Cientistas já sabem como funciona a proteína que torna os tardígrados “invencíveis”

Uma equipa de cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, acaba de descobrir como funciona a proteína que torna os tardígrados, também conhecidos como ursos de água, quase invencíveis.

Os cientistas já conheciam as surpreendentes capacidades de sobrevivência destes minúsculos seres vivos, tendo agora conseguido explicar como é que uma proteína presente no seu corpo os torna tão resistentes, escreve o portal IFL Science.

Estes seres microscópicos, recorde-se, têm capacidades impressionantes que lhes permitem sobreviver em condições extremas: os tardígrados podem viver em temperaturas muito baixas no Oceano Ártico, resistir a altos níveis de radiação e até sobreviver a produtos químicos fatais para a maioria dos seres vivos.

Estudos anteriores revelaram que estes seres têm uma proteína (Dsup) que suprime danos no ADN induzidos por raio-X. No entanto, não era ainda claro como é que a proteína protegia os tardígrados contra este tipo de radiação – até agora.

Na nova investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica eLife, os cientistas descobriram, recorrendo a análises bioquímicas, que a Dsup se liga à cromatina, uma substância composta por ADN ligado a proteínas.

Durante o processo, explicaram os cientistas, é criada uma espécie de nuvem protetora que, tal como o nome indica, protege as células contra os radicais hidroxila, moléculas altamente reativas produzidas pela exposição aos raios X, explica a Russia Today.

“Agora temos uma explicação molecular sobre como é que a proteína Dsup protege as células da radiação de raios-X”, afirmou o cientista James T. Kadonaga, que participou na nova investigação, citado em comunicado da universidade norte-americana.

Os cientistas frisaram que esta descoberta é importante não só porque ajuda a melhor perceber a Biologia destes seres vivos, como também pode facilitar o desenvolvimento de células animais resistentes a condições extremas, visando aumentar a sua longevidade.

“Dsup pode ser usado numa variedade de aplicações, como terapias baseadas em células e ‘kits’ de diagnóstico nas quais o aumento da sobrevivência celular é benéfico”, explicou ainda o cientista.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Buracos negros minúsculos podem estar a "esconder-se" dentro de estrelas (e a devorá-las por dentro)

Uma equipa de investigadores tem um novo palpite sobre onde procurar a misteriosa matéria escura: esta pode estar a assumir a forma de buracos negros endoparasitários. De acordo com o ScienceAlert, buracos negros primordiais minúsculos, quase …

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …