Árbitros que não sabem as regras: golo foi anulado depois de a bola voltar a rolar

Miguel Schincariol / São Paulo FC

O jogo entre o São Paulo e o Ceará foi marcado por polémica relacionada com a arbitragem.

Encontro entre Ceará e São Paulo pode não ter terminado na noite passada. Haverá continuação “na secretaria” por causa de um golo que foi anulado, pela segunda vez, já depois de o jogo ter sido reiniciado – algo que as regras não permitem. Mas o resultado deverá manter-se.

O São Paulo voltou a empatar a uma bola, no Brasileirão. No jogo seguinte à igualdade com o Vasco da Gama de Ricardo Sá Pinto, a equipa de Daniel Alves e companhia foi ao terreno do Ceará e empatou 1-1, em jogo em atraso da 16.ª jornada do principal campeonato brasileiro de futebol.

Na noite desta quarta-feira, no Castelão, o São Paulo entrou claramente melhor e marcou por Diego Costa aos 10 minutos. A segunda parte começou praticamente com o golo da igualdade, apontado por Léo Chú. Mas logo a seguir chegou o momento da partida.

Aos 56 minutos, o São Paulo marcou. Pablo aproveitou um ressalto e fez, supostamente, o 1-2. O árbitro assistente viu um fora-de-jogo e anulou a jogada. O árbitro principal ouviu a análise do vídeo-árbitro e disse que, afinal, o golo contava. A bola foi para o meio-campo, o Ceará retomou a partida…que foi interrompida três segundos depois. O árbitro principal voltou a ouvir o VAR e voltou a anular o golo. Depois houve protestos do São Paulo, alguns empurrões e jogo parado durante algum tempo.

Após o jogo, o lateral do São Paulo, Reinaldo, disse que “nunca tinha visto” uma situação destas num desafio de futebol. O diretor dos paulistas, Raí, afirmou: “Vamos atrás dos nossos direitos e esclarecer todas as dúvidas. A única certeza que a gente tem é que existiu um erro absurdo, um erro de direito, e que traz todas as dúvidas do mundo”.

O São Paulo poderá pedir a anulação do jogo. Mas as regras da Confederação Brasileira de Futebol indicam que, “em princípio, uma partida não será invalidada devido” a casos destes.

E há um exemplo que deve retirar as esperanças do São Paulo: noutro jogo do Brasileirão, mas em 2019, entre Botafogo e Palmeiras, Deyverson foi punido com um cartão amarelo por alegada simulação dentro da grande área do Botafogo; o VAR reverteu o cenário, indicou que era mesmo grande penalidade, mas essa indicação só chegou depois do reinício da partida. Foi assinalada grande penalidade a favor do Palmeiras. Depois, o Botafogo pediu a anulação do jogo mas isso nunca aconteceu.

Curiosamente, esta é a segunda vez em poucos dias que um árbitro de primeira divisão demonstra não conhecer as regras do futebol. Ambas na América: no sábado passado, nos Estados Unidos, um árbitro permitiu uma substituição durante um desempate por grandes penalidades.

NMT, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Da terra à mesa". Contentores com quintas verticais produzem vegetais para restaurantes e supermercados

A agricultura tradicional envolve o uso de muitos recursos, quer durante o processo de cultivo, quer depois, durante o processo de distribuição. O conceito das quintas verticais tem vindo a difundir-se pelo mundo, e agora …

"O fecho das escolas resultou". Número de portugueses em casa aumentou para 50%

O número de portugueses que ficou em casa aumentou para 50% na sexta-feira, o primeiro dia de fecho das escolas, segundo os dados do índice de mobilidade divulgados hoje. Em comunicado, a empresa PSE, que tem …

Governo quer que coimas nos casos de incumprimento sejam cobradas de imediato

O Governo quer que as forças de segurança privilegiem a cobrança imediata de coimas nos casos de incumprimento das regras de confinamento e que verifiquem os comprovativos que justifiquem as deslocações de exceção, incluindo passeios …

Estado indiano muda nome da fruta-dragão. Soava demasiado chinês

As autoridades do estado indiano de Gujarat decidiram mudar o nome da popular pitaia, conhecida como fruta-dragão, que a partir de agora será chamada de "kamalam", que significa "flor de lótus" em sânscrito. De acordo com …

Hospital S.João com taxas de ocupação de 85% a 95%. Profissionais tomam hoje a 2º dose da vacina

O Hospital de São João, no Porto, regista hoje taxas de ocupação covid-19 entre os 85% e os 95%, revelou hoje o conselho de administração que descreveu um “panorama exigente e complexo”, mas “estável” apesar …

Rússia planeia vacinar 20 milhões de pessoas até final de março

A Rússia planeia vacinar cerca de 20 milhões de pessoas contra a covid-19 durante o primeiro trimestre deste ano, adiantou hoje a vice-primeira-ministra russa, Tatiana Golikova. "Estimamos que, se tudo correr bem, iremos envolver neste processo …

Sem reis nem rainhas. Jovem holandesa inventa baralho de cartas neutro

Uma jovem holandesa de 23 anos, chamada Indy Mellink, inventou um baralho de cartas de género neutro, sem reis, rainhas nem valetes, com o qual quer resolver a suposta desigualdade dos baralhos de cartas tradicionais. Tudo …

Portugal com mais 274 mortes e 15.333 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje 274 mortes relacionadas com a covid-19, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, e 15.333 casos de infeção com o novo coronavirus, também um novo máximo …

Colégios privados queriam continuar aulas, mas vão acatar decisão do Governo

A Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP) esteve esta sexta-feira reunida de forma a apurar se os colégios privados podiam ou não dar aulas apesar da interrupção decretada pelo Governo no âmbito …

TikTok inspira jovens russos a protestar contra Putin (e a proteger Navalny)

O TikTok está a ser usado como uma ferramenta crucial num apelo à ação contra o Governo do presidente da Rússia, Vladimir Putin, após a prisão do crítico Alexei Navalny. De acordo com a Newsweek, as …