CGD vai fechar mais 70 balcões no Porto e Lisboa

A Caixa Geral de Depósitos vai fechar mais 70 agências, a maioria até ao final do mês. A maior parte dos encerramentos vai dar-se nos grandes centros urbanos, com destaque para a Grande Lisboa e Grande Porto. 

Segundo noticia o Observador, o banco revelou continuar a onda de encerramentos de balcões através de um comunicado, sem avançar mais detalhes sobres os locais de encerramento.

Segundo adianta a agência Lusa, entre as agências da CGD que irão fechar estão Darque (Viana do Castelo), Grijó e Arcozelo (Gaia), Pedras Salgadas (Vila Pouca de Aguiar), Prior Velho (Loures), Alhandra (Vila Franca de Xira), Abraveses e Rua Formosa (Viseu) e Louriçal (Pombal).

Para compensar os “naturais transtornos”, a CGD vai oferecer um cartão de débito durante um ano  para utilizar nas áreas automáticas e ATMs existentes em todo o território nacional e internacional.

Paulo Macedo, presidente da CGD, explicou no comunicado que este encerramentos cumprem a meta de redução de cerca de 25% do número de agências negociada com a Comissão Europeia até ao final de 2020. Assegura ainda que vai manter os níveis de serviço aos clientes, designadamente via rede de ATM e ATS, e com um reforço dos serviços digitais.

O banco explica ainda que as agências que vão fechar “foram objeto de análise, e além da sua atividade e resultado económico, foram tidas em consideração questões como acessibilidade a outras agências da CGD e a mobilidade da população“.

A preferência por fechar balcões nas grandes cidades resulta também da constatação de que a apetência pelos serviços da banca online é maior nos meios urbanos.

A Caixa recorda ainda “que o número de agências bancárias em Portugal se reduziu em 30% ou 1901, desde 2011, e em Espanha o recuo foi de 11.649, no mesmo período”. Apesar desta redução, a CGD relembra que “Portugal continua a ser um dos países europeus com mais balcões per capita”.

Com o encerramento destes 70 balcões, a CGD terá ainda de fechar mais 43 balcões nos próximos dois anos. A Caixa tinha 587 agências em 2017, ano em que fechou 67 balcões, e no final deste este ano ficará com cerca de 515.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Deus?!
      Será que ele percebe alguma coisa da banca?!
      Podia dar uma ajuda na CGD…
      Mas, a julgar pelo exemplo das burlas do banco do Vaticano, deus nem o dinheiro “sagrado” (que “roubam” em nome dele) ajuda a gerir, quanto mais…

  1. Este senhor Paulo Macedo, devia ser considerado Inimigo Nacional.

    Um processo no Tribunal dos Direitos do homem era pouco, por aquilo que fez enquanto responsável máximo pela saúde no nosso pais.

    Foram cometidos imensos crimes contra a humanidade nesse período, em várias unidades hospitalares do nosso pais.

    Um dos 100 piores Portugueses de Sempre!

  2. Toda a gente sabe, ou devia saber, porque razão o banco do Estado, que sempre deu lucro, chegou a este descalabro. Agora atiram as culpas para cima deste gajo que tem que limpar a porcaria que muitos fizeram antes dele. Sim, esses que não passavam de tesoureiros (caixas) e chegaram a administradores. A canalha política que se abotoou e deixou abotoar os seus amigos. Os créditos como o de Vale de Lobo. E muitos que nem se sabe a quem foram concedidos porque eles não querem que se saiba. Depois deste descalabro todo alguns ainda têm a lata e o descaramento de culpar os que lá estão agora, como se tudo se devesse a eles.

RESPONDER

Bastonária dos Enfermeiros aumentou salários na Ordem à "socapa" (e com retroativos)

A Bastonária dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, está a ser acusada por antigos responsáveis da Ordem e outros profissionais de saúde de aprovado “à socapa” um subsídio de função, que a beneficia financeiramente, bem como …

Bancos emprestaram 47 milhões por dia às famílias

Os bancos emprestaram, em média, 47 milhões por dia desde janeiro. Os créditos concedidos para compra de casa e bens de consumo continuam a subir. Só no mês de junho, foram emprestados mil milhões para crédito …

Glisofato encontrado em cereais de criança

O herbicida glisofato, que causou cancro a um jardineiro, foi encontrado em 43 dos 45 cereais à base de aveia e barras de snack numa amostra recolhida nos Estados Unidos. O glisofato é um herbicida muito …

Funcionários da Google em protesto contra motor de busca censurado para a China

Mais de mil funcionários do gigante da Internet Google assinaram uma petição em protesto contra o plano secreto da empresa para criar um motor de busca que vai cumprir com as exigências da censura chinesa. O …

Pasteleiro que recusou fazer bolo de casamento homossexual volta a tribunal

Jack Phillips avançou com uma ação em tribunal contra o estado, alegando discriminação religiosa. Em causa está o facto de a Comissão de Direitos Civis do Colorado ter deliberado contra o pasteleiro, depois de este …

Em 2017, só 387 funcionários públicos esperaram pelos 70 anos para se reformar

No ano passado, só 387 funcionários públicos esperaram pelos 70 anos para se aposentarem. Este valor representa 3.1% de todas as novas pensões concedidas em 2017 pela Caixa Geral de Aposentações. As categorias profissionais mais altas …

Costa preocupado com aumento de risco de incêndio no interior norte do país

O primeiro-ministro manifestou-se preocupado com as previsões meteorológicas que indiciam um aumento do risco de incêndio a partir de sexta-feira. António Costa relembrou ainda os comportamentos que devem ser evitado no fim-de-semana. “As previsões podem implicar …

Pode ter sido encontrada a solução para comer sem engordar

Uma equipa de investigadores pode ter descoberto como resolver o problema da obesidade, e como comer sem engordar. Eles conseguiram bloquear a absorção de gordura por parte do corpo, mas, para já, só em ratos. Esta …

Nova moeda na Venezuela obriga banca a paralisar serviços eletrónicos por 24 horas

A reconversão monetária vai obrigar a banca venezuelana a paralisar o serviço eletrónico durante 24 horas, a partir das 18h00 horas locais de domingo (22h30 horas em Lisboa), anunciou o ministro venezuelano do Interior, Justiça …

Governo italiano admite ser "inevitável" que número de mortos em Génova aumente

O Governo de Itália admitiu nesta quinta-feira que será "inevitável" que o número de mortos na sequência da queda de uma ponte na terça-feira em Génova aumente à medida que os trabalhos de resgate prosseguem …