Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

Miguel Candela / EPA

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar os manifestantes no domingo.

A chefe do Governo, Carrie Lam, e o chefe de polícia visitaram a mesquita de Kowloon para pedirem desculpas aos líderes da comunidade muçulmana, disseram aos jornalistas os responsáveis religiosos.

A nossa mesquita não está danificada. (…) A única coisa é que eles não deveriam ter feito isso. Eles pediram desculpas pelo sucedido e nós aceitámos”, disse o secretário honorário do Fundo da Comunidade Islâmica de Hong Kong, Saeed Uddin.

Durante o protesto de domingo, uma viatura da polícia pulverizou com água tingida de azul algumas pessoas que se encontravam em pé à frente do portão da mesquita. A emissora local RTHK informou que as pessoas fora da mesquita estavam no local para a proteger.

As autoridades de Hong Kong esforçaram-se para minimizar as consequências do incidente, que os manifestantes usaram como o exemplo mais recente do que apelidam de táticas policiais desproporcionadas.

A polícia usou o canhão de água, gás lacrimogéneo e gás pimenta para combater os manifestantes que permaneceram nas ruas no final de uma manifestação não autorizada, durante a qual se exigiram reformas políticas e um inquérito independente à atuação policial.

Hong Kong é o lar de mais de 300 mil muçulmanos, segundo o Fundo da Comunidade Islâmica, que administra as cinco mesquitas e dois cemitérios da cidade.

A polícia disse no domingo que a pulverização da mesquita foi um acidente e enviou representantes para se encontrarem com os líderes da mesquita. “É lamentável que a operação de dispersão tenha causado um impacto não intencional na mesquita de Kowloon”, escreveu a polícia na sua página na rede social Facebook.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Pensão na Hora". Dez mil portugueses pediram reforma aprovada em 24 horas

A Segurança Social já recebeu dez mil pedidos de reforma através do "Pensão na Hora", mas só 14% foram deferidos automaticamente 24 horas depois. A ferramenta digital "Pensão na Hora" está disponível há cerca de quatro …

Depois da nega de Costa, associações da Cultura foram recebidas por Marcelo

O Presidente da República reuniu-se, esta terça-feira, com representantes das associações e promotores de espetáculos, que expressaram as dificuldades que o setor atravessa, como a obrigatoriedade de testagem para a realização de eventos. "Estivemos em Belém …

Portugal regista três mortes e o maior número de casos desde fevereiro

Portugal registou nas últimas 24 horas três mortes associadas à covid-19, 1.497 novos casos de infeções confirmadas - o maior número desde 24 de fevereiro - e uma diminuição nos internamentos em enfermaria e cuidados …

PAN quer proibir animais de companhia acorrentados e em varandas

O PAN quer proibir os donos de animais de companhia de os acorrentarem permanentemente ou os colocarem em varandas por largos períodos de tempo, através de um projeto de lei entregue hoje na Assembleia da …

IGAI abre processo ao protesto do Movimento Zero. Manifestante fez a saudação fascista

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) anunciou, esta terça-feira, que abriu um processo administrativo à manifestação dos elementos das forças de segurança que pertencem ao Movimento Zero, tendo pedido informações à Polícia de Segurança Pública …

Iniciativa Liberal garante que sardinhada de S. João é um “jantar como outro qualquer”

O evento foi divulgado ontem no Facebook mas acabou por ser retirado ao fim da tarde da página do partido para não gerar “más interpretações”. Ao contrário do “Arraial Liberal”, que se realizou em Lisboa, …

Membros do comando saudita que assassinou Khashoggi foram treinados nos EUA

Os quatro membros do comando que matou o jornalista saudita Jamal Khashoggi, em 2018, terão recebido formação paramilitar nos Estados Unidos. O jornal norte-americano The New York Times noticiou, na terça-feira, que quatro membros do comando …

Homem de etnia cigana morre após polícia pressionar joelho no seu pescoço. Caso já é comparado ao de Floyd

O caso ocorreu na República Checa. Um homem de etnia cigana morreu depois de um polícia ter pressionado o joelho sobre o seu pescoço durante vários minutos. A vítima, Stanislav, de 40 anos, viria a …

Relatório dos Sistemas de Saúde arrasa gestão da pandemia

O Relatório de Primavera 2021, do Observatório Português dos Sistemas de Saúde, critica a gestão da pandemia em Portugal, salientando que "não estamos a aprender ainda, com a experiência da pandemia, aquilo que seria necessário …

Líderes independentistas catalães já começaram a sair da prisão

Os nove líderes independentistas catalães que receberam o indulto do Governo espanhol começaram, esta quarta-feira, a sair das prisões onde se encontravam. A ex-presidente do parlamento regional Carme Forcadell foi a primeira a abandonar o estabelecimento …