A fraude que nos deve fazer duvidar dos conselhos de “influencers”

Belle Gibson ganhou fama após, alegadamente, se ter curado de um cancro terminal através de um estilo de vida saudável. No entanto, tudo não passava de uma fraude engendrada pela australiana.

A antiga “influencer” e guru de bem-estar Belle Gibson chamou a atenção do público pela primeira vez depois de afirmar que se curou de um cancro terminal ao rejeitar a medicina convencional em favor de uma dieta e estilo de vida saudáveis.

A sua história foi documentada num blogue e nas redes sociais, que se tornaram a base para um livro e uma app de sucesso, com conselhos de estilo de vida e receitas saudáveis.

No entanto, em 2015, Gibson foi exposta como uma fraude. Foi revelado que ela nunca teve cancro e não doou as receitas da sua aplicação para a caridade, como prometido. Agora, foi chamada a comparecer em Tribunal Federal depois de não pagar uma multa de cerca de 250 mil euros por alegações de saúde enganosas.

Além dos fatores psicológicos que motivaram a fraude de Gibson, o escândalo levanta questões importantes sobre as condições culturais e tecnológicas que permitem que os gurus de lifestyle prosperem.

O crescimento de gurus de lifestyle

Alegações sobre como curar doenças através de dieta e terapias alternativas estão longe de ser novas. O que é novo é a velocidade e a escala sem precedentes oferecidas pela plataformas online. As redes sociais também permitem que os bloggers monetizem os seguidores por meio de anúncios publicitários, programas afiliados e lojas online.

A economia dos influencers tornou-se uma indústria bilionária, resultando num aumento do número de bloggers “não certificados” a competirem para alcançar o status de guru de estilo de vida.

Embora a história de Gibson seja aparentemente única, a narrativa sobre a qual foi elaborada é comum a todos os gurus de lifestyle, que seletivamente combinam elementos da ciência, sistemas esotéricos de conhecimento, autoajuda e pensamento positivo.

Os conselhos dados apelam ao senso comum, mas recomendações práticas para comer mais frutas e verduras, fazer exercício regularmente e reduzir o consumo de álcool são geralmente seguidas por produtos de desintoxicação pseudocientíficos, limpezas e serviços online que oferecem soluções rápidas para problemas complexos.

Enquanto alguns “influencers” afirmam ser nutricionistas, poucos têm as credenciais necessárias para dar conselhos médicos. Em vez disso, a fama e credibilidade derivam de uma série de técnicas, que incluem personagens cuidadosamente construídas e narrativas de autotransformação, documentando a sua jornada da doença à auto-recuperação.

As melhorias pessoais que documentam online baseiam-se principalmente em evidências e fotografias que revelam a sua transformação em pessoas atraentes, ostensivamente mais felizes e saudáveis.

As redes sociais alteraram a forma como somos influenciados. Projetado em torno da demanda por visibilidade e atenção, a influência é medida pela contagem de seguidores. Um especialista pode ter credenciais e anos de experiência, mas é improvável que seja tão apelativo quanto um guru atraente que seja “instafamoso”.

PARTILHAR

RESPONDER

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …