Governo corta subsídio para lavagem de carros do Estado

José Sena Goulão / Lusa

A Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público considera que o subsídio para lavagem de carros do Estado, incluído nos salários da Função Pública, não tem suporte legal e, por isso, os trabalhadores vão perder este apoio mensal de 43 euros.

A notícia é avançada pelo jornal Público que salienta que, em função deste parecer da Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP), a Direcção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) vai já acabar com o pagamento do subsídio a 300 motoristas, neste mês de Fevereiro.

O diário teve acesso ao parecer da DGAEP que alega que o subsídio para lavagem de carros do Estado “não se encontra previsto em diploma legal”, mas somente num despacho, no âmbito da Lei do Trabalho em Funções Públicas.

Assim, “a sua atribuição não é admissível à luz dos usos, ainda que públicos, e muito menos com os princípios que regem a actividade administrativa e a realização da despesa, em especial o princípio da legalidade”, salienta a DGAEP, citada pelo Público.

A Direcção-Geral ainda realça que a lavagem de carros faz parte das funções inerentes à carreira de motorista e que “não existe fundamento para a atribuição de um suplemento que vise a compensação pela realização daquela tarefa”.

O parecer da DGAEP tem efeitos para toda a Função Pública.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Desde quando é que motoristas ainda recebem extra p/ lavar os carros? Só neste país das bananas… Lavar os carros está incorporado no serviço dos motoristas em todo mundo… mas aqui em Portugal arranjaram forma de pagar esse serviço como extra , nem nos países de 3º mundo….

  2. so neste pais.
    é uma mina. lavam os caros por 2€ (elefante azul) e metem o restante ao bolso.
    quem usa o carro, leva-o para casa e lave-o, nao precisa de subsidios.

  3. O presidente da República Cavaco Silva???
    Se tiverem o este rigor nas outras notícias, estamos conversados, em termos de credibilidade…

  4. Pois, há subsídios para tudo e mais algumas coisa, a esmagadora maioria injustificada. Só acho engraçado que se acabem primeiro com os mais baixos e com aqueles que beneficiam os que menos têm.
    Aqui há uns anos descobriram que havia um subsídio dado aos trabalhadores da recolha do lixo no Porto que não tinha fundamento legal e que por isso tinha de acabar.
    Uns anos depois havia uma senhora a auferir 14.300€/mês, no âmbito de Guimarães Capital da Cultura, para fazer ninguém sabe bem o quê, e ainda tinha apoios bem chorudos para carro e telemóvel. Por essas altura havia ainda uma antiga deputada a receber apoios para viagens regulares a Paris, num montante bem acima do salário de muitíssimos portugueses.
    Serei só eu a ver dois pesos e duas medidas…

  5. Quem parte e reparte e não fica com a maior parte ou é parvo ou não tem arte!
    Ora isso trata-se apenas de um subsídiozinho dado a uma “franjinha” da função publica! É preciso ir mais acima!

RESPONDER

Jovem esfaqueou quatro pessoas na cidade francesa de Périgueaux

Um jovem esfaqueou esta terça-feira quatro pessoas na cidade francesa de Périgueaux, tendo uma delas ficado gravemente ferida, segundo a imprensa local, adiantando que a investigação descarta a hipótese de se tratar de um ato …

Greve dos enfermeiros adia mil cirurgias no São José, Santa Maria e São João, avança sindicato

A greve dos enfermeiros, que cumpre esta terça-feira o segundo dia, vai obrigar ao adiamento de mil cirurgias nos hospitais de Santa Maria e S. José, em Lisboa, e no São João, no Porto, disse …

Câmara de Pedrógão Grande não revela onde gastou donativos dos incêndios

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande "vive numa espécie de bolha incontactável" e não revela onde foram gastos os donativos atribuídos para ajuda às vítimas dos trágicos incêndios que assolaram aquela zona em 2017. A …

Jogadores do Sporting apontam o dedo a Bruno de Carvalho no incidente de Alcochete

Ouvidos no âmbito da investigação do incidente em Alcochete, Battaglia e Mathieu - ambos jogadores do Sporting presentes no dia das agressões - apontaram o dedo a Bruno de Carvalho, relembrando que o então presidente …

Jacarta está a afundar e pode ficar submersa já em 2050

Os especialistas alertam que, se nada for feito, alguns lugares da capital da Indonésia podem acabar completamente debaixo de água até 2050. "A possibilidade de Jacarta ficar submersa não é nenhuma brincadeira", adverte o investigador Heri …

Polémica na Web Summit. Marine Le Pen está de volta

O convite feito a Marine Le Pen para participar na Web Summit que se realiza entre 5 e 8 de Novembro, no Altice Meo Arena, em Lisboa, está a gerar polémica. E a SOS Racismo …

Dezenas de mortos após queda de ponte em Génova

A ponte Morandi, localizada sobre a auto-estrada A10, em Génova, no norte Itália, colapsou esta terça-feira. As autoridades admitem que o colapso da estrutura pode ter feito dezenas de mortos e feridos. Inicialmente as autoridades não …

BE e DECO de mãos dadas nas críticas ao BdP sobre serviços mínimos bancários

O Bloco diz que o Banco de Portugal defendeu interesses dos bancos e não dos consumidores enquanto que a DECO defende que grande percentagem da população não sabe o que significa o valor do Indexante …

Carro rompe barreira de segurança do Parlamento em Londres. Suspeito detido

As autoridades britânicas estão a investigar um incidente ocorrido nesta manhã após um veículo ter batido contra as barreiras de segurança junto ao Parlamento, em Londres, no Reino Unido. O suspeito foi detido e não …

Caixas multibanco sob ameaça de ataque em massa

Bancos de todo o mundo foram avisados de que podia estar iminente um ataque em massa às suas máquinas de multibanco. SIBS nega que o apagão deste domingo esteja relacionado com o ataque. Segundo o The …