Gin lentamente destilado com alquimia de sabores nasce no Alentejo

sharishgin / Facebook

Sharish Gin: o gin lentamente destilado no Alentejo

Sharish Gin: o gin lentamente destilado no Alentejo

Graças a uma “tempestade perfeita” na vida, com desemprego à mistura, António Cuco passou de simples apreciador de gin para “alquimista de sabores”, há poucos meses, criando uma marca dessa bebida, lentamente destilada no Alentejo.

Trata-se do Sharish Gin, um gin “feito no Alentejo”, em Reguengos de Monsaraz, mas de “caráter português”, incorporando na receita maçã Bravo de Esmolfe oriunda de Sernancelhe (Viseu), explica o produtor, António Cuco.

E o lema da marca assenta num jogo de palavras que cruza a forma “100% artesanal” com que António fabrica a bebida com a reputação dos alentejanos, que considera ser injusta, como ‘filho da terra’.

“Se fosse feito em Lisboa ou no Porto continuaria a ser lentamente destilado”, diz, entre risos, realçando que o processo demora várias horas e que, na produção, só a máquina de engarrafar “é semi-automática”.

sharishgin / Facebook

António Cuco aproveitou a tempestade perfeita da sua vida para lançar o Sharish Gin.

António Cuco aproveitou a tempestade perfeita da sua vida para lançar o Sharish Gin.

Lançado no mercado no final de abril, o “Sharish Gin” está a exceder todas as expetativas do empreendedor, já contactado para começar a exportar para Espanha, Suíça, Brasil e Angola.

“Começámos a produzir à volta de 150 garrafas por semana“, mas, após cerca de dois meses de comercialização, “estamos com 500 garrafas por semana”, o que faz com que os planos de vendas iniciais estejam “completamente ultrapassados”, congratulou-se.

A empresa vai “duplicar a produção até final do verão” e prevê atingir o objetivo de vendas traçado para o ano inaugural “nos primeiros três ou quatro meses”, afirma.

Até final de 2014, ou seja, “um ano e meio antes do previsto”, António quer expandir as áreas de armazenamento e fabrico e contratar mais funcionários, para o ajudarem a ele e à mulher.

Tempestade perfeita

Antes desta ‘aventura, o empresário apreciava gin, mas só no copo, como consumidor. Há uns meses, recorda, uma “tempestade perfeita” levou à sua mudança de vida.

Após uma brincadeira com amigos, com uma tentativa para criar gin, mas que saiu gorada – “Eles gozaram” e disseram “isto mais parece uma açorda de peixe do rio”, recorda -, António não desarmou. De forma autodidata, aprendeu as bases da produção da bebida e voltou ‘à carga’.

Para recuperar cheiros e sabores da infância, foi buscar a maçã Bravo de Esmolfe, que comia na feira em Borba, com a bisavó, e a lúcia-lima, com que a avó de S. Manços fazia chá, juntando-as a botânicos, citrinos e outros ingredientes para chegar à formula final do seu gin.

Aí, os amigos deram-lhe o ‘selo de aprovação’ e contribuíram para o ‘germinar’ da ideia de que este sucesso caseiro poderia ser algo mais, até porque António, antigo professor de Turismo, estava desempregado.

sharishgin / Facebook

Sharish Gin: o gin lentamente destilado no Alentejo

Sharish Gin: o gin lentamente destilado no Alentejo

“Sempre fui empreendedor, achei que havia aqui uma possibilidade de negócio e juntei tudo com uma tempestade perfeita na minha vida”, pelo facto “de ter ficado sem trabalho”, conta.

Recebeu o aval de especialistas, que gostaram das amostras que lhes levou, e criou a empresa com o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional, colocando no mercado aquela que “é a quarta marca de gin nacional” e a segunda com origem no Alentejo (a outra chama-se “Templus”).

Convicto de que, em Portugal, o consumo desta bebida “não é moda, é um culto” com apreciadores fiéis, António quer continuar a dedicar-se à ‘alquimia de sabores’ que, uma vez destilada, se transforma em gin e já tem novos produtos na ‘calha’.

Um novo gin com pera-rocha do Oeste, numa edição especial a lançar em “outubro ou novembro”, e uma gama de cinco vodkas, uma neutra e as outras aromatizadas (maçã Bravo de Esmolfe, pera-rocha, limão e tangerina), vão ser as novas criações.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo britânico cumprirá decisão do Supremo sobre suspensão do Parlamento

O Governo britânico cumprirá a decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido sobre a legalidade ou ilegalidade da suspensão do Parlamento, uma decisão que deverá ser anunciada esta semana. A garantia foi dada este domingo à …

Bancos vendem créditos à habitação a Fundos de Investimento (e é "dramático" para muitas famílias)

Estão a chegar à DECO cada vez mais pedidos de ajuda de famílias que viram os seus créditos à habitação serem adquiridos aos Bancos por Fundos de Investimento e que estão a ser pressionadas para …

BE fará uma campanha "sem energia perdida, palavras ocas ou provocações"

Um partido que pretende ao mesmo tempo trilhar um "caminho de alternativa" e "caminhos de convergência". Assim definiu Catarina Martins a orientação do Bloco de Esquerda (BE) na campanha eleitoral. Ao discursar num almoço com agentes …

Jornalistas não podem ser condenados por violação de segredo de justiça, defende Costa

No primeiro dia da campanha eleitoral para as eleições legislativas de 06 de outubro, António Costa, primeiro-ministro e líder do PS, deu uma entrevista à CMTV e aproveitou para mostrar divergências em relação a Rui …

Défice fica nos 0,8% do PIB no primeiro semestre do ano

O défice situou-se em 0,8% do PIB no primeiro semestre deste ano, em contas nacionais, abaixo dos 2,2% registados no período homólogo, mas longe da meta para o conjunto do ano, de 0,2%. "No conjunto do …

Pelo menos sete crianças morreram após colapso de escola no Quénia

Pelo menos sete crianças morreram e 57 ficaram feridas após o colapso do edifício de uma escola em Nairobi, no Quénia, esta segunda-feira, confirmaram os serviços de socorro e as autoridades locais. "Depois do colapso do …

“Há uma mudança histórica na Madeira”

Este domingo, no seu espaço habitual de comentário, Luís Marques Mendes disse que, embora ainda não tenham sido apurados todos os resultados das eleições na Madeira, tudo aponta para que haja uma “mudança histórica” no …

O outono chegou e traz aguaceiros. Mas o calor ainda pode aparecer em outubro

O outono começou oficialmente às 8h50 desta segunda-feira. Este é o dia do equinócio, a data em que, segundo o saber popular, o dia e a noite têm a mesma duração. A data que assinala o …

Portugal não aderiu a programa da UE criado de propósito após os incêndios de 2017

No ano passado, a União Europeia criou um programa de proteção civil devido aos incêndios de 2017 em Portugal. Contudo, o país não aderiu ao mecanismo. Em 2017, Portugal viveu momentos difíceis devido aos incêndios que …

Boris responsabiliza Irão por ataque a petrolífera saudita

Boris Johnson diz que o país atribui ao Irão, "com muito alto grau de probabilidade, os ataques à gigante petrolífera saudita". O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, acusou esta segunda-feira o Irão de ser, muito provavelmente, responsável …