França vai enviar uma segunda Estátua da Liberdade para os Estados Unidos

(dr) CMA CGM Group

A “irmã mais nova” da Estátua da Liberdade que vai ser enviada para os Estados Unidos

França vai enviar uma segunda Estátua da Liberdade para os Estados Unidos, a propósito do Dia da Independência que se avizinha, comemorado a 4 de julho.

De acordo com a cadeia televisiva CNN, esta segunda Estátua da Liberdade, já apelidada de “irmã mais nova”, é feita de bronze e tem um décimo sexto do tamanho da original, que pode ser visitada na Ilha da Liberdade, em Nova Iorque.

Esta segunda-feira, durante uma cerimónia especial, a nova estátua foi içada e colocada num contentor, no Museu de Artes e Ofícios (CNAM), em Paris, local onde estava instalada desde 2011.

Esta “irmã mais nova”, que pesa mais de 450 quilos e tem quase três metros de altura, vai ser erguida na Ilha Ellis, bem perto da ilha onde se encontra a estátua original, e vai lá ficar de 1 a 5 de julho.

“A estátua simboliza a liberdade e a luz em todo o mundo. Queremos enviar uma mensagem muito simples: A nossa amizade com os Estados Unidos é muito importante, particularmente neste momento. Temos de conservar e defender a nossa amizade“, disse Olivier Faron, administrador geral do CNAM, citado pela estação televisiva.

A réplica tem o mesmo design neoclássico da “irmã mais velha”, que representa a deusa romana Libertas e chega aos 50 metros de altura no topo de um pedestal. Também está imbuída de simbolismo: tem a coroa com sete pontas, que representam os raios do sol que se estendem para o mundo; uma pequena tabuleta com a data da independência da América em numeração romana; e as correntes e algemas quebradas no seu pé esquerdo, que representam a abolição da escravidão nos Estados Unidos.

A data da cerimónia também foi simbólica, uma vez que aconteceu logo após o 77.º aniversário do Dia D, ocorrido durante a II Guerra Mundial, quando soldados norte-americanos e outros Aliados desembarcaram em solo francês, em 1944, marcando o início da libertação da Europa Ocidental da ocupação nazi.

Recorde-se que a icónica Estátua da Liberdade, que chegou à cidade nova-iorquina em 1886, também teve como objetivo fortalecer a amizade franco-americana, numa época em que Paris e Washington estavam lentamente a distanciar-se, tal como o historiador francês André Kaspi lembrou num discurso durante o evento.

Agora, a “irmã” também já tem viagem marcada para terras norte-americanas e vai seguir os passos da estátua original. Segundo a CNN, a réplica vai embarcar, a 19 de junho, na cidade portuária de Le Havre e, se tudo correr como previsto, chega a Nova Iorque no primeiro dia de julho.

Depois de uma breve passagem pela Ilha Ellis, o destino final será Washington, DC, capital dos Estados Unidos, onde ficará durante uma década em exibição na residência do embaixador francês.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os balões incendiários são a mais recente arma nas tensões Israel-Hamas

Durante a noite, forças israelitas voltaram a quebrar o cessar-fogo e lançaram um ataque aéreo na Faixa de Gaza em resposta a balões incendiários lançados pelo Hamas. Ativistas palestinianos lançaram dezenas de balões incendiários por cima …

Croácia 1-1 República Checa | Perisic empata e ninguém se chateia

A República Checa empatou hoje a um golo com a Croácia, em encontro da segunda jornada do Grupo D do Euro2020 de futebol, disputado em Glasgow, colocando-se em boa posição para chegar aos oitavos de …

Rio Ave não vai admitir adeptos nos jogos

Federação confirmou que o público pode voltar ao futebol mas o clube de Vila do Conde considera que a medida anunciada é injusta e tardia. Algumas competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol estão autorizadas a …

Parlamento levanta imunidade a André Ventura

O levantamento da imunidade parlamentar permite a André Ventura responder perante o Tribunal Judicial da Comarca de Braga sobre o jantar-comício nas presidenciais, que contou com mais de 170 pessoas. O Parlamento levantou, esta sexta-feira, a …

Adeptos do Parma contestam regresso do Buffon "mercenário"

Faixa exibida à porta do estádio do Parma recorda saída para a Juventus, em 2001: "Saíste como mercenário". Gianluigi Buffon está de volta ao Parma, 20 anos depois. Mas nem todos os adeptos do emblema italiano …

Ex-adjunta da ministra da Justiça vai investigar corrupção no Governo

A magistrada Carolina Costa, que foi adjunta da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, foi escolhida para integrar o Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP). Ora, este órgão, está a investigar vários elementos …

Coro de críticas ao "fecho" da Área Metropolitana de Lisboa aumenta. Governo insiste que medida é constitucional

O Governo insiste que o "fecho" da Área Metropolitana de Lisboa (AML) é uma medida prevista na situação de calamidade, mas o coro de críticas aumenta. Na conferência de imprensa desta quinta-feira, a ministra Mariana Vieira …

Como foi possível? "Inquérito urgente" à transferência de 788 mil euros para desempregado

Ainda não se sabe como é que foi possível que a Segurança Social tenha transferido 788 mil euros para um desempregado. O caso já levou à abertura de um "inquérito urgente" e o Governo quer …

MP investiga protesto com alegadas saudações nazi

Uma fonte oficial da Procuradoria-Geral da República revelou esta sexta-feira que foi instaurado um inquérito, dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, às alegadas saudações nazi na manifestação que ocorreu na Praça …

Eriksen tem alta hospitalar

Seis dias depois de sofrer uma paragem cardíaca, Christian Eriksen teve alta hospitalar e visitou o estágio da seleção dinamarquesa antes de regressar a casa. Christian Eriksen teve alta hospitalar esta sexta-feira, confirmou a federação dinamarquesa, …