao fecho dos balcões. “O Governo não interveio nem intervirá porque temos o entendimento de respeitar a autonomia de gestão das empresas do Estado limitando a intervenção à intervenção estratégica e confiando na administração a sua execução”, disse António Costa em junho de 2018.

A mais recente decisão da CGD de impor um limite mínimo abaixo do qual não paga juros não é comum: BCP, BPI, Novo Banco, Montepio e Crédito Agrícola não aplicam qualquer patamar. O que é comum é que a remuneração mais habitual oscila entre os 0% e os 0,15%. As contas à ordem estão praticamente todas em zero no que diz respeito ao rendimento gerado. Os depósitos em moeda estrangeira são os que mais rendem.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Eis o primeiro enxame de (pequenos) buracos negros num aglomerado globular

Uma equipa de cientistas, que esperava encontrar um buraco negro de massa intermédia no coração do aglomerado globular NGC 6397, encontrou, em vez disso, evidências de uma concentração de buracos negros mais pequenos. Por vezes, na ciência, …

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …