Árbitros afastados após os penáltis mais insólitos de sempre

Nani aparece no meio da história mais louca do futebol, no que diz respeito a grandes penalidades. Tudo começou com uns centímetros. Equipa de Nani celebrou o apuramento três vezes – só na última é que a vitória apareceu mesmo. E há vídeo para guardar para a eternidade…

Iniciamos este artigo com um excerto do resumo que a própria Major League Soccer (MLS) publicou: “Momento do jogo: podíamos facilmente escolher uma dúzia de momentos para esta parte do artigo…”.

O jogo em causa aconteceu neste sábado, nos Estados Unidos da América, na primeira ronda dos play-offs do principal campeonato local. Orlando City SC e New York City FC entraram em campo e Orlando ganhou, depois de um desempate através de grandes penalidades que durou 22 minutos. Já lá vamos.

A partida chegou aos 90 minutos com um empate a uma bola. Nani inaugurou o marcador aos cinco minutos, numa grande penalidade, mas três minutos depois Maxime Chanot, de cabeça, igualou o resultado. Aos 87′ Ruan foi expulso e, por isso, Orlando jogou durante 10 elementos durante todo o prolongamento. E ainda viria a terminar o encontro com nove jogadores, apesar de ninguém ter visto o cartão vermelho durante o prolongamento. Já lá vamos.

Como não houve golos durante o tempo extra, seguiu-se o desempate normal por grandes penalidades. Mas o que aconteceu a seguir não foi normal…

Guarda-redes expulso: e agora?

Nas oito primeiras tentativas, sim, tudo normal. Sete golos e apenas uma tentativa falhada, por parte do New York City FC. Na quinta grande penalidade do New York City FC, Valentin Castellanos permitiu a defesa de Pedro Gallese e os jogadores de Orlando celebraram a vitória.

Cedo demais. Ainda não acabou. O árbitro entendeu que Gallese se afastou da linha final por uns centímetros, antes de Castellanos rematar, e obrigou à repetição do penálti. E mostrou o cartão amarelo ao guarda-redes do Orlando City, que já tinha visto o cartão amarelo na primeira parte do prolongamento. Segundo amarelo, expulsão.

Minutos depois, o guarda-redes suplente foi para a baliza, substituindo um defesa, Rodrigo Schlegel. Quando o guarda-redes suplente, Brian Rowe, estava pronto para tentar defender o remate do adversário, o árbitro pediu para esperar um pouco mais. E depois disse a Rowe: “Afinal, não podes estar aí. Sai”.

É que não pode haver substituições durante o desempate por grandes penalidades. Mas só quando o guarda-redes estava na baliza é que o árbitro aplicou essa regra – e porque foi avisado pelo auricular. Fica também a curiosidade: quem o avisou foi Howard Webb, um dos ex-árbitros mais conhecidos de sempre, que é diretor da vídeo-arbitragem na MLS.

Brian Rowe voltou para o banco e quem foi para o seu lugar foi precisamente Rodrigo Schlegel, que iria ser substituído pelo guarda-redes; se isso pudesse acontecer. Na repetição da tal grande penalidade polémica, Castellanos marcou. A seguir, se Nani marcasse, o jogo acabaria. O internacional português falhou e seguiu-se a “morte súbita”.

Festejar a vitória quando está 5-5

Mais à frente, Thorarinsson permitiu a defesa ao defesa Rodrigo Schlegel, o guarda-redes inesperado de Orlando. Inesperada foi também a festa do Orlando City que aconteceu logo após esta defesa de Schlegel. É que o resultado estava 5-5. Nenhuma equipa ganha um desempate se o resultado está empatado. A própria equipa de arbitragem já nem tinha a certeza se faltava algum penálti. Faltava. O New York City foi a equipa a abrir a sequência das grandes penalidades; por isso, se Thorarinsson (New York City) falhou, faltava o adversário marcar, para confirmar a vitória.

Benji Michel avançou e marcou. À terceira festa, era desta? Sim. Desta vez tudo contou, tudo estava bem contabilizado e o Orlando City SC apurou-se mesmo.

Pode ver esta “loucura” no vídeo:


Árbitros só voltam em 2021

Entretanto, neste domingo a MLS anunciou que a equipa de arbitragem deste duelo histórico, liderada por Allen Chapman, não vai voltar a dirigir qualquer jogo destes play-offs. A organização do campeonato admitiu que tudo foi decidido de acordo com as regras em vigor, “mas houve confusão em múltiplos momentos durante um desempate por grandes penalidades que durou cerca de 22 minutos”.

E mesmo uma das regras em vigor lançou alguma confusão, após o jogo. A expulsão do guarda-redes do Orlando City deveu-se a um cartão amarelo por sair da linha de golo antes do remate do adversário. As regras internacionais para a temporada 2020/21 indicam que, numa primeira ocorrência deste género, o guarda-redes é advertido verbalmente; se repetir o gesto no mesmo desempate por penáltis, aí sim, vê o cartão amarelo. No entanto, este campeonato é relativo à temporada 2019/20; portanto, esta regra só vai ser aplicada na próxima edição da MLS.

Refira-se ainda que Allen Chapman, o árbitro que virou “estrela” no meio desta confusão e que foi afastado do resto da época, foi considerado o melhor árbitro da MLS em 2019.

NMT, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …

Novo estudo explica a importância de esterilizar os gatos antes da adolescência

Um novo estudo sugere que a idade de esterilização dos gatos deve ser antecipada de seis para quatro meses, com o objetivo de prevenir ninhadas indesejadas de gatinhos, que muitas das vezes acabam por ser …

Publicidade do Pingo Doce a promoções viola a lei do confinamento

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica está a avaliar incumprimento que visa aumentar clientes em loja durante o fim de semana. Os supermercados da Jerónimo Martins estão a publicitar promoções numa altura em que …

A tomada de posse de Joe Biden deixou os apoiantes do QAnon sem rumo

Com a tomada de posse de Joe Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos, esta quarta-feira, a frustração começou a infiltrar-se entre os apoiantes do QAnon. O QAnon é um movimento nascido, em 2017, no seio …

Pela quarta vez em quase 50 anos, gelo cobriu o deserto do Saara

Na terça-feira passada, um dos lugares mais secos do mundo acordou com uma geada sobrenatural. Foi apenas a quarta vez em quase 50 anos. No deserto do Saara, no noroeste da Argélia, nos arredores da cidade …

Novo máximo de mortes. São mais 275 óbitos e 11 721 novos casos

Portugal registou mais 275 mortos e 11 721 novos casos de infeção por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste domingo. É o novo máximo de mortes …

Longas filas para votar em segurança. Candidatos a Belém apelam ao voto

As mesas de voto para as eleições presidenciais abriram hoje às 08h00, e as longas filas são uma realidade em todo o país. Todos os candidatos já votaram. De acordo com o porta-voz da Comissão Nacional …