França defende imposto sobre empresas “o mais alto possível”

UMP / Flickr

O ministro francês das Finanças, Bruno Le Maire

O ministro francês das Finanças, Bruno Le Maire, defendeu hoje que o imposto mínimo a aplicar às empresas, acordado pelo G7 no sábado, deve ser “o mais alto possível”.

Em entrevista à emissora Europe 1, o ministro francês das Finanças, Bruno Le Maire, afirmou que os 15% de imposto acordados na reunião do G7 são uma conquista que implicou “dias e noites” de negociação, garantindo que agora vai tentar aumentar este imposto.

Os 15% são já um compromisso. Nas próximas semanas, vamos continuar a lutar, em especial com a Alemanha, para que o imposto seja o mais elevado possível”, sublinhou. o ministro francês. No entanto, o governante admitiu que “será muito difícil” ir além do acordado no sábado.

O Governo francês é a favor da aplicação de uma taxa de 21% sobre o rendimento das empresas, em linha com o que defende o Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

Os ministros das Finanças do G7 alcançaram este sábado, em Londres, um acordo “histórico” para a aplicação de um imposto mínimo de 15% sobre as empresas, assegurando que “as empresas certas paguem os impostos certos, nos locais certos”.

“Estou encantado por anunciar que os ministros das Finanças do G7 alcançaram, após anos de discussão, um acordo histórico sobre o sistema global de impostos”, anunciou, na altura, o ministro das Finanças britânico, Rishi Sunak.

Agradecendo o trabalho dos seus homólogos, Sunak reiterou que este acordo permite adequar o sistema global de impostos ao século XXI.

Esta é “uma má notícia para os paraísos fiscais em todo o mundo. As empresas deixarão de poder fugir às suas obrigações tributárias, transferindo habilmente os seus lucros para países com baixa tributação”, disse Olaf Scholz, ministro alemão das Finanças.

O compromisso do Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Japão, Estados Unidos e Canadá, países membros do G7, por uma reforma tributária global “adaptada à era digital”, como descreveu Sunak, é um importante impulso para a reunião do G20, que será realizada em julho, em Veneza, e onde se espera um acordo formal sobre o assunto.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. As empresas não pagam impostos.
    Quem paga estes impostos são os consumidores, que pagarão um produto mais caro para pagar essa taxa de 15%…

RESPONDER

Jogos Olímpicos: a "estrela" da casa já foi eliminada

Naomi Osaka não foi além dos oitavos-de-final do torneio feminino de ténis. Markéta Vondroušová foi a protagonista da surpresa. Era a líder do ténis mundial há pouco tempo, é a número 2 da tabela WTA e …

Wayne Rooney: lesionar o seu jogador e rodeado de mulheres

Jason Knight só deverá voltar a jogar no final de outubro, por causa de uma disputa de bola com o seu treinador. O ano 2021, pelo menos para já, não vai ficar na lista dos melhores …

Teoria dos dentes do "quebra-nozes" de Paranthropus desmentida

Um novo estudo vem deitar por terra a teoria do "homem quebra-nozes", que sugeria que o Paranthropus tinha enormes dentes posteriores para mastigar sementes e nozes. O Paranthropus ("Paralelo ao Homem") é um género extinto de …

Novo Banco podia ter ganho 150 milhões a executar empresas de Vieira

O Novo Banco podia ter encaixado 150 milhões de euros ao executar as garantias das empresas de Luís Filipe Vieira, mas teria perdas e riscos significativos. A auditoria pedida pelo Fundo de Resolução chegou esta segunda-feira …

Tribunal Arbitral Internacional afasta Isabel dos Santos da Galp

A Sonangol foi declarada como única proprietária do investimento feito na Galp, segundo a sentença do Tribunal Arbitral Internacional. O Tribunal Arbitral Internacional afastou Isabel dos Santos da Galp. A posição indireta na petrolífera portuguesa era …

Criada ferramenta para ajudar a prever aumentos de covid-19 em países africanos

Uma equipa de investigadores criou uma ferramenta para ajudar a prever aumentos de casos de covid-19 em países africanos. Um dos obstáculos se estiver a tentar orientar as políticas e proteger as pessoas da covid-19 é …

Costa e Marcelo concordam em não fazer luto nacional por Otelo

Tanto o primeiro-ministro como Marcelo Rebelo de Sousa concordam em não abrir o precedente de fazer luto nacional de figuras militares. Dos militares de Abril, apenas Spínola teve direito por ter sido Presidente da República. O …

Lista de destinos a "evitar". Estados Unidos desaconselham viagens para Portugal

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos desaconselha os cidadãos norte-americanos a viajarem para Portugal. Os Estados Unidos incluíram novamente Portugal na lista de países em que recomenda a "evitar viajar", …

Tudo alinhado para a reunião no Infarmed. A ordem é para desconfinar

Governo, Presidente da República, partidos e especialistas voltam a sentar-se na sede do Infarmed para decidirem os passos seguintes. Atualização da matriz de risco, alívio no uso de máscara e fim das medidas e horários …

As camas têm tantos germes que são basicamente uma placa de Petri

Apesar de serem confortáveis e nos fazerem sentir relaxados, as camas não são muito diferentes de uma placa de Petri: há bactérias, fungos, vírus e até pequenos insetos. A combinação de suor, saliva, caspa, células mortas …