Geringonça festeja 6 meses de governo (mesmo contra o “irritante realista” Passos)

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

Primeiro-Ministro António Costa e Ministros Adjunto, Eduardo Cabrita, e do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques

O primeiro-Ministro António Costa e os ministros Adjunto, Eduardo Cabrita (esq), e do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques (dir)

O governo celebra esta quinta-feira seis meses de vida. Num dos feriados repostos pelo novo Executivo, António Costa e seus pares querem mostrar que a “geringonça” está para durar, mesmo contra as críticas de um Passos Coelho “irritante realista”.

Na mesma sala do Palácio da Ajuda, em Lisboa, onde a 26 de novembro de 2015 os membros do XXI Governo Constitucional tomaram posse, reuniu-se esta quinta-feira o Conselho de Ministros extraordinário marcado especialmente para assinalar os primeiros seis meses do executivo socialista, com apoio da maioria parlamentar de esquerda.

O Conselho de Ministros começou hoje cerca de 20 minutos depois da hora prevista, devido ao atraso do avião que trazia o primeiro-ministro de Veneza, e sem três dos 17 ministros.

António Costa marcou estes primeiros seis meses do seu governo com uma foto de família e um discurso na mesma sala onde tomou posse, no Palácio da Ajuda, em Lisboa. Uma cerimónia que serve para mostrar ao país que a “geringonça” está aí para funcionar e durar.

A foto de família foi tirada antes do início da reunião informal, onde os elementos masculinos do Governo se apresentaram sem gravata e António Costa de calças de ganga e camisola.

Numa mensagem da rede social Instagram, António Costa afirmou que os seis meses de Governo foram de cumprimento do compromisso com os cidadãos, com a maioria parlamentar e com a União Europeia, num caminho que “nem sempre foi fácil”.

“Têm sido 6 meses a cumprir o nosso compromisso com os cidadãos, com a maioria parlamentar, com a União Europeia”, diz uma mensagem de António Costa publicada na rede social Instagram, que surge acompanhada de um ‘slideshow’, com várias fotos do meio ano de Governo.

“Nem sempre foi fácil, mas já sabíamos que não seria. A cada dificuldade, capacidade de a vencer”, assume o chefe de Estado na mesma mensagem.

O “irritante realista” Passos

Ao cabo de seis meses do governo que afastou a coligação PSD/CDS-PP do poder, graças à aliança parlamentar da esquerda que “segura” Costa no poder, os partidos da direita só têm críticas às políticas e à estratégia do executivo.

“Estes seis meses foram um tempo de deterioração das condições democráticas da nossa vida política”, considera Passos Coelho. O líder do PSD fala no “tacticismo” e na “manipulação intelectual” do governo de Costa, considerando que está “a ir longe demais” e “a deixar sequelas”.

Para Passos, é evidente que o objectivo de crescimento económico estimado pelo Governo está “objectivamente comprometido”. “Sou conhecido por ser talvez um irritante realista, gosto muito de olhar para a realidade e para ver o que ela nos mostra”, refere, vaticinando que o cenário está longe do que Costa promete.

Quanto à duração do actual Executivo sustentado pela esquerda, Passos recusa fazer previsões, sublinhando que “durará o tempo que as condições do país permitirem e que os partidos que suportam o Governo decidirem”.

“Não é ao PSD que será imputada responsabilidade por existir uma crise política”, afirmou o presidente social-democrata, durante uma conferência de imprensa realizada na sede do partido.

Cristas fala em “governo desnorteado”

No CDS-PP, Assunção Cristas fala em “desilusão, descrédito e desnorte” depois dos seis meses do governo das “esquerdas unidas”, considerando que esta governação está a conduzir o país para o “desemprego, o défice e a dívida”.

“Portugal tem hoje um primeiro-ministro cheio de si mesmo, que quer fazer crer que as vacas voam, e um governo desnorteado”, conclui a líder dos populares.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pensei que a noticia fosse mesmo os motivos de festejo da “geringonça”…
    Afinal o ZAP queria-nos obrigar a ler as criticas e os maus agouros da oposição…
    Estratagemas do jornalismo…

  2. Horrível, que jornalismo este? o Jornalista, não consegue esconder a sua posição politica, como ainda faz pior, manipulação da noticia. Assim não, das poucas vezes que entro aqui, encontro logo o pior do jornalismo.

RESPONDER

Além de sermos bons ouvintes, também deveríamos tentar comunicar com extraterrestres

Desde há muito tempo que os seres humanos são fascinados pela ideia de não estarmos sozinhos no Universo. Um cientista sugere que para além de tentar escutar sinais extraterrestres, deveríamos também investir em enviar mensagens …

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …