Google admite ter microfones “escondidos” nos seus alarmes domésticos

Um alarme doméstico vendido pela Google, desde 2017, contem um microfone que até agora não aparecia mencionado nas especificidades do produto.

No início de fevereiro, a empresa dava conta que o produto ia sofrer uma atualização e que passaria a ser controlado através da voz. Agora, a gigante da Internet admite que foi um erro.

“O microfone no dispositivo não foi feito para ser um segredo e deveria ter sido elencado nas especificações técnicas. Isso foi um erro da nossa parte”, afirmou, esta terça-feira, a Google. “O microfone nunca esteve ligado e só é ativado quando os utilizadores ligam esta opção especificamente”, acrescentou a empresa.

Segundo a Google, os sistemas de alarme têm normalmente microfones integrados para fornecer dados que dependam do sensor sonoro. Neste caso, o microfone “pretendiam dar aos utilizadores mais funcionalidades como a capacidade de detetar vidros partidos“.

Este alarme, uma parceria com a Nest Guard, que fabrica produtos de segurança doméstica, começou por ser vendido nos Estado Unidos através do serviço de segurança da Google. Está previsto chegar à Europa e ao Canadá brevemente.

O Nest Guard é um componente da gama Nest Secure de produtos de segurança doméstica. O sistema inclui vários sensores que podem ser monitorizados remotamente pelo utilizador. O Nest Guard é um alarme, teclado e sensor de movimento, mas, apesar de ter sido anunciado há mais de um ano, a palavra “microfone” só foi adicionada às especificações do produto este mês.

O reconhecimento veio dias depois de a Singapore Airlines enfrentar críticas por instalar câmaras nas costas de alguns dos assentos dos seus aviões como parte de um novo sistema de entretenimento a bordo. A companhia confirmou a existência de câmaras, mas disse que estavam desativadas.

ZAP // BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O melhor professor do mundo é queniano e doa 80% do seu salário

Peter Tabichi é queniano, tem 36 anos e doa 80% do salário para desenvolver a sua comunidade local, numa remota vila no Quénia. Este domingo foi eleito, no Dubai, o melhor professor do mundo. Em Pwani, …

Pentágono autoriza mil milhões de dólares para construção de muro de Trump

O secretário da Defesa interino norte-americano, Patrick Shanahan, anunciou na segunda-feira o desbloqueio de mil milhões de dólares para a construção de um muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Shanahan “autorizou o …

Advogados de Rui Pinto recorrem da prisão preventiva

Os advogados de Rui Pinto, colaborador do "Football Leaks", confirmaram esta segunda-feira que vão recorrer da medida de prisão preventiva aplicada sexta-feira ao seu cliente pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. A decisão de recorrer …

Se a corrida continuar a três, McLaren ameaça deixar a Fórmula 1

A McLaren, a segunda equipa mais antiga da Fórmula 1, ameaça desistir da modalidade caso os regulamentos elaborados para 2021 não a tornem numa competição justa. A visão da Fórmula 1, a modalidade de automobilismo mais …

México quer que rei da Espanha peça perdão pela conquista colonial

Obrador diz que esta é a única forma possível de obter a reconciliação plena entre os países. O pedido foi feito por carta. O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, anunciou ter enviado uma carta ao …

"O Vieira pediu-me para dar uma coça a Francisco J. Marques"

Vítor Catão, diretor desportivo do S. Pedro da Cova, afirmou que o Benfica, através do seu presidente Luís Filipe Vieira, lhe deu 200 mil euros para colocar uma "lapa" no carro de Pinto da Costa, …

"Governo saudita deu a ordem" para matar Khashoggi

Em entrevista ao El Mundo, a namorada do jornalista saudita Jamal Khashoggi afirma que a ordem que determinou a sua morte foi dada pelo Governo da Arábia Saudita. Em entrevista ao diário espanhol El Mundo, a …

Já há água, eletricidade e estradas abertas na cidade da Beira

Começam a ver-se pequenos avanços na Beira, em Moçambique, que inicia o lento caminho da reconstrução, após a passagem do ciclone Idai, que matou pelo menos 446 pessoas e destruiu cerca de 90% dos edifícios …

"Um erro desculpável". Governante sem castigo após violar a Lei no caso dos mirtilos

O Tribunal Constitucional decidiu arquivar o caso das incompatibilidades envolvendo o secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, que, durante dois anos, acumulou o cargo com a função de gerente numa empresa …

Erros em perguntas de exame obrigam a mudar notas de médicos estrangeiros

O exame feito por médicos estrangeiros para ter equivalência ao curso de Medicina em Portugal teve neste ano mais de 700 candidatos, a esmagadora maioria brasileiros. É uma procura histórica, admitem médicos e serviços académicos, por …