Fóssil de dinossauro com asas pode esclarecer relação entre penas e voo

stanbury / FLickr

Modelo de Archaeopteryx no OUMNH, o Museu de História Natural da Universidade de Oxford

Modelo de Archaeopteryx no OUMNH, o Museu de História Natural da Universidade de Oxford

Uma equipa de paleontólogos alemães está a estudar num fóssil de dinossauro alado do género Archaeopteryx vestígios de penas antes desconhecidas que podem ajudar a estabelecer a relação entre o desenvolvimento da plumagem e o voo das aves.

Os Archaeopteryx são considerados os parentes mais afastados das aves modernas, com o registo fóssil a remontar a 150 milhões de anos, e o espécime em estudo na Alemanha revela características previamente desconhecidas da plumagem.

Oliver Rauhut, paleontólogo da Universidade de Munique, citado pela revista Nature, referiu que as primeiras conclusões lançam luz sobre a função original das penas, pois sugerem ligações entre o desenvolvimento das penas de ave e a origem do voo que são, provavelmente, “muito mais complexas do que foi assumido até agora”.

uni-muenchen.de

O paleontólogo Oliver Rauhut, da Universidade de Munique

O paleontólogo Oliver Rauhut, da Universidade de Munique

“Pela primeira vez, foi possível estudar a estrutura detalhada das penas no corpo, na cauda e, acima de tudo, nas pernas,” disse Oliver Rauhut.

A investigadora Christian Foth, que participou no estudo do fóssil, assinala que “comparações com outros dinossauros com penas indicam que a plumagem nas diferentes regiões do corpo varia muito entre espécies”.

“Isso sugere que as penas primordiais não evoluíram em relação àquelas que desempenham papéis relacionados com o voo, mas possuíram determinadas funções em outros contextos“, referiu a pesquisadora da Universidade de Munique.

As espécies avançadas de dinossauros predadores e aves primitivas podem ter usado as plumagens nos membros posteriores como órgãos de equilíbrio durante os seus movimentos, a semelhança do que fazem as avestruzes.

Christia Foth afirmou ainda que as penas poderiam ter tido funções úteis na incubação dos ovos, camuflagem e exibição, pois “as plumas laterais na cauda do Archaeopteryx tinham uma forma aerodinâmica, e muito provavelmente desempenharam um papel importante nas suas habilidades aéreas”.

A Archaeopteryx representa uma forma de transição entre répteis e aves e é possivelmente o mais antigo pássaro fóssil, o que pode provar que os pássaros modernos são descendentes diretos deste tipo de dinossauros e são eles próprios essencialmente dinossauros modernos, refere a publicação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Febre do lítio pede licença para chegar a Portugal

Com o potencial de ter as maiores reservas da Europa, a febre do lítio chegou a Portugal, onde se registaram duas dezenas de solicitações de prospecção este ano, embora as empresas mineiras continuem à espera …

Virgin Galactic abre as portas do primeiro aeroporto espacial do mundo

A empresa norte-americana Virgin Galactic, do bilionário Richard Branson, está a preparar o primeiro aeroporto espacial comercial do mundo, tendo revelado esta semana algumas das imagens daquelas que vão ser as instalações. O aeroporto, localizado …

A Internet está a regar esta planta há três anos

A comunidade online do Reddit tem tratado de uma planta durante três anos. Os utilizadores escolhem diariamente se a planta de ou não ser regada. Tudo começou com uma pequena brincadeira no Reddit, um dos maiores …

O pulmão de um chinês colapsou (e a culpa foi do karaoke)

O pulmão de um homem de 65 anos, na China, colapsou após ter tentado atingir uma nota alta durante uma intensa sessão de karaoke. O homem, residente em Nanchang, na província de Jiangxi, teria estado a …

"Emergência nacional". Deputados pedem a Boris que convoque imediatamente o Parlamento

Mais de 100 deputados britânicos pediram, numa carta divulgada este domingo, ao primeiro-ministro Boris Johnson para convocar imediatamente o Parlamento e voltar a debater o Brexit. As férias de verão do Parlamento terminam normalmente a 03 …

Rambo Luso. Há um português a viver na selva venezuelana há 25 anos

Há 25 anos que o português António Pestana Drumond realiza expedições às regiões de selva do Delta Amacuro e do Parque Nacional Canaima, leste da Venezuela, onde é conhecido pelos indígenas locais como o Rambo …

Já é possível saber se alguém está a mentir. Basta olhar nos olhos

Os olhos não mentem. Pelo menos é o que acham os investigadores da Universidade de Stirling, na Escócia, que criaram uma prova que diz se a pessoa está a mentir ou não com a monitorização …

A NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …