Google Maps “oculta” graffiti que critica Xi Jinping em Hong Kong

A Google está a enfrentar críticas por apagar graffitis espalhados por manifestantes pró-democracia em Hong Kong na atualização mais recente do Google Maps.

A imposição de leis de segurança draconianas pela China na cidade-estado gerou uma onda de inquietação no início deste ano, com ativistas a pintar uma série de slogans nas ruas. Porém, embora o graffiti ainda seja visível nos locais, a Hong Kong Free Press relata que pelo menos dois slogans foram apagados no Street View do Google Maps.

Uma das mensagens dizia que o presidente da China, “Xi Jinping, deve morrer pelo bem do mundo”, enquanto a outra dizia: “Liberte Hong Kong, a revolução do nosso tempo” – um slogan de protesto que as autoridades proibiram sob a polémica nova lei de segurança nacional.

A lei também proibe o hino de protesto Glory to Hong Kong, que as escolas da cidade também estão proibidas de tocar, cantar ou transmitir.

De acordo com o Quartz, ambos os slogans desfocados no Street View “são revelados se vistos à distância” no mapa.

A Google afirma que a ofuscação das imagens não foi intencional, mas sim o resultado de um problema de algoritmo. “A nossa tecnologia de desfoque automático visa desfocar rostos e placas de veículos para que não possam ser identificados, mas parece que não acertámos neste caso”, explicou a multinacional, num e-mail enviado à Hong Kong Free Press

O The Next Web relata que, “em defesa da Google, a grande maioria dos graffiti de protesto em Hong Kong permanece visível no Street View e o algoritmo do serviço muitas vezes desfoca inadvertidamente as placas das ruas”.

Por outro lado, “os relatos sobre a ofuscação de slogans políticos vão aumentar ainda mais os temores de que as empresas de tecnologia ocidentais estejam a curva-se às demandas de censura de Pequim”, acrescentou o site.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Misturar doses da AstraZeneca e da Pfizer aumenta até seis vezes as defesas contra covid-19

Um novo estudo realizado na Coreia do Sul concluiu que o número de anticorpos contra a covid-19 aumentou seis vezes em quem misturou as doses da AstraZeneca e da Pfizer em relação a quem tomou …

Bruxelas abre infração contra Portugal por não transpor regras da UE para comércio desleal

A Comissão Europeia abriu, esta terça-feira, um procedimento de infração contra Portugal e outros 11 Estados-membros por não terem transposto regras da União Europeia (UE) que proíbem práticas comerciais desleais entre empresas na cadeia de …

Federação Portuguesa de Futebol confirma: Supertaça vai ter público nas bancadas

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) confirmou, esta terça-feira, que a final da Supertaça, agendada para este sábado, vai poder ter 33% da lotação do Estádio Municipal de Aveiro. Depois de a ministra da Saúde, Marta …

Relatório final da comissão de inquérito sobre o Novo Banco aprovado com voto contra do PS

O relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco foi aprovado pelos deputados, esta terça-feira, apenas com o voto contra do PS e a abstenção do CDS-PP. O relatório final da Comissão Eventual de Inquérito …

Califórnia e cidade de Nova Iorque exigem vacinas — ou testes semanais — aos funcionários públicos

O estado da Califórnia e a cidade de Nova Iorque querem incentivar os funcionários públicos a vacinarem-se numa altura em que os Estados Unidos sofrem um aumento de casos devido à variante Delta. Todos os funcionários …

Hong Kong. Veredicto de culpado no primeiro julgamento sob a lei de segurança nacional

A primeira pessoa acusada e julgada de acordo com a lei de segurança nacional de Hong Kong foi esta terça-feira considerada culpada de terrorismo e incitação à secessão, numa decisão histórica que estabelece um precedente …

Medina queixa-se dos juízes: "Há coisas que não dá para entender"

Dia de emoções diferentes para o Brasil, no surf. O primeiro campeão olímpico na modalidade é brasileiro mas Gabriel Medina nem chegou à final; e não gostou da pontuação na meia-final. Aí está a primeira medalha …

Estado demora dois anos a pagar aos fornecedores

Atrasos nos pagamentos têm vindo a diminuir, com muitos organismos a conseguir cumprir os 60 dias previstos pela lei. À semelhança do que acontece com os prazos, também os valores em dívida apresentam uma tendência …

Ministra da Saúde abre a porta à presença de público na Supertaça

A Supertaça, entre Sporting e Sporting de Braga e agendada para sábado, pode vir a ter adeptos nas bancadas, admitiu a ministra da Saúde, esta terça-feira, descrevendo o jogo como um possível "evento-teste". "Em relação ao …

Escolas avançam para a "desmaterialização dos manuais"

"As escolas estão já a avançar para a desmaterialização dos manuais e materiais clássicos da aprendizagem", indicou esta segunda-feira o vice-presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), David Sousa, a …