Adeus aos 60 dias para legalizar a TV (e mais 900 leis caducas)

O programa de simplificação legislativa do Governo levou à exclusão de 908 decretos-lei. O objetivo é remover diplomas normativos desatualizados e facilitar a consulta da legislação aos cidadãos.

Vistos como “desnecessários“, foram mais de 900 decretos-lei que foram removidos pelo Governo, seguindo um programa de simplificação legislativa. Os diplomas são relativos ao período entre 1981 e 1985, de acordo com o decreto-lei publicado, esta segunda-feira, em Diário da República.

“A redução do bloco de legislação, através da determinação expressa de cessação de vigência de muitos diplomas normativos já caducos, anacrónicos ou ultrapassados pelo evoluir dos tempos, constitui um dos pilares essenciais desse programa de simplificação legislativa”, pode ler-se em Diário da República.

Este programa de simplificação vem facilitar o acesso dos cidadãos à legislação e permite uma maior “clareza e certeza jurídica”. Os 908 diplomas normativos retirados estavam já obsoletos e não tinham nenhuma contribuição para decisões jurídicas.

“Só assim se tornará possível saber, com rigor sistemático, quantos e quais os diplomas que estão atualmente em vigor em Portugal”, descreve o decreto-lei 49/2019. A identificação dos decretos desatualizados tem sido feita nos últimos meses e “resulta de um levantamento metódico e exaustivo por uma equipa especializada”.

Dentro dos quase mil diplomas removidos, está o decreto-lei 161/81, que impõe um prazo de 60 dias para legalizar o aparelho de televisão com o registo na Rádio Televisão Portuguesa. O ECO dá o exemplo deste diploma normativo que, com os mecanismos de controlo que existem hoje, é dispensável da atual legislatura.

A senda de eliminação de leis do programa de simplificação legislativa do Governo pode ainda continuar. O Diário da República afirma que “será submetido à Assembleia da República uma proposta de lei, na qual se proclama a não vigência de 260 diplomas da sua competência”.

“A limpeza do ordenamento jurídico, contudo, não fica ainda concluída, continuando em curso os trabalhos necessários à integral identificação de outros atos legislativos, de períodos temporais subsequentes, que igualmente reúnam os requisitos de não aplicabilidade e de desnecessidade atuais”.

Isto pode fazer com que o número de leis deitadas ao lixo pelo Governo suba para 1168, em áreas como as Finanças, Justiça, Negócios Estrangeiros e Economia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tratamento inovador para cancro pesa nos orçamentos do IPO de Porto e Lisboa

Os custos associados ao tratamento de cancros do sangue com células CAR-T estão a ser suportados apenas pelos hospitais autorizados a aplicá-la, no caso, os IPO do Porto e de Lisboa. De acordo com o Jornal …

Gravuras descobertas no Tibete são as mais antigas da arte pré-histórica. Foram feitas por crianças

Uma equipa encontrou antigas pegadas e marcas de mãos feitas por crianças no planalto tibetano. Esta descoberta traz novos detalhes sobre a presença humana no local. O estudo, publicado na revista Science Direct, revela que estes …

Comissão nos EUA desaconselha terceira dose da Pfizer a maiores de 16 anos

Uma comissão consultiva da agência reguladora dos EUA para os medicamentos e a alimentação (FDA, na sigla em inglês) pronunciou-se esta sexta-feira contra a aplicação de uma terceira dose da vacina Pfizer contra a covid-19 …

Santos Silva quer preços da eletricidade na agenda da UE

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, defendeu esta sexta-feira que a União Europeia (UE) tem de colocar em agenda o problema do aumento dos preços da eletricidade no continente, alertando que a reação …

Já há uma calculadora que prevê o risco de se ser infetado com covid-19 (em diversos cenários)

Já existe uma ferramenta online que calcula o risco de se ser infetado com covid-19. Chama-se microCOVID, baseia-se em dados recentes, analisa diferentes cenários e foi desenvolvida por um grupo de amigos. Numa altura em que …

Alargamento de teletrabalho não deve abranger empresas de menor dimensão

O Governo defendeu esta sexta-feira, na Concertação Social, que "as empresas de menor dimensão" devem ficar excluídas da medida que prevê o alargamento do teletrabalho a pais com filhos menores de oito anos, sempre que …

Costa acusa oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR

O secretário-geral do PS, António Costa, acusou esta sexta-feira a oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR, nem a “missão patriótica” que consiste em pô-lo “em marcha para o bem …

Asteroide que dizimou dinossauros permitiu que as cobras evoluíssem (e se espalhassem pelo mundo)

As cobras devem, em parte, o seu sucesso na Terra ao asteroide que atingiu o planeta há 66 milhões de anos e levou à extinção dos dinossauros, aponta um novo estudo. Além da extinção dos dinossauros …

Novo modelo geofísico ajuda a prever furacões com origem no Golfo do México

Ao analisar a temperatura da atmosfera, que se encontra a vários quilómetros acima da Terra, os investigadores descobriram uma forma de prever quantos furacões podem afetar o Golfo do México no verão e no outono. Os …

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …