Fóssil de planta sugere que as flores surgiram 50 milhões de anos antes do que se pensava

Uma equipa internacional de paleontólogos identificou e descreveu um novo género e espécies de plantas de flores extintas (angiospermas), com base em mais de 200 espécimes.

Nomeada Nanjinganthus dendrostyla, a espécie de planta recentemente identificada remonta a mais de 174 milhões de anos atrás – época do Jurássico Antigo -, tornando-se o mais antigo registo conhecido de uma angiosperma em quase 50 milhões de anos.

De laranjas a maçãs, as angiospermas produzem a maioria das frutas e vegetais que podemos ver num supermercado. Embora possamos dar-lhes pouca atenção, a maneira como as flores surgiram tem sido um mistério intensamente debatido.

O entendimento atual, que é baseado principalmente em fósseis previamente disponíveis, é que as flores surgiram há cerca de 125 milhões de anos no período Cretáceo. Mas nem todos concordam que este é o caso. Análises genéticas, por exemplo, sugerem que as plantas com flores são muito mais antigas. Outro elemento intrigante é que as flores pareciam ter surgido durante o Cretáceo “do nada”.

“Os investigadores não sabiam onde e como as flores surgiram porque parece que muitas flores surgiram no Cretáceo do nada”, disse o autor do estudo, Qiang Fu, do Instituto de Geologia e Paleontologia de Nanjing, China. “Estudar as fósseis de flores, especialmente aquelas de períodos geológicos anteriores, é a única maneira confiável de obter uma resposta para estas perguntas.”

Fu e os co-autores, cujo trabalho foi publicado a 18 de dezembro na revista eLife, estudaram 264 espécimes de 198 flores individuais preservadas em 34 lajes de rocha na região de Nanjing, na China, conhecida por possuir fósseis do início do Jurássico.

A abundância de amostras fósseis usadas no estudo permitiu à equipa dissecar algumas estudá-las com microscopia sofisticada, fornecendo imagens de alta resolução das flores a partir de diferentes ângulos e ampliações. Os cientistas usaram esta informação detalhada sobre a forma e estrutura das diferentes flores fósseis para reconstruir as características de Nanjinganthus dendrostyla.

A característica principal de uma angiosperma é “angio-ovuly” – a presença de óvulos completamente fechados, que são precursores de sementes antes da polinização. Descobriu-se que Nanjinganthus dendrostyla tinha um recetáculo em forma de taça e um telhado ovariano que encerravam os óvulos ou sementes.

Essa foi uma descoberta crucial, porque a presença deste recurso confirmou que a flor era uma angiosperma. “A origem das angiospermas tem sido uma dor de cabeça académica para muitos botânicos”, disse o professor Xin Wang, do Instituto Nanjing de Geologia e Paleontologia, na China.

“A nossa descoberta levou adiante o campo da botânica e permitirá uma melhor compreensão das angiospermas, o que, por sua vez, aumentará a nossa capacidade de usar e cuidar eficientemente dos recursos baseados em plantas do nosso planeta.”

ZAP ZAP // Sci News

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …