GNR está disponível para assegurar desinfeção das ambulâncias do INEM

Estela Silva / EPA

GNR com máscara em Ovar

Eduardo Cabrita garantiu, esta terça-feira, que há “plena disponibilidade” da GNR para proceder à desinfeção das ambulâncias do INEM, salientando, no entanto, que a avaliação de risco deve ser feita pelas entidades responsáveis.

O Jornal de Notícias avançou, na sua edição desta terça-feira, que as ambulâncias do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) de Lisboa não saíram na segunda-feira em serviço enquanto os profissionais não viram desinfetados os veículos. Em causa está o encerramento das linhas de descontaminação de viaturas e fardas, após a Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da GNR ter deixado de fazer tal serviço.

Em declarações à margem da cerimónia de inauguração da Esquadra da PSP de Cedofeita, no Porto, Eduardo Cabrita adiantou que durante este período a Guarda Nacional Republicana (GNR) procedeu à desinfeção de mais de 3.000 ambulâncias do INEM, da Cruz Vermelha e de corporações de bombeiros, bem como de mais de uma centena de lares de idosos e creches, atividade que, garantiu, há disponibilidade para manter.

Da parte da GNR há plena disponibilidade para manter essa atividade, agora naturalmente em articulação técnica com uma avaliação de risco que deve ser feita pelas entidades responsáveis pelas instalações, neste caso pelo INEM”, afirmou o ministro da Administração Interna.

Ouvido pelo matutino, o INEM explicou que quer que a desinfeção “volte à sua rotina habitual”, feita pelos técnicos, assegurando que estes têm “todos os equipamentos e produtos necessários para cumprir aquela que é uma das suas funções: garantir a manutenção e prontidão das ambulâncias”.

O ministro foi ainda questionado sobre a decisão do INEM de colocar provisoriamente em Loures o helicóptero estacionado no Aeródromo Municipal Gonçalves Lobato, em Viseu, decisão que foi já repudiada pelo presidente da autarquia, António Almeida Henriques, que considera que “esta decisão maltrata, mais uma vez, os territórios do interior”.

“Eu não tenho tutela do INEM, mas daquilo que sei, quer do contacto com a senhora ministra da Saúde, quer do contacto com a Câmara de Viseu, é que acham ambas o mesmo e que devem ser criadas as condições técnicas para o helicóptero continuar em Viseu”, afirmou Eduardo Cabrita.

O INEM anunciou na segunda-feira, através de um comunicado, que o helicóptero atualmente posicionado em Viseu irá ser “relocalizado temporariamente no heliporto de Salemas, em Loures, de forma a manter a operacionalidade deste meio aéreo e sempre no cumprimento estrito de todos os requisitos e normas aplicáveis à operação aeronáutica”.

Segundo o INEM, o helicóptero vai operar a partir de Salemas até que seja implementada uma solução definitiva que permita a certificação do heliporto de Santa Comba Dão como base permanente.

O INEM avança que esta solução está a ser trabalhada entre as entidades responsáveis, tendo sido garantido ao instituto que a criação das condições necessárias para a certificação do heliporto irá acontecer num curto espaço de tempo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …