A gigantesca fenda da Antártida fez uma curva e torna iminente o desprendimento

John Sonntag / IceBridge / NASA Goddard Space Flight Center

 Faltam apenas 13 km para que enorme bloco de gelo se desprenda completamente, afirmam os cientistas

Faltam apenas 13 km para que enorme bloco de gelo se desprenda completamente, afirmam os cientistas

A enorme fenda na plataforma de gelo Larsen C, na Antártida, que pode criar um dos dez maiores icebergs do mundo, fez uma curva e mudou radicalmente de direcção.

“A fenda avançou mais 16 km, com uma aparente e significativa curva à direita perto da extremidade. Agora, só faltam 13 km para que o iceberg se desprenda completamente”, diz à BBC Adrian Luckman, professor da Universidade de Swansea, no Reino Unido.

Luckman acrescenta que a fissura pode estar “muito próxima”, mas ressalva que ainda nada é totalmente certo. Os dados mais recentes foram colhidos entre 25 e 31 de maio pelos satélites Sentinel-1 da União Europeia.

Os registos foram feitos com a ajuda de radares, devido ao início do rigoroso inverno da Antártida, que permanece praticamente no escuro. Depois de ter avançado em dezembro, o ritmo de crescimento estacionou depois de a fenda ter entrado na chamada “zona de sutura”, uma região de gelo flexível.

Mas o cenário alterou-se no início do mês passado, altura em que a extremidade da fenda bifurcou, e a nova ponta mudou de rumo em direcção ao oceano. Quando o iceberg se desprender, o enorme bloco deve afastar-se gradualmente da plataforma de gelo.

“Isso não deve acontecer rapidamente, porque o Mar de Wedell está cheio de gelo, mas tenho a certeza de que será mais rápido do que todo o processo de ruptura dos últimos meses. Tudo dependerá das correntes e dos ventos”, explica Luckman.

O bloco de gelo que ameaça desprender-se tem 5 mil km² – o equivalente a 500 mil campos de futebol. A Larsen C é a maior plataforma de gelo no norte da Antártida.

As plataformas de gelo são as porções da Antártida onde a camada de gelo está sobre o oceano e não sobre a terra.

Segundo os cientistas, a separação do iceberg pode deixar toda a plataforma Larsen C vulnerável a uma ruptura futura. A plataforma tem uma espessura de 350 m e está localizada na extremidade oeste da Antártida, impedindo a dissipação do gelo.

MIDAS/ESA/USGS

Imagem de satélite mostra a região da plataforma Larsen C que ameaça separar-se da Antártida, vista a 1 de Maio

Imagem de satélite mostra a região da plataforma Larsen C que ameaça separar-se da Antártida, vista a 1 de Maio

Os cientistas têm estado a acompanhar a fenda na Larsen C há muitos anos. Recentemente, porém, passaram a observá-la mais atentamente devido às rupturas das plataformas de gelo Larsen A, em 1995, e Larsen B, em 2002.

O ano passado, os cientistas afirmaram que a fenda na Larsen C estava agora a aumentar rapidamente. Mas, em dezembro, o ritmo aumentou para patamares nunca antes vistos, avançando 18 km em duas semanas.

Aquecimento global

Os cientistas dizem, no entanto, que o fenómeno é geográfico e não climático. A fenda existe há décadas, mas cresceu durante um período específico, e o aquecimento global parece ter antecipado a provável ruptura do iceberg. Não há no entanto provas suficientes para suportar esta teoria.

No entanto, os cientistas continuam preocupados com o impacto da separação deste iceberg do resto da plataforma de gelo, já que a ruptura da Larsen B em 2002 aconteceu de forma muito semelhante.

Como vai flutuar sob temperatura constante, o iceberg não aumentará o nível dos mares. Mas novas rupturas na plataforma podem acabar por dar origem a calotes polares que se desprenderiam em direcção ao oceano – e uma vez que esse gelo derreta, afectará o nível dos mares.

Há poucas certezas absolutas, contudo, sobre uma mudança iminente na região da Antártida. Mas segundo estimativas de alguns cientistas, se todo o gelo da Larsen C fundisse, o nível dos mares aumentaria cerca de 10 cm.

// BBC

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Se todo o gelo do mundo derreter, o nível do mar subirá 47 cm. Não acredite em tudo o que leia.
      E para que conste, a Antártida já teve florestas. Se vier a ter novamente, não será com certeza o fim do mundo que os Media dão a entender…

RESPONDER

Há mesmo algo de reconfortante quando dizemos palavrões

Um novo estudo sugere que, nas circunstâncias certas, dizer palavrões em voz alta parece fazer as pessoas sentirem menos dor. Exatamente como e porque é que o ato de dizer asneiras consegue fazer com que as …

"Paraministro" de Costa. Gestor independente chamado para negociar plano económico de retoma

O primeiro-ministro, António Costa, convidou o diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, para estudar o plano de recuperação económica. De acordo com o semanário Expresso, que avança a notícia na sua edição deste …

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …

Asteróide que dizimou os dinossauros atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível"

O asteróide que dizimou os asteróides e 75% de todas espécies à face da Terra há 65 milhões de anos atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível", concluiu uma investigação do Imperial College de …