Governo anuncia auditoria independente às contas da Caixa

Clara Azevedo e Paulo Henriques / Portugal.gov.pt

O Ministro das Finanças, Mário Centeno

O Ministro das Finanças, Mário Centeno

O Governo incumbiu esta quinta-feira a nova administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) de fazer uma auditoria forense aos atos de gestão do banco “praticados a partir de 2000”.

O anúncio foi feito no comunicado que se seguiu à reunião do Conselho de Ministros desta quinta-feira. “O Governo decidiu avançar para uma auditoria independente à Caixa Geral de Depósitos”, revelou Mário Centeno.

O ministro das Finanças justificou que “a Caixa não pode ser um instrumento partidário”, explicando que o período abrangido pela auditoria é aquele que parece ter interesse político.

De acordo com a TSF, Centeno fez ainda questão de sublinhar que o governo anterior nunca pediu qualquer informação sobre a gestão da Caixa, apesar de “nomeadamente, a ex-ministra das Finanças”, Maria Luís Albuquerque, ter levantado “recentemente, dúvidas sobre atos de gestão praticados até 2015”.

Centeno referiu que a decisão foi tomada perante as “perturbações” que existem atualmente por causa do banco público, apesar de “todos os exercícios de reconhecimento que existiram e que foram eles também próprios auditados e validados durante variadíssimos anos por instituições como o Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu”.

Apesar de garantir que a Caixa Geral de Depósitos foi alvo de várias intervenções por parte dos reguladores, as dúvidas levantadas pela oposição em torno das alegadas necessidades de capital do banco forçaram o Governo a decidir analisar com maior detalhes as contas.

“Entre os anos 2011 e 2013, o Banco de Portugal promoveu a realização de quatro exercícios transversais de revisão dos níveis de imparidade da carteira de crédito, que envolveram os oito maiores bancos do sistema bancário português”, o que incluiu a Caixa Geral de Depósitos.

Mário Centeno espera que a auditoria interna possa confirmar que “não há nenhuma questão deste governo com a análise do passado, recente ou menos recente, da Caixa, portanto, desde 2000”.

O ministro diz que o governo está “plenamente confiante” de que a Caixa e a sua nova administração podem “cumprir a sua função”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …

Pela primeira vez em 30 anos, Hong Kong proíbe vigília em memória de Tiannamen

Pela primeira vez em 30 anos, tanto Hong Kong como Macau não vão ter vigílias em homenagem às vítimas do massacre de Tiananmen. A Polícia de Hong Kong proibiu a vigília em memória do massacre de …

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …

IL rejeita Marcelo Rebelo de Sousa e aposta em Adolfo Mesquita Nunes

O Iniciativa Liberal (IL) não vai apoiar a eventual recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa. Para o partido, um dos nomes em cima da mesa para as Presidenciais é "fácil" e só depende da "vontade …

Comissão Europeia "otimista" na rápida retoma económica em Portugal

A Comissão Europeia diz estar "razoavelmente otimista" sobre uma "rápida recuperação" económica de Portugal após a crise gerada pela covid-19 e considera que a forma como o país "controlou" a pandemia beneficiará a retoma do …