Fundador do WikiLeaks prepara-se para dar uma ajudinha a Trump

Ars Electronica / Flickr

Julian Assange, fundador da WikiLeaks

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, afirmou esta quarta-feira que novos documentos ligados à candidata democrata à Casa Branca Hillary Clinton vão ser publicados antes das eleições norte-americanas de novembro e que poderão ter um impacto “significativo” no escrutínio.

Em declarações à estação norte-americana Fox News, Julian Assange, que está refugiado desde junho de 2012 na embaixada do Equador em Londres, adiantou que o portal WikiLeaks estava a analisar milhares de páginas de documentos.

Os diversos documentos de várias instituições relacionadas com a campanha eleitoral revelaram “alguns ângulos bastante inesperados, que são bastante interessante, alguns até divertidos”, referiu o australiano, numa entrevista divulgada na quarta-feira à noite.

Assange assegurou que os documentos serão “absolutamente” divulgados antes das eleições presidenciais norte-americanas, agendadas para 8 de novembro deste ano.

Questionado se a divulgação destes documentos poderia ter impacto na votação, o fundador do WikiLeaks afirmou: “Acho que é significativo. Depende da repercussão na opinião pública e nos meios de comunicação social”.

Na véspera da abertura da convenção democrata em Filadélfia em finais de julho, o portal WikiLeaks publicou cerca de 20 mil emails do Partido Democrata que revelaram que alguns membros da liderança da força partidária tinham beneficiado Hillary Clinton durante a campanha das primárias democratas.

Na sequência desta divulgação, a presidente do comité nacional do Partido Democrata (DNC), Debbie Wasserman-Schultz, demitiu-se do cargo.

Poucos dias depois, Assange fez saber que o WikiLeaks estava na posse “de mais documentos ligados à campanha de Hillary Clinton”, dando a entender que uma nova fuga de informação iria acontecer.

“No caso do DNC, fizemos a análise dos documentos o mais rápido possível, para divulgar antes da convenção democrata, porque as pessoas tinham o direito de saber quem é que iam nomear”, referiu Assange, ainda em declarações à Fox News.

“Isso é válido também para o processo eleitoral norte-americano”, concluiu.

Assange, de 45 anos, está refugiado desde junho de 2012 na embaixada do Equador em Londres por receio de ser extraditado para a Suécia, onde foi acusado de violação, e daí para os Estados Unidos, que o querem julgar pela divulgação no portal WikiLeaks de milhares de documentos confidenciais.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E claro está, o Citygroup já vem meter o medinho às pessoas, dizendo que se o Trump ganhar a presidência, vai ter consequências desastrosas! Ui ui que medo!
    Deviam era ter vergonha na cara da ganância que têm e por estarem a influenciar as pessoas para seu próprio benefício.

  2. Cinicamente, até achava porreiro que o bronco Donald Tretas conseguisse ser eleito Imperador do Reino dos Cowboys – para confirmar a crescente estupidez do povinho yankee.
    Podia ser uma boa oportunidade para o astuto Vladimir Putin dar a volta a USA (e abusa) e livrar o Mundo do pérfido Império do Mal !…

  3. E porque é que esse tipo (Assange) não publica cenas do Sr Drumpf também? Quando o mundo acabar, porque o “cabeleiras” ganhou, uma grande responsabilidade vai para ti. Liberdade de imprensa sim! Mas com (muita) responsabilidade!

    • O mundo não vai acabar tão cedo. Somente a humanidade ser fortemente reduzida. E se é por isso da russia, o putin prefere de longe o trump como presidente. De resto, os tais docs wikileaks foram fornecidos pela russia, mt. obrigado… De qualquer modo, isto tudo é uma fantochada, que provavelmente acabará com eleições anuladas e (pasme-se) mudanças importantes na constituição dos eua. De resto o Barack Hussein (típico nome de cowboy) já disse publicamente ser um documento muito imperfeito… A tal profetiza bulgara (vanga) não previu que o ultimo presidente seria escurinho?

RESPONDER

Covid-19 só explica 27,5% do acréscimo de mortalidade

As mortes por covid-19 em Portugal entre 02 de março e 18 de outubro representam apenas 27,5% do acréscimo da mortalidade registado relativamente à média dos últimos cinco anos, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional …

PCP desafia Governo a renacionalizar os CTT

O secretário-geral do PCP desafiou hoje o Governo a responder "à chantagem" do "grupo Champalimaud", retirar-lhe a concessão do serviço postal e renacionalizar os CTT. A proposta foi feita por Jerónimo de Sousa depois de estar …

"Covid persistente" atinge cerca de 20% dos curados (mas não recuperados)

Um novo estudo britânico indica que vários pacientes podem apresentar sintomas e sequelas durante vários meses, mesmo depois de testarem negativo. Os casos de “covid persistente” afetam maioritariamente mulheres e idosos. Há ainda muito por descobrir …

Acuña já é destaque em Espanha: "Não é bom nos 100 metros, mas..."

O ex-jogador do Sporting será uma referência para Lopetegui e já demonstrou um grande nível no jogo da Liga dos Campeões contra o Rennes. Marcos Acuña chegou a Sevilha há um mês e meio mas começa …

Portagens devem manter preços em 2021

Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A fórmula …

Governo estuda novo confinamento total nas duas primeiras semanas de dezembro

O Governo está a ponderar decretar um novo confinamento total da população portuguesa nas duas primeiras semanas de dezembro. A notícia foi avançada esta sexta-feira pela TVI e, entretanto, confirmada por outros órgãos de informação. O …

Pelo menos 140 pessoas afogam-se no naufrágio mais mortal de 2020

Pelo menos 140 migrantes morreram afogados ao largo da costa senegalesa depois de a embarcação em que seguiam se ter incendiado e naufragado, avançou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). O barco transportava 200 pessoas …

Nélson Évora terminou contrato com o Sporting

Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, vai deixar o Sporting após o fim do contrato com o clube, no sábado, confirmou à "Lusa" fonte oficial do Sporting, esta sexta-feira. O atleta, …

Nova Zelândia aprova eutanásia. Mas rejeita legalização da marijuana

Os neozelandeses aprovaram a eutanásia voluntária, mas rejeitaram a legalização da marijuana para uso recreativo, em dois referendos realizados em 17 de outubro, anunciou esta sexta-feira a Comissão Eleitoral. Cerca de 65,2% dos neozelandeses votaram a …

Governo pondera novas medidas de apoio ao emprego e empresas

O Governo está a ponderar novas medidas de apoio ao emprego e às empresas em resposta ao agravamento da pandemia de covid-19, disse hoje o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro …