George Clooney e Elton John apelam a boicote aos hotéis de luxo de Brunei em defesa dos direitos dos homossexuais

Michael Vlasaty / Flickr

O ator americano George Clooney e o cantor britânico Elton John estão unidos numa nova causa: travar as leis homofóbicas que o pequeno e rico sultanato do sudeste asiático quer aprovar na próxima semana.

O Governo do Brunei, chefiado pelo sultão e primeiro-ministro Muda Hassanal Bolkiah desde 1968, pretende punir com a pena de morte por apedrejamento ou por chicotadas quem praticar sexo homossexual ou adultério.

Em reação, Clooney apelou ao boicote aos hotéis de luxo que o monarca, classificado como um dos homens mais ricos do mundo, detém pelo mundo. Fê-lo numa coluna publicada no website Deadline Hollywood.

“O próximo dia 3 de abril terá o seu lugar na história. Neste dia, a nação do Brunei vai começar a apedrejar e chicotear até à morte qualquer cidadão que seja gay”, escreveu o ator, criticando o que descreve como “retrocesso para o autoritarismo”.

Conhecido pelo seu ativismo, o ator sublinhou: “Cada vez que nos hospedamos, reunimos ou jantamos num destes hotéis, estamos a colocar dinheiro diretamente no bolso de homens que escolhem apedrejar ou chicotear os seus próprios cidadãos até à morte por serem homossexuais ou por serem acusados de adultério. Será que vamos pagar pelas violações dos direitos humanos”?

Juntando-se a Clooney, o cantor britânico de 72 anos, felicitou-o no Twitter por “tomar uma posição contra a discriminação gay levada a cabo no Brunei, um local onde os gays são brutalizados”, e apelou igualmente ao boicote dos hotéis do sultão. Entre estes listou nove, incluindo o London’s Dorchester, o Hotel Bel-Air e o Beverly Hills Hotel em Los Angeles.

A Amnistia Internacional também já criticou a lei anunciada pelo Brunei. Desde 2014 que o pequeno e rico sultanato proíbe a homossexualidade e outras figuras públicas já tinham antes apelado ao boicote aos seus investimentos, entre elas, o bilionário Richard Branson e a apresentadora de televisão Ellen DeGeneres.

A ONU classificou esta segunda-feira como cruel e desumana a nova legislação que instaura a pena de morte para a homossexualidade ou adultério no Brunei. “Apelo ao governo para que não deixe entrar em vigor o novo código penal draconiano que, se for aplicado, representará um sério recuo da proteção dos direitos humanos”, apelou a Alta Comissária dos Direitos Humanos, Michele Bachelet, em comunicado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Acusado de racismo e sexismo, conselheiro político de Boris demite-se

Andrew Sabisky, conselheiro direto do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, demitiu-se esta segunda-feira, depois de ser acusado de racismo e sexismo pelo próprio Partido Conservador por causa de declarações suas no passado. Em causa estão declarações feitas …

"Impressora de pele" promete ajudar na cicatrização de queimaduras

Uma nova impressora 3D portátil é capaz de depositar "folhas de pele", umas sobre as outras, e criar um curativo biológico para cobrir grandes queimaduras. A nova impressora 3D foi desenvolvida por uma equipa de investigadores …

"Made in Space". A primeira fábrica espacial vai começar a ganhar forma

Com o objetivo de construir coisas cada vez maiores no Espaço, uma empresa do Colorado, nos Estados Unidos, está a preparar-se para uma missão de demonstração de construção. A Blue Canyon Technologies vai fornecer a infraestrutura …

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …