Galp avança com processo de rescisões e pré-reformas para 200 trabalhadores

José Sena Goulão / Lusa

A Galp iniciou um programa de rescisões e pré-reformas que vai abranger cerca de 200 trabalhadores, o que corresponde a cerca de 3% do pessoal do grupo.

Depois dos representantes dos trabalhadores terem denunciado a existência de um plano social nesta sexta-feira, fonte oficial da Galp confirmou à agência Lusa que serão abrangidas pelo plano de redução cerca de 200 pessoas, o que corresponde a cerca de 3% dos trabalhadores do Grupo, nos vários países onde a Galp tem atividade, “sendo a grande maioria através de pré-reformas”.

A Comissão Central de Trabalhadores (CCT) da Petrogal acusou a Galp de estar a esvaziar a empresa com um programa de rescisões e pré-reformas, que está a ser apresentado individualmente desde a semana passada.

Este órgão representativo dos trabalhadores da petrolífera emitiu um comunicado a denunciar que a administração da Galp lançou mais um “Plano Social” que consiste em pré-reformas e rescisões por mútuo acordo.

“O Plano Social representa o esvaziamento da empresa, que […] conduz a mais prestações de serviço, à substituição de trabalhadores da empresa por terceiros, à concentração de mais tarefas num número de trabalhadores cada vez mais reduzido”, disse a CCT.

Hélder Guerreiro, da CCT da Petrogal, disse à agência Lusa que os representantes dos trabalhadores ainda não foram informados oficialmente mas que os selecionados começaram a ser chamados, um de cada vez, aos recursos humanos na semana passada para lhes ser proposta a rescisão ou a pré-reforma.

A pré-reforma foi proposta a trabalhadores com mais de 55 anos que, se aceitassem, ficariam a receber 75% da remuneração. Para as rescisões por mútuo-acordo a Galp terá proposto compensações de 1,8 salários por cada ano de serviço.

Maioria dos trabalhadores abrangidos está na Petrogal

Apesar de a empresa ainda não ter respondido às questões da CCT relativas ao Plano Social, Hélder Guerreiro estimou que fossem abrangidos cerca 240 trabalhadores pela redução, maioritariamente da Petrogal.

No final do mês de abril, a CCT da Petrogal insurgiu-se contra a distribuição de dividendos aos acionistas da Galp e apelou, sem sucesso, ao Governo para que não caucionasse o procedimento. Para a CCT, a redução de pessoal é já “o impacto da distribuição de dividendos aos acionistas em plena pandemia”.

Mas para a petrolífera liderada por Carlos Gomes da Silva a justificação é a quebra do mercado. “No contexto pós-covid, desafiante para a economia global e em particular para o setor energético, a Galp iniciou alguns ajustamentos da sua força de trabalho ao novo ambiente económico”, afirmou fonte oficial da empresa numa pequena declaração escrita.

O confinamento para combater a propagação da pandemia levou a uma quebra de 50% da produção petrolífera nos meses de abril e maio. Comparando os primeiros cinco meses 2020 com o período homólogo, o consumo de gasolina em Portugal desceu cerca de 103,5 mil toneladas (menos 24,0%), o gasóleo diminuiu 352,9 mil toneladas (menos 17,2%), e o jet (da aviação) 270,7 mil toneladas (menos 46,8%).

A Galp Energia é a segunda marca portuguesa mais valiosa. EDP, Galp Energia e Jerónimo Martins ocupam, por esta ordem, o ranking de 2020 das marcas portuguesas mais valiosas, não tendo o pódio sofrido alterações face ao ano passado, nota o Dinheiro Vivo.

A Galp Energia está avaliada em 1.274 milhões de euros, segundo estudo realizado pela consultora OnStrategy citado pelo jornal de economia.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …