Fracking poderá ter causado terramoto na Coreia do Sul em 2017

phploveme / Flickr

A cidade de Pohang, na Coreia do Sul, foi abalada por um forte tremor de terra em 2017

O terramoto que o ano passado abalou a cidade industrial de Pohang, na Coreia do Sul, poderá ter sido causado por fracking.

Segundo apontam dois estudos académicos citados pelo The Guardian, o sismo que o ano passado abalou a cidade de Pohang, na Coreia do Sul, poderá ter sido causado por fracking.

A 15 de novembro de 2017, um terramoto de magnitude de 5,5 abalou Pohang, no sul do país, fazendo quase 100 feridos e danificando milhares de edifícios, num prejuízo estimado de milhões de dólares.

Durante dois anos, um projeto local de energia geotérmica esteve a injetar água altamente pressurizada em poços de 2 a 4 quilómetros de profundidade. Este processo,  conhecido como fracking, ou fraturamento hidráulico, é uma técnica controversa que cria ou aperfeiçoa fraturas nas rochas para aproveitar o calor armazenado dentro delas.

Uma vez que a rede de fraturas estava ligada a dois furos, o plano era bombear água para um deles, fazendo-a circular através da rocha de granito, absorvendo o calor e, depois, extraí-la através do outro furo, usando o calor para gerar eletricidade. Depois, a água arrefecida voltava a ser injetada para recomeçar o processo.

As ligações propostas de causa-efeito agora identificadas fazem do terramoto de Pohang o maior registo para o qual o fracking é a causa provável.

O record anteriormente registado estava ligado ao desenvolvimento geotérmico – de magnitude 3,4 – ocorrido há uma década na cidade de Basileia, na Suiça, explica Rob Westaway, investigador da Universidade de Glasgow, num artigo no The Conversation.

Dez dias após o terramoto ter assolado a cidade de Pohang, o governo sul-coreano suspendeu as operações que usavam energia geotérmica e ordenou uma investigação sobre uma possível ligação, que ainda se encontra em andamento.

O primeiro dos dois artigos contou com a colaboração de diversos pesquisadores da Suiça, Alemanha e Reino Unido. E, para a sua realização, foram utilizados dados de domínio público de sismógrafos e satélites de sensoriamento remoto para determinar a localização e a posição da falha geológica em causa no terramoto.

Em ambos os dados analisados, as conclusões indicam a rutura de uma falha que vai desde o sudoeste para o nordeste, mergulhando abruptamente a noroeste. De acordo com as gravações dos satélites, a rocha localizada acima desta falha moveu-se para cima, levantando a superfície da Terra em quatro centímetros.

Esta análise indica que a falha está numa faixa de profundidade compreendida entre três a seis quilómetros, abrangendo a profundidade da injeção e passando dentro de centenas de metros dos furos. Assim, estes dados sugerem fortemente uma conexão entre a injeção de fluído de alta pressão e o terremoto.

Já o segundo artigo, levado a cabo por cientistas coreanos, explica que a localização de muitas das réplicas do terramoto de Pohang, define com mais precisão o plano da falha. A investigação mostra a falha a passar entre as bases dos dois furos onde a água foi injetada, cortando através de um poço a uma profundidade de cerca de três a quatro quilómetros.

As conclusões dois trabalhos são consistentes entre si, apesar dos diferentes tipos de dados utilizados, podendo indicar que o fraturamento foi a causa do terramoto.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • sen·so·ri·a·men·to
      (sensor + -iar + -mento)
      substantivo masculino
      [Geologia] Acção ou técnicas para detectar ou recolher informações geológicas, climáticas ou afins sobre a superfície da Terra com auxílio de sensores (ex.: sensoriamento remoto).
      in: Dicionário Online Priberam

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …