Froome correu sem bicicleta mas manteve liderança da Volta à França

joménager / Flickr

O ciclista Chris Froome

O ciclista Chris Froome

O ciclista britânico Chris Froome (Sky) recuperou esta quinta-feira a camisola amarela da Volta a França, confirmou a organização, ao reformular a classificação geral individual na sequência da queda causada por uma moto da prova.

Quando o britânico seguia na frente na companhia do australiano Richie Porte (BMC) e do holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo), uma moto da organização, que parou abruptamente por não conseguir passar entre o público, provocou a queda do trio, com Froome a perder, na classificação geral provisória, a camisola amarela para o compatriota Adam Yates (Orica-Bike-Exchange), e a ser relegado para a sexta posição.

No entanto, na nova classificação geral individual, o britânico da Sky passa a liderar com 47 segundos de vantagem sobre Yates e 56 sobre Mollema.

O britânico confessou que sentiu que tinha de continuar, com ou sem a bicicleta, depois do incidente com a moto da organização que marcou o final da 12ª etapa da Volta a França.

“O [Mont] Ventoux é cheio de surpresas, mas não esperava isto”, reagiu Chris Froome, quando soube que tinha recuperado a camisola amarela, uma hora depois de a ter perdido para o compatriota Adam Yates (Orica-BikeExchange).

“Antes do último quilómetro, uma moto travou bruscamente diante de nós e nós entrámos-lhe pela traseira. Atrás de mim, uma outra moto partiu-me a bicicleta. Tive de correr a pé, sabia que o carro com a minha outra bicicleta estava muito atrás, cinco minutos mais atrás. Mentalizei-me que tinha de continuar a subir, com ou sem bicicleta. Não me restava outra coisa a fazer”, descreveu o campeão em título e duplo vencedor da Volta a França.

Froome mostrou-se muito contente com a decisão do colégio de comissários, que optou por atribuir-lhe e a Porte o mesmo tempo de Mollema, o primeiro dos acidentados a cruzar a meta, a 05.05 minutos do vencedor da 12ª etapa, o belga Thomas De Gendt (Lotto-Soudal).

“É a decisão correta. Agradeço-lhes, assim como à organização”, salientou.

“Não temos condições para praticar ciclismo”

O mais prejudicado pela decisão foi Adam Yates, que ainda assim concordou com a opção do júri das provas.

Ninguém quer vestir a camisola amarela desta forma. Não me sentiria bem a usá-la depois disto. O ciclismo é o único desporto que permite ao público estar tão próximo, com os riscos que isso acarreta. Penso que os comissários tomaram a decisão correta”, salientou o jovem britânico.

Outro dos afetados, Bauke Mollema, explodiu no Twitter: “Isto NÃO pode acontecer na maior prova do Mundo. Houve demasiados acidentes com motos esta temporada.”

“O que é que se passa? Parece que toda a gente recebe bonificações. Pergunto-me o que teria acontecido se eu tivesse sido o único a cair”, prosseguiu o holandês da Trek-Segafredo.

O australiano Richie Porte, o primeiro dos três a embater na moto, disparou contra a organização.

Se não conseguem controlar o público, o que conseguem controlar? O problema não são as motos, é o público. Eles estão na nossa cara o tempo todo, empurram os corredores e no topo, então, é de loucos”, enumerou o ciclista da BMC.

Romain Bardet (AG2R), melhor francês e quinto da geral, criticou as condições em que decorreu o final da 12.ª tirada, que terminou no mítico Mont Ventoux.

“O que constato é que não temos condições para praticar ciclismo. Somos obrigados a travar quando atacamos, não sabemos para onde vai o percurso. Devemos poder exercer a nossa profissão em segurança. Vi o camisola amarela correr a pé, pensei que estávamos numa transição de triatlo”, ironizou.

Antes deste incidente, já o belga Thomas de Gendt (Lotto-Soudal) tinha vencido a 12ª etapa, uma ligação de 178 quilómetros entre Montpellier e Chalet-Reynard (Mont Ventoux), com o tempo de 04:31.51 horas, dois segundos à frente do compatriota Serge Pauwels (Dimension Data).

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …