Google vai bloquear anúncios com base na idade e no género dos jovens

A Google está a adicionar algumas medidas de segurança para menores que utilizam os seus serviços, visando proporcionar mais privacidade, anunciou a empresa na terça-feira.

De acordo com o anúncio, a empresa vai começar a bloquear a segmentação de anúncios “com base na idade, género ou interesses de pessoas com menos de 18 anos”, em todas as suas plataformas, incluindo o YouTube, noticiou o Insider.

A Google vai permitir ainda que utilizares menores de 18 anos possam solicitar que as suas fotografias sejam removidas dos resultados do motor de busca. Embora a remoção não elimine esses ficheiros da Internet, “dará aos jovens mais controle sobre as suas imagens ‘online'”, referiu a empresa.

Outras mudanças incluem tornar as contas de adolescentes entre os 13 e os 17 anos privadas por omissão, embora possam alterá-la para pública se o desejarem. A Google adicionará igualmente lembretes para os jovens fazerem pausas enquanto usam o YouTube, desativando ainda a reprodução automática.

Estas alterações, que entrarão em vigor nos próximos meses, surgem num momento em que o Google e outras plataformas enfrentam pressão para proteger os jovens.

O Instagram também lançou recentemente mudanças, numa tentativa de aumentar a privacidade dos utilizadores mais jovens. As contas de menores de 16 anos são privadas por definição no momento da criação, embora possam alterá-las para públicas. O TikTok fez uma mudança semelhante em janeiro.

  Taísa Pagno //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.