“A pandemia precipitou uma epidemia.” Fungo negro disparou pela Índia desde a segunda vaga

A mucormicose, uma doença fúngica rara e frequentemente mortal, explodiu em toda a Índia durante a pandemia de covid-19.

“A pandemia precipitou uma epidemia”, disse Bela Prajapati, otorrinolaringologista no Hospital Civil, na Índia, ao The New York Times.

A mucormicose é uma doença fúngica rara e muitas vezes fatal que disparou por todo o país desde a segunda vaga da pandemia de covid-19.



A doença, também conhecida como fungo negro, tem sido detetada em antigos doentes covid. Perante a falta de meios para combater a segunda vaga, os médicos acreditam que os hospitais fizeram escolhas que deixaram os doentes covid vulneráveis e que podem ter propiciado o desenvolvimento de mais uma doença potencialmente mortal.

Em três semanas, o número de casos desta doença disparou para mais de 30 mil. No Hospital Civil, há quase 400 pacientes com mucormicose.

Segundo o jornal norte-americano, o Ministério Federal da Saúde em Nova Deli, que acompanha os casos, ainda não divulgou o número oficial de mortes.

Certo é que a pandemia de covid-19 pôs em evidencia os limites entre os países ricos e os pobres, e a epidemia de mucormicose na Índia é a manifestação mais recente.

Durante a segunda vaga, que atingiu o país em abril, o sistema médico precário e subfinanciado carecia de camas, oxigénio e outras necessidades à medida que as infeções e mortes aumentavam.

A mucormicose vai diminuir e voltar à linha de base à medida que os casos de covid-19 atenuam”, considerou o epidemiologista Dileep Mavalankar, em declarações ao NYT. “Mas pode voltar na terceira vaga, a menos que descubramos por que é que está a acontecer.”

De um lado, há médicos que suspeitam de que a falta de condições nos hospitais propiciou o desenvolvimento do fungo, mas existem também muitos clínicos que consideram que a injeção de esteróides (um tratamento padrão para a covid-19) pode ter comprometido o sistema imunitário dos doentes covid, tornando-os mais suscetíveis aos esporos fúngicos.

O Ministério da Saúde indiano detalhou que cerca de quatro em cada cinco pacientes com mucormicose tiveram covid-19. O fungo negro, encontrado em tecido morto, pode atacar o trato gastrointestinal, os pulmões, a pele e os seios nasais, onde frequentemente se espalha até à órbita (no olho) e ao cérebro.

A doença é causada por um grupo de fungos, chamados mucormicetes, que vivem em todo o meio ambiente. A mucormicose é observada em todo o mundo e pode ser adquirida em hospitais quando os fungos se entranham nos lençóis, passam pelos sistemas de ventilação ou são transmitidos através de adesivos.

Os esporos de fungos são inalados e, embora o sistema imunológico da maioria das pessoas consiga afastá-los, pessoas com doenças como diabetes ou leucemia, que enfraquecem o sistema imunológico, ou quem toma medicamentos que diminuem a capacidade do corpo de combater germes são propensas a esporos que se transformam numa infeção.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A "Capela Sistina" está a chegar aos EUA (e vai ser possível ver de perto os frescos de Michelangelo)

A famosa Capela Sistina de Michelangelo está a chegar a várias cidades dos Estados Unidos, graças a reproduções de alta resolução, quase em escala real, dos famosos quadros do artista. Michelangelo’s Sistine Chapel: The Exhibition é …

Há uma nova Barbie inspirada na cientista que criou uma das vacinas contra a covid-19. Mas não é a única

Sarah Gilbert, uma das cientistas que desenvolveu a vacina britânica contra a covid-19, juntou-se a Beyoncé, Marilyn Monroe e Eleanor Roosevelt — há uma Barbie que foi inspirada em si. Sarah Gilbert, professora da Universidade de …

Bangladesh. Trabalhadores retornam às confeções, apesar do recorde de mortes por covid-19

Centenas de milhares de trabalhadores regressaram às confeções em Bangladesh, após o governo permitir a sua reabertura, apesar do elevado número de mortes por covid-19. As autoridades ordenaram o encerramento de fábricas, escritórios, transportes e lojas …

Harry Kane falha jogo do Tottenham contra...o Manchester City

Nuno Espírito Santo ainda não conta com o avançado, que agora decidiu prolongar as suas férias. Foi recordado o caso de Steven Gerrard. Harry Kane estará a forçar a sua saída do Tottenham, clube que representa …

Bill e Melinda Gates oficializam divórcio sem divulgar partilha de bens

Um juiz do Tribunal Superior do condado de King, no estado norte-americano de Washington, assinou na terça-feira o decreto de dissolução do casamento de Bill e Melinda Gates, sem divulgar detalhes sobre como o casal …

Mais do que um robô de duas rodas. A mota Da Vinci DC100 equilibra-se sozinha

A empresa chinesa Da Vinci Dynamics revelou recentemente a DC100, uma mota elétrica com um amplo alcance, muitos recursos e a impressionante capacidade de se auto-equilibrar. O New Atlas escreve que a Da Vinci DC100 é …

Spartak 0 - 2 Benfica | Gaiola russa pequena demais para águia

O Benfica deu um passo importante, mas não decisivo, para chegar ao “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. No duelo de treinadores portugueses (Rui Vitória e Jorge Jesus), a formação “encarnada” foi …

Em Lisboa, há portas a mais de um metro do chão (e já foram motivo de picardia entre Medina e Rio)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse a Rui Rio para prosseguir com a "silly season" — época da parvoíce, em tradução livre. Em causa está uma publicação do líder do PSD sobre …

Crianças "raramente" são afetadas por sintomas prolongados da Covid-19

Apenas 4.4% das crianças que integraram o estudo manifestavam sintomas da doença quatro semanas após o diagnóstico. Investigadores encontraram uma relação entre os sintomas prolongados e a idade das crianças, já que a duração dos …

Incêndio em Loulé tem duas frentes ativas e levou 53 pessoas a sair de casa

O incêndio que deflagrou esta quarta-feira no concelho de Loulé está com duas frentes ativas em zona de mato e vegetação e já levou 53 pessoas de 30 habitações a sair de casa "por precaução", …